Mensalidade de Odontologia: quais os preços do curso?

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Você decidiu seu curso e sonha em ser um dentista, apenas uma coisa te impede: o medo da mensalidade

Sabemos que o curso de odontologia é oferecido por faculdades particulares e públicas. Para os que escolhem a opção paga, fica uma questão: quanto é a mensalidade de odontologia?

Quais são os valores? Vale a pena o investimento? Calma! Nós vamos responder essas e outras questões sobre a mensalidade de odontologia nesse artigo.

A mensalidade de odontologia varia muito, dependendo da faculdade e da cidade escolhida. Você irá encontrar cursos de R$ 1.000,00 reais e superiores a R$ 4.000,00, por exemplo.

Selecionamos as cinco melhores faculdades de odontologia particulares, segundo o ranking do MEC de 2018, e confirmamos o valor da faculdade com cada uma delas.

Listamos as instituições seguindo a ordem de pontuação do ranking. Confira:

1- Faculdade São Leopoldo Mandic

A faculdade alcançou o primeiro lugar no ranking das particulares. O curso de odontologia é oferecido no campus de Campinas- SP. O valor da mensalidade é de R$3840,51.

A faculdade abre editais junto com o vestibular para bolsas de estudo. As bolsas costumam ser para os primeiros colocados, mas as regras podem mudar de ano para ano. Portanto, confira o edital antes do vestibular!

2- Universidade Paulista – Unip

A Unip conquistou o segundo lugar entre as particulares. O curso é oferecido em três campus na grande São Paulo, com valores diferentes em cada um.

Se sua cidade possui um campus na universidade, é ideal que você confira o site ou ligue para confirmar o valor da mensalidade, já que não é um preço tabelado!

Checamos os preços dos três campus abaixo:

  • Campus Marquês: R$ 2018,00.
  • Campus Alphaville: R$2018,00.
  • Campus Indianópolis: R$2400,00.

3- Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUC-RS

Em terceiro lugar, a PUC-RS oferece um sistema diferenciado para o pagamento das mensalidades. O curso é dividido em semestres e o aluno deve se rematricular a cada seis meses. Os valores são:

  • Matrícula/rematrícula: R$4231,00.
  • Mensalidades (fevereiro-junho/agosto-dezembro): R$ 3777,36.

4- Universidade Luterana do Brasil

Em quarto lugar, a Universidade Luterana foi a única que não obtivemos resposta até a data de publicação do artigo.

No site, a universidade disponibiliza uma simulação de investimento, mas avisa que os preços podem ser alterados na hora da matrícula.

O valor do curso muda de acordo com os créditos escolhidos. A simulação permite que se escolha diversos créditos diferentes, variando de 4 a 50 créditos.

Não há informações sobre o mínimo de créditos exigidos ou se há um valor fixo além dos créditos.

5- Universidade de Fortaleza

A quinta colocada também funciona no sistema de créditos. A universidade exige que, semestralmente, o aluno cumpra o mínimo de 12 créditos, sendo 6 deles em aulas teóricas.

O valor da mensalidade é, então, baseado na quantidade de créditos. Na UNIFOR, 1 crédito é igual a 18 horas/aula. Os valores são:

  • Crédito hora/aula = R$ 508,00;
  • Crédito laboratório = R$ 635,00.

Outras universidades pelo país:

Existem mais de 200 instituições que lecionam o curso de odontologia pelo país. Com certeza há um curso de odontologia perto de você.

Separamos mais duas universidades, uma no Norte e outra no Nordeste do país, para que você tenha uma visão ampla sobre as diferenças das mensalidades em cada local do país:

  • Faculdade Cathedral – Boa Vista (RR): R$1.596,00.
  • Centro Universitário de João Pessoa – João Pessoa (PB): R$ 2.496,00.

O único investimento é a mensalidade?

Não! O estudante de odontologia também terá que investir na compra de livros e materiais de atendimento. Algumas universidades fornecem os preços estimados do que será pedido para o aluno.

Por isso, sempre vale a pena perguntar.

Vale a pena o investimento?

O investimento é, de fato, alto. No entanto, diversas faculdades particulares oferecem excelentes cursos de odontologia e fazem seu dinheiro valer.

Para ter certeza de que sua universidade é uma dessas, sugerimos que você siga alguns passos:

  • Pesquise sobre a faculdade que você planeja entrar e veja o que dizem sobre ela;
  • Converse com um aluno. Pergunte o que ele acha do curso, os custos e se, para ele, valeu o investimento;
  • Procure profissionais da área que se formaram naquela universidade. Há diversas plataformas digitais para encontrar profissionais e seus currículos!

Bolsas, ProUni e Fies para odontologia

Bolsas

A maioria das faculdades de odontologia oferece algum tipo de bolsa para os alunos. É preciso checar com as instituições, ler os editais e entender em detalhes como funciona esse sistema.

As bolsas podem ser integrais (100%) ou parciais. Elas também podem durar todo o curso ou serem válidas apenas para o primeiro ano.

Por isso, lembre-se sempre de ler os editais na integra e tirar todas as suas dúvidas junto à instituição. Já o governo oferece algumas facilidades para quem quer cursar uma universidade particular:

ProUni

Estudantes de baixa renda podem receber bolsas integrais ou parciais na mensalidade de odontologia. Para conseguir o ProUni, você deve, primeiramente, ver quais faculdades aceitam o sistema.

Se não há nenhuma na sua região, você precisa considerar os gastos de morar em outra cidade ou de transporte. Para conseguir o ProUni, é necessário que o estudante realize o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

As inscrições para o ProUni abrem após os resultados da prova. A exigência mínima é ter uma média superior a 450 na prova e redação maior que 0.

Mas como o curso de odontologia possui uma alta concorrência, o estudante precisa de uma boa nota.

Fies

O Programa de Financiamento Estudantil (Fies), oferecido pelo governo, fornece juros baixos e um longo prazo para o pagamento da dívida.

Para conseguir o Fies, o candidato deve ter feito o Enem e o processo seletivo da universidade desejada. As exigências da nota do Enem são as mesmas do ProUni: ter uma média superior a 450 pontos nas provas e redação maior que 0.

O candidato também deve provar que a renda familiar bruta mensal é de, no máximo, três salários mínimos por pessoa. Por conta da concorrência, o candidato deve apresentar boas notas no Enem e no processo seletivo!

Agora você já sabe mais sobre a mensalidade de odontologia e os caminhos para entrar na universidade! Não deixe de tentar!

Valdir de Oliveira

Valdir de Oliveira

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA). Pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Com especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilo Facial e Harmonização Orofacial. Voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais - ADRA Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.