Lesão endoperio é tratada de forma multidisciplinar

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira aqui quais são os tratamentos indicados para a lesão endoperio

Na área da odontologia, muitas alterações patológicas trazem riscos para a nossa saúde. A lesão endoperio, por exemplo, caso não cuidada pode trazer consequências sérias para a saúde bucal.

Os profissionais responsáveis pelo diagnóstico e pelo tratamento são os da área da endodontia e da periodontia. Mas, afinal, o que é a lesão endoperio?

Lesão endoperio, como o próprio nome sugere, é resultado da associação entre alterações endodônticas e periodontais em um mesmo dente.

Características da Lesão Endoperio

As lesões endo-periodontais são resultantes da inflamação e até degeneração do tecido pulpar e periodontal. Mas por que elas se associam?

Bom, a resposta é simples: os dois tecidos têm características anatômicas e vasculares parecidas. Dessa forma, uma lesão pode apresentar sintomas das duas doenças.

Os profissionais classificam as lesões em:

  • Lesão endodôntica primária;
  • Lesão periodontal primária;
  • Lesão endodôntica primária com envolvimento periodontal secundário;
  • Lesão periodontal primária com envolvimento endodôntico secundário; e
  • Lesão endo-periodontal combinada.

A lesão endodôntica primária com envolvimento periodontal secundário é caracterizada pela ação de agentes nocivos no sistema de canal radicular. Eles, como consequência, causam uma inflamação no tecido periodontal.

Enquanto isso, a lesão periodontal primária com envolvimento endodôntico secundário é marcada pelo acúmulo da placa bacteriana.

Esse acúmulo fica localizado na superfície externa da raiz. Dessa forma, os tecidos pulpares são afetados.

A lesão endo-periodontal combinada tem como característica a evolução independente da doença periodontal e endodôntica. A peculiaridade é que aqui as duas se encontram na região da superfície radicular.

Como é Feito o Diagnóstico da Lesão?

O diagnóstico certeiro é essencial para o dentista começar a planejar o tratamento. No entanto, é considerado difícil porque as características dessas lesões podem ser confundidas com outras alterações.

As lesões endodôntico-periodontais podem ser confundidas com os cistos periodontais, por exemplo. Por isso, o profissional deve tomar cuidados durante a análise dos exames.

E, quais são os exames que são feitos? A primeira etapa de exames é feita com os testes clínicos, nos quais o profissional realiza a anamnese e o exame físico.

É nessa etapa que o dentista analisa toda a região anatômica da cavidade bucal do paciente. Isso por meio de manobras de semiotécnica como inspeção, percussão e palpação.

Além disso, o profissional também realiza a avaliação da mobilidade dental e teste de sensibilidade pulpar.

A segunda etapa é feita com exames complementares. Os testes radiográficos e a sondagem periodontal são os mais realizados pelos dentistas.

Melhores Tratamentos

Depois da confirmação do diagnóstico, o profissional planeja o tratamento para o paciente. Caso o paciente não faça o tratamento e deixe a lesão evoluir, ele pode correr riscos de prejudicar a saúde bucal.

Os principais riscos caso o paciente não faça o tratamento são:

  • Perda do dente;
  • Comprometimento da furca;
  • Destruição do osso alveolar periapical; e
  • Problemas nos tecidos moles e duros adjacentes.

Curiosidade: quando a furca é atingida, os profissionais chamam a lesão de lesão endoperio de furca.

Na maioria dos casos, o tratamento mais indicado é o multidisciplinar. Dessa forma, o paciente precisa passar pelo tratamento periodontal e pelo endodôntico.

Mas é importante lembrar que o tratamento varia de acordo com cada quadro clínico.

Por isso, marque uma consulta com o profissional de confiança e veja o melhor tratamento para a sua lesão endoperio.

Silmara Alves Rozo Ducatti

Silmara Alves Rozo Ducatti

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) e especialista em Ortodontia pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul (SIOMS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.