Importância da mandíbula e suas principais disfunções

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Uma disfunção na mandíbula pode trazer consequências desagradáveis

Dependemos da mandíbula para realizar diversas ações durante o dia, como falar, comer, beber e até mesmo para respirar.

Se a mandíbula for atingida por algum problema, essas tarefas básicas ficarão comprometidas. Normalmente, esse contratempo está associado à uma disfunção temporomandibular.

A mandíbula é um osso móvel localizado na parte inferior da cabeça. Nela estão acoplados os dentes da arcada inferior. O componente se articula com o osso temporal de cada lado do crânio, onde fica inserido.

Algumas pessoas a chamam de maxilar inferior. No entanto, não devemos confundir ela com o maxilar, que é a estrutura que suporta os dentes superiores.

Vamos expor quais as principais doenças que acometem a estrutura:

Bruxismo

O bruxismo é o ato inconsciente de apertar ou ranger os dentes constantemente de forma rítmica. Esse hábito parafuncional pode ocorrer tanto durante o dia quanto durante a noite, quando é chamado de bruxismo noturno e geralmente possui consequências mais graves.

Dessa forma, o bruxismo nos dentes também pode levar a problemas que envolvam o mau funcionamento da articulação temporomandibular, conhecida como ATM, que é a articulação que liga a mandíbula ao crânio.

O distúrbio precisa ser diagnosticado pelo dentista, e seu tratamento é feito com sessões de relaxamento e com o uso de uma placa de proteção dentária, que deve ser usada durante a noite, quando o paciente está dormindo.

Sintomas:

  • Ranger ou apertar os dentes;
  • Dentes achatados, fraturados, lascados ou soltos;
  • Esmalte dental desgastado, expondo camadas mais profundas do dente;
  • Aumento da sensibilidade dentária;
  • Dor na mandíbula ou dor na face;
  • Dor que se sente como se fosse uma dor de ouvido – mas que na verdade é resultado de bruxismo;
  • Dor de cabeça;
  • Recuos de língua;

Disfunção temporomandibular

A DTM, disfunção temporomandibular, é uma doença crônica. Ela é o resultado de problemas na ATM. A disfunção é tratável e controlável, senão pode impedir movimentos mastigatórios e fonéticos.

Dentistas, otorrinolaringologistas e fisioterapeutas são os profissionais mais especializados para diagnosticar e tratar a dor. Dentro da odontologia, dentistas-cirurgiões buco-maxilar e crânio-maxilo-facial são os mais indicados.

Sintomas:

  • Dor de cabeça crônica, enxaqueca;
  • Dor de ouvido e zumbidos;
    Dificuldades na hora de abrir completamente a boca;
  • Inchaço na face;
  • Pressão atrás dos olhos;
  • Maxilar travado ao abrir ou fechar a boca;
  • Deslocamento da mandíbula;
  • Dificuldade na hora de mastigar;
  • Sensação de que os dentes superiores e inferiores não encaixam.

Trismo

Trismo é uma contração dolorosa da mandíbula. Pode ocorrer, por exemplo, durante o ato de bocejar ou mastigar. Em casos mais graves, o trismo atrapalha e até impede a abertura da boca.

Em geral, a contratura dolorosa dos dentes está relacionada à problemas na ATM.

A diferença entre o tamanho da abertura bucal em casos normais e em casos de trismo pode chegar a 15 milímetros.

Querubismo

O querubismo é uma doença que deforma as estruturas fibro-ósseas da mandíbula e da maxila. Ele interfere em questões estéticas e em funções normativas. Geralmente, a doença tem caráter hereditário.

Essa anomalia também é conhecida como “doença dos anjos”. O nome foi dado porque de acordo com as ilustrações, os anjos também teriam rostos ovais e bochechas salientes como no querubismo.

O cirurgião-dentista é o profissional mais indicado para lidar com a patologia.

Sintomas:

  • Queda precoce dos dentes de leite (decíduos);
  • Erupção e desenvolvimento anormal dos dentes permanentes;
  • Olhos esbugalhados por causa da retração palpebral;
  • Aspecto de olhos virados para cima;
  • Rosto ovalado;
  • Queixo para frente;
  • Anomalia no palato;
  • Má-oclusão;
  • Reabsorção radicular dos dentes de leite e permanentes;
  • Impacção dental;
  • Problemas respiratórios;
  • Problemas na audição.

Osteonecrose mandibular

A osteonecrose é uma espécie de infarto ósseo, quando o fornecimento de sangue à área é interrompido. Isso faz com que o osso entre em colapso, causando dor na mandíbula a longo prazo e resultando em uma artrose preocupante.

Sintomas:

  • Dor pulsátil no local que ocorre constantemente e que piora conforme a pessoa movimenta a articulação;
  • Dor de cabeça;
  • Dor de ouvido;
  • Dor na musculatura que realiza a mastigação;
  • Limitação na abertura da boca;
  • Estalo na mandíbula.

Retrusão mandibular

Casos de retrusão mandibular são caracterizados quando a mandíbula possui um recuo que impede o perfeito encaixe dos dentes.

Agora que você entendeu o funcionamento da mandíbula e quais suas principais patologias, não hesite em visitar o dentista se estiver sentindo qualquer incômodo. Quanto mais cedo o problema for diagnosticado, menor são os riscos de se desenvolver em algo mais grave!

Juliana Peres

Juliana Peres

Graduada em Odontologia pela Universidade Cidade de São Paulo. Pós-graduada em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial pelo programa de residência profissional do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos. Conhecimento na área de cirurgia oral menor e maior. Residente em cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial no Complexo Hospitalar Padre Bento durante 3 anos e responsável pelo atendimento de pacientes na área de clínico geral, cirurgias orais e harmonização orofacial em diferentes clínicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.