Marca-passo pode influenciar em tratamentos odontológicos

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Alguns procedimentos odontológicos podem influenciar o funcionamento do dispositivo

Você  já conhece o marca-passo? O pequeno aparelho é indicado para pessoas que sofrem com frequência baixa ou pausas cardíacas.

Apesar disso, é válido dizer que muitos atletas treinados possuem essas anomalias cardíacas devido aos seus treinamentos. Entretanto, o problema melhora com o esforço, sem a necessidade da utilização do marca-passo.

Marca-passo é um pequeno aparelho acoplado cirurgicamente junto ao coração ou abaixo da mama para regularizar as atividades cardiovasculares do paciente.

Geralmente, o dispositivo possui durabilidade de 10 anos, dependendo da maneira como for utilizado. Ele codifica a atividade cardíaca através de cabos eletrodos, que servem para manter o ritmo do coração a uma frequência mínima.

Cirurgia para instalar o aparelho marca-passo

É essencial que a cirurgia seja realizada por um cardiologista habilitado em um centro cirúrgico ou sala hemodinâmica.

O primeiro passo é a aplicação de anestesia geral no paciente. Também é possível que o profissional realize sedação e analgesia.

Em seguida, um pequeno corte é feito no peito geralmente embaixo da clavícula. É por ele que passam os cabos que vão até o coração.

O processo é acompanhado com uma máquina que faz um “filme” com várias radiografias sequenciais.

Com isso, é possível instalar o marca-passo no coração. A pessoa geralmente tem alta entre 1 e 2 dias, dependendo de cada caso.

O curativo precisa ser trocado ou limpo de acordo com a forma do fechamento da pele, com pontos ou com cola cirúrgica.

A cada três ou seis meses o médico checa o aparelho com um computador especifico para ver quanto ainda resta de bateria e evitar maiores complicações ao paciente.

Quando a bateria está quase acabando, é possível efetuar uma simples cirurgia para troca. Nela, é realizado um procedimento semelhante ao do implante inicial e o gerador inteiro é trocado por um novo.

Marca-passo na Odontologia

É importante destacar que pacientes que utilizam marca-passo devem obter um tratamento diferenciado quando falamos de procedimentos odontológicos.

Logo, ultrassom, eletroestimuladores para desprogramação oclusal ou salivar, medidores eletrônicos utilizados em tratamentos de canal, bisturis elétricos, tomografias computadorizadas, ressonâncias magnéticas e densitometrias são contraindicados para pacientes portadores de marca-passo.

Essa recomendação ocorre pois as ondas de energia presentes nos exames e aparelhos eletrônicos podem comprometer o funcionamento do marca-passo, causando uma arritmia cardíaca e outros problemas no indivíduo.

Assim, determinar se um procedimento é seguro para um paciente portador de dispositivo exige o conhecimento de um cardiologista.

Geralmente, telefones celulares, barbeadores elétricos e outros aparelhos domésticos são considerados seguros para uso.

No entanto, radioterapia, tomografia computadorizada, eletrólise, aparelhos de alta-frequência e diatermia não são recomendados em nenhuma circunstância.

Se for necessário realizar qualquer um desses procedimentos, o ideal é, antes de qualquer coisa, consultar um cardiologista de confiança.

Aqui também observamos que o paciente possui um papel fundamental. Ele precisa informar ao dentista de que é portador do dispositivo.

Dessa forma, o profissional pode proceder da melhor maneira possível e definir qual a melhor atitude a ser tomada sem prejudicar o funcionamento do marca-passo.

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.