Enterococcus Faecalis: atuação da bactéria em infecções

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Extremamente resistente, Enterococcus Faecalis está presente também em ambientes hospitalares

Ao longo da vida, doenças como infecções urinárias, não são difíceis de se manifestar. A Enterococcus Faecalis, é uma das bactérias de grande influência nesse caso.

Além disso, celulites e infecções em feridas, quadros que também são muito comuns, tem a Enterococcus Faecalis como uma das principais causadoras.

Enterococcus Faecalis é uma bactéria gram-positiva do sistema digestivo e faz parte da flora intestinal, podendo ainda ser encontradas no solo, na água e nas plantas.

Resistências da Enterococcus Faecalis

A resistência dos antimicrobianos vem aumentando rapidamente, especialmente pelo consumo errado de antibióticos, criando as conhecidas como super bactérias.

  • Alta resistência a clindamicina, penicilinas, cefalosporinas e sulfametoxazol/trimetoprim;
  • Baixo nível de resistência, em relação a agentes ativos na parede celular;
  • Baixo nível de resistência aos aminoglicosídeos e gentamicina e tobramicina;
  • Resistência à ampicilina e penicilina não-beta-lactamase-mediada;
  • Resistência à ampicilina e penicilina – Beta-lactamase-mediada;
  • Altos níveis de resistência a aminoglicosídeos;
  • Resistência à vancomicina está associada a alterações na parede celular.

Sintomas e Infecções Causados pela Enterococcus Faecalis

A bactéria contribui para várias infecções, algumas ainda podem ser fatais. Normalmente, essas bactérias podem causar:

  • Bacteremia, que é a presença de bactérias no sangue;
  • Infecções abdominais e pélvicas;
  • Infecção do trato urinário;
  • Infecções orais, particularmente com canais radiculares septicemia ou contaminação do sangue infecções de ferida;
  • Endocardite, a infecção no revestimento do coração.

Além disso, os sintomas da infecção por dependem da localização da infecção. Eles podem incluir, assim:

  • Fadiga excessiva;
  • Cansaço ao realizar mínimos esforços;
  • Dor ao urinar;
  • Dores no estômago;
  • Náusea e vômito.

Tratando Infecções por Enterococcus Faecalis

O tratamento irá variar de acordo com o local da infecção. Além disso, é comum ser iniciado somente depois de ser realizado um teste de sensibilidade.

Em casos que se manifesta o Enterococcus Faecalis na endodontia, estes são mais difíceis de erradicar. Por isso, é necessário combinar diferentes tipos de medicamentos que sejam ativas na parede celular.

Para as infecções cutâneas, as opções mais eficazes de tratamento são por meio do uso de vancomicina, daptomicina, tedizolida, linezolida e tigeciclina. Estas causam vermelhidão e coceira.

O piperacilina-tazobactam e imipeném também são medicamentos recomendados em casos de infecções intra-abdominais complicadas.

Já quando ocorrem as famosas infecções urinárias, não é necessário um tratamento com uso de antibactericidas. Caso o agente causador seja sensível, são geralmente tratadas com um único antibiótico, como a ampicilina.

Ainda assim, se continuar sendo apresentada uma resistência por parte do medicamento escolhido para uso, a Nitrofurantoína e fosfomicina são as alternativas.

Relação da Enterococcus Faecalis na Odontologia

Os micro-organismos provenientes da cavidade oral são capazes de contaminar novamente o sistema de canais radiculares, influenciando de forma negativa o sucesso do tratamento endodôntico.

Além disso, muitas das infecções odontológicas acontecem pois o Enterococcus consegue penetrar os túbulos dentinários, se aderir fortemente às paredes de dentina e ainda, se organizar na forma de biofilme.

É importante que o dentista tenha conhecimento da bactéria Enterococcus Faecalis e saiba exatamente como se comportar e qual o melhor tratamento indicar para seu paciente em caso de infecções causadas pela bactéria.

Silmara Alves Rozo Ducatti

Silmara Alves Rozo Ducatti

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) e especialista em Ortodontia pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul (SIOMS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.