Fraturas Le Fort classificam as lesões faciais dos pacientes

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Descubra quais fraturas se enquadram nesta classificação tão importante

Fraturas faciais podem ser extremamente dolorosas e perigosas. Assim, é necessário analisá-las com muita cautela. Para isso, existe a classificação de fraturas Le Fort.

O nome pode até parecer um pouco estranho ou incomum, mas a verdade é que a classificação de fraturas Le fort é bastante utilizada pelos profissionais da saúde.

Fraturas Le Fort é uma classificação utilizada para nomear as fraturas comuns à região da face média dos seres humanos.

Qual a Importância da Classificação de Fraturas de Le Fort?

É importante conhecer a classificação de Le Fort de fraturas médias da face pois traumas agudos nessa região podem fraturar o maxilar e outros ossos adjacentes.

Logo, é essencial que o profissional da saúde tenha o conhecimento sobre esta classificação para que possa tratar lesões nesta área de nosso corpo da melhor maneira possível.

Afinal, é o que sempre dizem: o melhor tratamento é um rápido e correto diagnóstico, não é mesmo? E quando falamos em uma região tão delicada quanto a face, este ditado se torna mais importante ainda.

E Quais São as Fraturas de Le Fort?

Agora iremos acompanhar as fraturas do esqueleto facial que se enquadram na classificação de Le Fort. Antes de tudo, é necessário compreender que elas estão em três principais grupos, sendo eles:

  1. Este grupo engloba somente lesões na parte do maxilar inferior;
  2. Este compreende traumas na região da rima orbital de nossa face;
  3. Aqui podemos encontrar todas as fraturas que provoquem o deslocamento total da face média do crânio do paciente.

Traumas Faciais Representam Perigo!

Agora iremos comentar um pouco mais sobre os perigos de um trauma de face.

É importante saber que eles podem prejudicar tanto a estética quanto a funcionalidade de nossas estruturas faciais. Assim, é importantíssimo se prevenir contra este tipo de lesão.

Portanto, para não passar por uma situação de trauma na face, o ideal é que você tome cuidados muito importantes, como utilizar o cinto de segurança dentro de um automóvel ou um capacete ao andar de moto ou bicicleta.

Quando falamos de traumas esportivos, o legal é que o atleta faça uso de um protetor bucal. Esse adereço promove a separação entre os tecidos moles e os nossos dentes.

Dessa forma, existe uma menor chance de ocorrer uma laceração dos lábios contra o órgão dental durante um possível impacto.

Utilizar um protetor também pode reduzir e distribuir a força de impactos diretos na região da boca, prejudicando menos esta região durante um acidente, por exemplo.

Esses hábitos podem parecer muito comuns, mas que possuem uma grande relevância para diminuir o risco e gravidade de um trauma facial.

Qual é o Tratamento Para um Trauma Facial?

O tratamento para essas fraturas pode ser realizado de diversas maneiras. Pode-se efetuar um simples bloqueio maxilomandibular ou até mesmo ser necessária a colocação de pinos de titânio em regiões específicas da face.

Isso tudo realizado pelo profissional da saúde encarregado. Ele pode definir o melhor tratamento após uma bateria de exames e observando a classificação das fraturas Le Fort.

Silmara Alves Rozo Ducatti

Silmara Alves Rozo Ducatti

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) e especialista em Ortodontia pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul (SIOMS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.