Hálito fresco e agradável? Confira 4 dicas para mantê-lo assim!

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira dicas de como garantir um hálito fresco e saudável

A halitose é um tremendo incômodo e chega até a ser um pouco embaraçosa, não é mesmo? Assim, muitas pessoas utilizam os mais diversos métodos para garantir um hálito fresco.

Sabendo disso, no decorrer deste artigo iremos dar algumas dicas para manter o seu hálito fresco durante longos períodos de tempo.

Hálito fresco proporciona além de proporcionar uma interação social mais agradável, indica que a saúde bucal do paciente está adequada.

Como manter o hálito fresco?

Agora iremos apresentar quatro dicas para garantir que você consiga manter o seu hálito fresco por mais tempo:

  1. Se hidrate bastante – o recomendado é ingerir pelo menos 2 litros de água diários. O líquido auxilia na produção de saliva e, consequentemente aumenta a lubrificação da região. Assim, é possível manter o nível do Ph bucal neutro, deixando a boca livre de bactérias e do mau hálito.
  2. Realize a escovação adequada e use o limpador de língua – logicamente, para ficar bem longe da halitose, o ideal é realizar a higiene bucal de maneira correta. Assim, além da escovação e utilização do fio dental, o ideal é que você sempre utilize o limpador lingual. Com isso, é possível que você remova a saburra lingual, um dos principais agentes responsáveis pelo mau hálito.
  3. Utilize enxaguante bucal – podemos dizer que esse é um produto especializado no combate ao mau hálito. Entretanto, sempre é válido ressaltar que ele deve atuar apenas como um complemento a escovação e não deve substituí-la. O ideal é utilizar produtos que não contenham álcool. Enxaguantes à base de dióxido de cloro também são excelentes para eliminar de vez a halitose.
  4. Mantenha uma dieta balanceada – o recomendado é se alimentar de 3 em 3 horas. Além disso, consumir frutas ácidas pode favorecer a produção salivar.

O que causa o mau hálito?

Confira as principais causas que favorecem o mau hálito:

  • Doenças na gengiva;
  • Cárie;
  • Saburra lingual;
  • Hipoglicemia;
  • Infecção de garganta;
  • Doenças nos rins;
  • Doenças no fígado;
  • Feridas cirúrgicas na boca;
  • Constipação intestinal;
  • Tabagismo;
  • Câncer na boca;
  • Acúmulo de partículas de alimentos exóticos, como alho, cebola e alimentos muito condimentados;
  • O consumo excessivo de tabaco, álcool e café;
  • Infecções respiratórias, como sinusite e amidalite;
  • Excesso de refluxos ácidos.

As causas da halitose também podem estar relacionadas a uma alteração na dieta. Desse modo, dietas com alto nível de proteína e baixo nível de carboidratos, alimentos ácidos, doces e temperos fortes, podem comprometer o hálito.

Pessoas diabéticas também tem tendência a desenvolver o mau hálito. Eles têm maior risco de contrair infecções e sofrem com maior regularidade de sequidão na boca.

Portanto, são mais propensos a desenvolver cáries e gengivite. Isso porque seus tecidos bucais de pessoas diabéticas não curam como deveriam, e a gengivite pode ser mais difícil de tratar.

A hiposalivação é outro fator que pode ocasionar mau hálito nas pessoas. Também conhecida como xerostomia, acontece quando o fluxo de salivação sofre queda.

A salivação é uma função importante do corpo para remover partículas que podem causar mau odor e também é responsável por limpar a boca. Consequentemente, também passa a existir um fluxo mínimo de saliva durante o sono.

Assim, ocorre putrefação de células epiteliais esfoliadas que permanecem retidas durante esse período. Isso ocasiona um odor desagradável na boca pela manhã, o famoso bafo matinal.

Portanto, é bom cuidar muito bem de sua saúde bucal para manter o hálito fresco sempre.

Valdir de Oliveira

Valdir de Oliveira

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA). Pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Com especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilo Facial e Harmonização Orofacial. Voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais - ADRA Brasil.

Compartilhe sua opinião

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!