Identificação humana: 3 métodos odontológicos

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira aqui como a área da odontologia ajuda com a identificação humana

Para resolver casos investigativos nos quais não há identificação dos envolvidos, os profissionais podem recorrer à técnicas de identificação humana.

Na área da odontologia, os odontolegistas são os responsáveis pela identificação humana. Dessa forma, eles trabalham junto com os profissionais de justiça. E o que é a identificação humana, afinal?

A identificação humana é um conjunto de técnicas que, como o próprio nome já sugere, serve para conhecer a identidade de um indivíduo que já está morto.

Se você ficou interessado no assunto fique ligado neste artigo! Isso porque vamos tirar todas as suas dúvidas e mostrar curiosidades sobre a identificação humana em odontologia legal.

Vamos começar?

Conhecendo mais sobre a odontologia legal

Os odontolegistas atuam dentro da odontologia forense, que também é conhecida como odontologia legal. E, como já vimos, essa área trabalha em conjunto com a justiça.

O odontolegista pode se envolver com processos administrativos e éticos, além de trabalhar nas varas cível, trabalhista e criminal. Além disso, os profissionais dessa área são responsáveis por:

  • Identificar corpos humanos em acidentes e crimes;
  • Analisar os processos de pacientes contra os profissionais. Isso acontece por conta de possíveis erros;
  • Estimar a idade de indivíduos;
  • Verificar a marca de mordidas;
  • Analisar os acidentes que envolvam o sistema estomatognático;
  • Estudar as doenças bucais que são originadas pelas condições de trabalho;
  • Participar de processos éticos;
  • Participar de processos administrativos;
  • Participar de testes de produtos que ainda não estão sendo comercializados;
  • Fiscalizar os não pagamentos dos serviços prestados pelo dentista; e
  • Participar de julgamentos que analisam a conduta ética do dentista.

Curiosidade: o campo da odontologia legal nas investigações criminais é o que mais possui demandas. E como já sabemos, essa área tem a habilidade de realizar a identificação de corpos humanos, principalmente.

Como é realizada a identificação humana?

Para você entender mais sobre os procedimentos identificação odontolegal, fizemos uma lista. Confira!

Análise de DNA

A análise de DNA é realizada com a coleta de uma amostra do material genético de um indivíduo. Esse material pode ser encontrado na saliva. Dessa forma, o profissional consegue fazer a identificação da pessoa.

Queiloscopia

A queiloscopia é a ciência que estuda e registra os lábios de forma particular e detalhada. Dessa forma, é possível fazer a identificação. Os principais pontos observados durante a queiloscopia são:

  • Posição dos sulcos ou estrias dos lábios;
  • Variações da morfologia dos lábios;
  • Marcas ou impressões deixadas por batom. Essas impressões podem ser encontradas em copos, garrafas, canudos, guardanapos, cigarros, entre outros;
  • Marcas ou impressões latentes. Elas podem ser encontradas por meio da ajuda de substâncias químicas.

A queiloscopia auxilia com a identificação de corpos, análise da cena do crime e na análise de provas.

Análise da arcada dentária

Uma vez que todas as arcadas dentárias são diferentes, os profissionais conseguem fazer o reconhecimento. Isso porque cada uma tem características específicas e material genético próprio.

Dessa forma, os odontolegistas fazem o reconhecimento de arcada e procuram no banco de prontuários as arcadas compatíveis com as reconhecidas.

Com as análises, os profissionais conseguem realizar a identificação humana. Assim, a área da odontologia forense ajuda a Justiça em casos mais complexos.

Valdir de Oliveira

Valdir de Oliveira

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA). Pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Com especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilo Facial e Harmonização Orofacial. Voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais - ADRA Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.