Implante dentário inflamado causa dor e vermelhidão

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Falta de cuidados com a saúde bucal pode ocasionar inflamações também no implante dentário

O implante dentário é a solução mais eficiente para pessoas que perdem os dentes. Contudo, o que muitos não sabem é que o procedimento pode apresentar algumas complicações como o implante dentário inflamado.

Você conhece as possíveis causas para um implante dentário inflamado?

Implante dentário inflamado pode ser um grande incômodo para os pacientes logo após sua colocação ou até mesmo algum tempo depois. Vamos analisar as possíveis causas e soluções desse problema.

O que causa inflamação do implante dentário?

A causa mais comum para uma inflamação no implante é a ação de bactérias e outros microrganismos nocivos na cavidade oral.

Isso acontece devido à falta de cuidados do paciente com a saúde bucal, permitindo que esses microrganismos se acumulem na boca.

Ainda, existem os casos de complicações ao uso de implantes dentários relacionados a implantes mal adaptados ou mal confeccionados.

Sintomas do implante dentário inflamado

Em geral, uma inflamação no implante dentário pode provocar sintomas como:

  • Vermelhidão na área do implante;
  • Dores na área do implante;
  • Mau hálito;
  • Formigamento;
  • Perda ou mobilidade do implante dentário.

Doenças relacionadas ao implante dentário inflamado

Se uma infecção após implante não for tratado da maneira correta, ocorre o desenvolvimento das chamadas doenças peri-implantares.

Alguns exemplos delas são a mucosite e a peri-implantite. A mucosite tem grande semelhança com a gengivite. Isso porque afeta a região da gengiva, mas não compromete o osso.

Os principais sintomas associados a esse tipo de inflamação no implante dentário são a vermelhidão e o aumento da sensibilidade. Além disso, sangramentos e dores na região também são características.

Já a peri-implantite é um processo inflamatório após implante muito parecido com a doença que recebe o nome de periodontite. Uma de suas principais características é a formação de pus e o risco de perda óssea.

Ainda, assim como na mucosite, ocorre a presença de dor e vermelhidão na área afetada.

Tratamentos para implante dentário inflamado

O tratamento para mucosite consiste em uma raspagem dentária. Além disso, pode ocorrer a remoção do implante, para que ele seja devidamente desinfeccionado.

Quando o assunto é a peri-implantite, o tratamento varia de acordo com a gravidade da doença. Nos casos mais brandos, o tratamento se dá com raspagem e o uso de antibióticos. Pode ocorrer a troca do implante.

Já nos casos menos brancos, inclusive aqueles que envolvem perda óssea, o tratamento realizado é cirúrgico. Ele visa a descontaminação adequada do implante. Se necessário, ocorre um enxerto ósseo.

Todos esses procedimentos são acompanhados da orientação do profissional aos novos cuidados que o paciente deverá tomar para evitar a reincidência.

Cuidados para evitar a inflamação de implante dentário

Como dito anteriormente, muitos dos casos de inflamação em um implante dentário são ocasionados pelo acúmulo de bactérias na cavidade oral.

Para evitar que isso aconteça, é de extrema importância manter uma boa rotina de saúde oral. Desse modo, escove os dentes ao menos três vezes por dia, incluindo os momentos após as refeições e antes de dormir.

Não esqueça de utilizar escovas de cerdas macias e pasta de dente adequada!

Além disso, complemente a escovação com o uso de fio dental. Isso porque essa ferramenta é excelente para retirar restos de comida acumulados nos dentes em áreas que não são alcançadas pela escovação.

Ainda, não esqueça de finalizar a limpeza com enxaguante bucal adequado. É indicado que uma limpeza odontológica, realizada no consultório do dentista, seja feita a cada 6 meses.

Dessa maneira, você evita qualquer problema relacionado ao implante dentário inflamado.

Rodrigo Venticinque

Rodrigo Venticinque

Graduado pela Universidade de Santo Amaro (UNISA) e especialista em Prótese e Reabilitação Oral Integrativa, Biofísica Quântica, Biorressonância Aplicada e Ortomolecular. Pós-graduado em Estética Dental e Reabilitação Oral, com certificação em Remoção Segura da Amálgama e Odontologia Biológica pela Academia Internacional de Medicina Oral e Toxicologia. Professor da pós-graduação em Biofísica e Ortobiomolecular da QuantumBio. Também atua nas áreas de Ozonioterapia, Odontologia Sistêmica, Sedação Consciente com Óxido Nitroso e Hipnose. Diretor da clínica Venticinque Odontologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.