10 alimentos que amarelam os dentes

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Existem diversos alimentos que contém propriedades que prejudicam nosso sorriso branco

Algumas pessoas, naturalmente, apresentam uma coloração mais amarelada nos dentes. Mas, alguns hábitos e alimentos que amarelam os dentes podem interferir diretamente. E ninguém quer ter seu sorriso prejudicado.

Os alimentos que amarelam os dentes, quando combinados, aumentam sua capacidade de alterar a cor original dos dentes. Por outro lado, também existem as iguarias que agem de maneira oposta e nos ajudam a manter os dentes mais brancos.

Os alimentos que amarelam os dentes são aqueles que contém uma coloração muito escura, tanto os que são assim por natureza quanto os que têm excesso de corante e aqueles que são muito ácidos.

A cor dos dentes provém da dentina, que é a camada logo abaixo do esmalte do dente. O esmalte serve para protegê-los. Se desgastado, não consegue realizar efetivamente sua função.

Esses alimentos com pigmentação escura conseguem atravessar os poros dos dentes com mais facilidade que outros, denominados canalículos dentinários. Isso faz com que o pigmento aja diretamente na dentina, manchando-a.

Agora que você entendeu como funciona o processo de amarelamento, vamos listar alguns alimentos que mancham os dentes que devem ser evitados.

Alimentos que amarelos os dentes

  1. Café: sim, o café amarela os dentes. Além de conter substâncias chamadas taninos, que são polifenóis amarelos que mancham os dentes, a bebida causa escurecimento do dente de dentro para fora. No entanto, isso não acontece por tomá-la esporadicamente. O processo é a longo prazo, de maneira contínua;
  2. Beterraba: Sua cor intensa ajuda no processo. Se for consumida em forma de suco, o risco é maior ainda;
  3. Chá: o chá também amarela os dentes. Rico em taninos, os especialistas recomendam que se adicione um pouco de leite, que em sua composição apresenta caseína, um elemento que ajuda a neutralizar os efeitos dos taninos;
  4. Curry: devido sua pigmentação, o alimento ajuda a manchar os dentes;
  5. Molho de soja e tomate: esses dois molhos funcionam igual ao curry, pois apresentam forte coloração;
  6. Frutas de tons vermelhos e roxos: são ácidas e com forte pigmentação, uma pedida perfeita para amarelar os dentes;
  7. Vinho: os vinhos são ácidos e ricos em taninos;
  8. Refrigerantes: os ácidos fosfóricos amarelam a dentina e corroem o esmalte, agredindo fortemente os dentes, sem falar da alta quantidade de açúcar, que provocam cárie. E se estiverem gelados, os dentes sofrem uma contração, ficando mais desprotegidos, contribuindo ainda mais;
  9. Sorvetes e raspadinhas: os sorvetes e as raspadinhas que são tão costumeiros em nossas vidas apresentam alto teor de açúcares, corante e ácidos;
  10. Vinagre: o vinagre, se usado com os alimentos certos, não é nocivo aos dentes. Por exemplo, quando adicionado à salada. O alface ajuda a dar uma camada protetora ao dente.

Mas e se eu consumi esses alimentos, o que devo fazer?

Uma boa higiene bucal ajuda na manutenção dos dentes. Mas, se foi consumido algum alimento dos que foram citados, faça bochecho com água após alimentação.

Depois de esperar cerca de 20 minutos, escove os dentes como de costume e lembre-se de fazer o uso do fio dental, removendo a placa bacteriana que se acumula nos lugares mais escondidos.

Esse processo permite evitar a abrasão do dente. Agora, vamos ver o outro lado.

Alimentos que auxiliam no processo de clareamento dos dentes

  • Brócolis: ricos em ferro e cálcio, foram uma barreira que protege o esmalte;
  • Leites e derivados: possuem proteínas, cálcio, fósforo e ácido láctico, além de caseína, que ajuda a deixar os dentes brancos;
  • Uvas passas: previnem bactérias que provocam cárie e o acúmulo de placa;
  • Abacaxi: dispõe uma enzima bromelina que atua como removedor natural de manchas porque quebra a placa;
  • Morango: contém ácido málico, que ao contrário daquele que apresentam propriedades danosas, ajuda a retirar manchas;
  • Espinafre, maçã, pera e pepino: realizam uma limpeza natural do dente pois são ricos em fibras;
  • Cenoura: ricos em Vitamina A, cuidam do esmalte dental;
  • Castanha do Pará: os óleos da castanha ajudam a formar uma película protetora sobre os dentes.

O clareamento dental melhora o amarelado dos dentes?

Sim, o clareamento dental é um tratamento realizado com substâncias químicas, que modificam a cor do dente com o objetivo de deixá-lo mais branco e esteticamente mais bonito.

O componente principal que atua no procedimento é o oxigênio, que origina-se do peróxido de hidrogênio ou do peróxido de carbamida.

Para ter um sorriso em perfeitas condições, é recomendado ter uma dieta balanceada.

Diminuir o consumo de alimentos que amarelam os dentes ajuda a manter os dentes brancos por mais tempo. Além disso, você pode substituí-los pelos que carregam a função contrária, ou seja, que clareiam espontaneamente.

Yara Barreto

Yara Barreto

Formada em Odontologia pela Universidade de São Paulo (2008). Aluna de iniciação científica Pibic/Unicid da Universidade de São Paulo. Em 2009, concluiu estágio clínico em Ortodontia no Instituto Vellini, e em 2010, curso de planejamento Ortodôntico na Universidade Metodista. Concluiu em 2014 sua especialização em ortodontia e atua com ortodontia digital. Dentista na Odontoclinic e responsável técnica da OdontoImage.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!