Consumo de metanfetamina é vilão para saúde dos dentes

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Consumo de substância psicoativa aumenta a probabilidade de perda dentária

Existem diversas drogas que trazem efeitos negativos para a saúde e promovem o vício. A metanfetamina é uma das mais poderosas.

Entenda como a metanfetamina pode prejudicar a saúde bucal de quem a consome.

Metanfetamina é uma substância psicoativa, sintética e ilícita. O principal efeito da droga é o estímulo ao sistema nervoso central, aumentando as quantidades de dopamina, noradrenalina e serotonina no organismo.

Desse modo, produz a sensação de euforia, diminuição do apetite, do sono e da fadiga. O efeito da droga aumenta o estado de alerta, promove alterações na libido e a intensifica as emoções.

Além disso, a substância pode ser consumida de diversas maneiras. Quando está em forma de cristal, a metanfetamina é fumada. Existem as formas de pílulas ou pó, que são cheiradas ou ingeridas, respectivamente.

É importante ressaltar que o uso frequente dessa droga gera dependência, além de causar uma série de alterações para a saúde bucal.

Quais são as consequências do uso de metanfetamina para a saúde bucal?

Existem diversas manifestações orais nocivas que advém do uso excessivo dessa substância. Isso porque a metanfetamina tende a aumentar a sensibilidade dentária e prejudicar a estrutura oral em pouco tempo.

Isso significa que a metanfetamina pode deixar os usuários desdentados no período de um ano! Essa condição é tão comum que até mesmo recebeu um nome próprio em inglês: o “meth mouth”.

Outra consequência oral negativa do uso dessa substância é a xerostomia, popularmente conhecida como boca seca. De lábios rachados a dificuldades para engolir alimentos ou falar, são muitos os sintomas da xerostomia.

Além disso, como consequência da diminuição da quantidade de saliva na cavidade oral, aumenta o acúmulo de bactérias nessa região. E então, a cárie dentária também mostra as caras.

A cárie consiste em uma degradação estrutural que afeta os elementos da arcada dentária. A lesão perfura o esmalte do dente, formando placas duras e com coloração escura.

Em geral, o avanço dessas lesões é o responsável pela perda dentária. Ainda, o aceleramento da atividade neural também provoca nos usuários a disfunção que recebe o nome de bruxismo.

O bruxismo é, basicamente, o hábito de ranger os dentes de maneira involuntária, principalmente durante o período de sono.

Dessa maneira, o hábito representa uma ameaça para a saúde bucal, uma vez que o movimento pode acarretar um desgaste grave dos dentes.

Alguns outros problemas odontológicos podem afetar os consumidores da droga, mesmo que com menos regularidade.

Como exemplo, podemos citar a candidíase oral, trismo muscular, irritação da mucosa, halitose, dor facial e miofascial, disgeusia, glossite, queilite angular, atrofia epitelial, ulcerações e erosão dentária.

Tratamento de usuários de Metanfetamina

Antes de qualquer coisa, é importante que o paciente seja encaminhado para um acompanhamento que o auxilie a largar o uso da substância.

Quanto à saúde oral, medidas que visam a melhora da higiene bucal devem ser tomadas. De preferência, se utilizando de materiais como a pasta de dentes fluoretada e pouco abrasiva.

Ainda, para os pacientes que continuam o consumo de metanfetamina, a realização de determinadas medidas é indicada, como a aplicação tópica de flúor e produtos de remineralização. O profissional pode recomendar o uso de clorexidina, evidenciar a importância do consumo de água e a diminuição do consumo de bebidas alcoólicas.

Valdir de Oliveira

Valdir de Oliveira

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA). Pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Com especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilo Facial e Harmonização Orofacial. Voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais - ADRA Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.