Nervo alveolar inferior é essencial para a mastigação

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira qual é a função do nervo alveolar inferior para a estrutura bucal

A nossa cavidade bucal é bastante complexa. São ramos, músculos, ossos, nervos e muitos outros elementos. Um deles é o nervo alveolar inferior. Que tal conhecer um pouco mais sobre ele?

O primeiro detalhe sobre o nervo alveolar inferior é que ele está localizado no interior do canal mandibular. Outra informação, é que ele inerva dentes como os incisivos, caninos, pré-molares e molares inferiores.

O nervo alveolar inferior é um ramo do nervo mandibular. Ele é responsável por funções motoras e sensoriais. Assim, ele auxilia na fonética e na mastigação, por exemplo.

Subdivisões do nervo alveolar inferior

O nervo alveolar pode ser subdividido nos seguintes ramos: nervo mentoniano, incisivo, bucal, aurículo temporal e lingual. Eles se caracterizam por:

  • Mentoniano: inerva o queixo, o lábio inferior e a gengiva vestibular dos dentes que estão na parte inferior da boca;
  • Incisivo: inerva a gengiva interior e inferior, além dos dentes;
  • Bucal: inerva a pele das bochechas e a gengiva dos dentes pré-molares e molares, em especial;
  • Aurículo temporal: inerva a glândula parótida, o tímpano, o meato interno, o pavilhão da orelha e a uma parte da atm; e
  • Lingual: inerva a musosa da língua, a glândula submandibular, a glândula sublingual e a mucosa do soalho bucal.

Os nomes podem ser difíceis, mas cada um representa um elemento com funções essenciais para a nossa vida. Por exemplo, a nossa fala e o jeito que mastigamos, a nossa movimentação e a nossa sensibilidade em alguns lugares da boca são determinados por esses nervos.

Problemas no nervo

O nervo está em uma parte da boca que fica mais exposta a perigos. Quando o nervo é afetado ele sofre alterações. Alguns dos procedimentos odontológicos que causam danos ao nervo são:

  • Implantes dentários;
  • Perfuração do tecido ósseo;
  • Cirurgias na face e na boca;
  • Remoção de dentes, principalmente os molares;
  • Injeção de anestesias: isso causa um bloqueio do nervo alveolar inferior.

Algumas das consequências para a lesão no nervo alveolar inferior são:

  • Sensibilidade;
  • Dormência;
  • Perda da sensação de dor;
  • Alteração no paladar; e
  • Perda total de percepção de estímulos;

É sempre importante conversar com o dentista sobre qualquer dúvida relacionada a procedimentos que podem danificar algum nervo.

Tratamentos

Normalmente, as lesões são curadas naturalmente dentro de oito semanas. No entanto, é preciso ficar atento!

Caso não seja curada de forma natural, e depois o paciente não passe por um tratamento, é possível que os danos sejam permanentes.

Por isso, os profissionais indicam como tratamento: remédios, cirurgias e tratamentos com laser.

Cuidados bucais

Para manter o nervo alveolar saudável, é preciso que você cuide da sua cavidade bucal inteira! Por isso, Você precisa tomar cuidados especiais com a higiene oral.

Ter uma atenção minuciosa com a saúde bucal é essencial para diminuir os riscos de problemas futuros. Assim, separamos algumas recomendações para você seguir.

Escove os dentes depois de acordar, depois das refeições e antes de ir dormir. Mas, lembre: faça movimentos suaves e circulares em torno de todos os dentes.

Lembre de sempre escovar a língua também, porque ela também tem bactérias bucais que podem fazer mal a saúde. É importante tentar não passar a escova bruscamente.

O uso do fio dental pelo menos uma vez ao dia é recomendado pelos dentistas. Não precisa passar o fio de forma bruta, mas é preciso que você limpe toda a área ao redor do dente e perto da gengiva.

O seu dentista também pode passar algum enxaguante bucal ideal para você manter e completar a limpeza bucal todos os dias.

Na hora da alimentação, também é preciso ter uma dieta regulada. Por isso, consuma bastante vitaminas e nutrientes. Não esqueça de se manter hidratado sempre que puder.

Com uma saúde bucal em dia, você se previne e garante um sorriso perfeito! Faça visitas regulares ao dentista para checar se está tudo bem com o seu nervo alveolar inferior!

Yara Barreto

Yara Barreto

Formada em Odontologia pela Universidade de São Paulo (2008). Aluna de iniciação científica Pibic/Unicid da Universidade de São Paulo. Em 2009, concluiu estágio clínico em Ortodontia no Instituto Vellini, e em 2010, curso de planejamento Ortodôntico na Universidade Metodista. Concluiu em 2014 sua especialização em ortodontia e atua com ortodontia digital. Dentista na Odontoclinic e responsável técnica da OdontoImage.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.