Dentista nos EUA: como exercer a profissão em outro país

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira aqui como é possível se tornar um dentista nos EUA

É o sonho de muitos profissionais trabalhar no exterior.  Por exemplo, muitos profissionais brasileiros sonham em se tornar um dentista nos EUA.

E, seguindo algumas burocracias, você consegue tornar seu sonho em realidade! Assim, você consegue se inserir no mercado de trabalho e virar um dentista nos EUA de sucesso.

O dentista nos EUA é o profissional que atua na reabilitação oral, higiene bucal, mas principalmente na prevenção de doenças dentárias e sistêmicas.

Assim, o profissional realiza seu exercício de acordo com as normas estabelecidas pelas entidades de odontologia dos Estados Unidos.

Nesse artigo iremos tirar todas as suas dúvidas sobre como se tornar um dentista nos EUA. Por isso, fique ligado e faça anotações importantes.

Faculdade de odontologia

Antes de você ir trabalhar com odontologia nos EUA, você irá cursar a faculdade de odontologia aqui no Brasil. Neste curso, o futuro profissional estuda estruturas bucais, como os dentes, a boca e os ossos da face.

No ambiente universitário, é ensinado como fazer prevenção, diagnósticos e tratamentos de doenças orais. Além disso, você irá estudar questões sobre estética.

A duração do curso de odontologia é de 5 anos, com todas as disciplinas presenciais. As aulas práticas são iniciadas no segundo ano da faculdade.

Em todas as instituições, o estágio é obrigatório para a formação. E, no final de todo o curso, é preciso que o estudante faça um TCC, também conhecido como trabalho de conclusão de curso.

Caso você opte por fazer o curso em uma instituição privada, a maioria delas custa em média R$1.700,00 por mês. Mas, fique atento para as bolsas universitárias e programas de financiamento.

Quando você finalizar a faculdade e já estar com seu diplomas, você pode atuar como um dentista generalista. Assim, atendimentos clínicos e tratamentos que são básicos serão a sua área de atuação.

Caso queria fazer uma especialização, você precisa passar por uma pós-graduação e fazer cursos preparatórios.

Como validar meu diploma nos EUA?

Para praticar a odontologia nos estados unidos, você precisa passar por algumas etapas. A primeira delas é planejar com muito cuidado se quiser atuar como dentista nos Estados Unidos.

Para atuar como dentista, você precisa fazer a revalidação do seu diploma. Para isso, é necessário o histórico escolar e diploma das instituições de ensino que você cursou.

Todos esses documentos devem estar autenticados e traduzidos por um tradutor juramentado. Além disso, você precisa fazer provas específicas para conseguir exercer a profissão.

Você pode optar por dois caminhos. O primeiro é fazer o International Program (advanced standing program). E, o segundo é fazer a revalidação por residência. Os dois são programas em que o profissional precisa fazer cursos.

Ou seja, mesmo formado, você precisa fazer cursos específicos para atuar como dentista no exterior.

Também, você é necessário passar:

  • Pela aprovação no exame TOEFL, que comprova a fluência em Inglês;
  • Pela aprovação no National Board Dental Examination (NBDE). São duas provas, NBDE part I e NBDE part II, que comprovam os conhecimentos clínicos do profissional; e
  • Provas clínicas: são provas práticas.

Depois de conseguir ingressar nos cursos nos Estados Unidos, você pode requisitar o seu green card, que dá permissão para você viver no país.

Quando terminar os cursos, você pode tirar a licença que permite a sua atuação como dentista. Assim, você consegue se tornar um dentista brasileiro nos EUA.

Mercado de trabalho nos EUA

O mercado de trabalho nos EUA é concorrido, por isso você precisa ficar ligado em todas as oportunidades. Invista na sua educação e no seu futuro. Assim, faça mais cursos no país.

Além disso, pesquise sobre a sua área de atuação. Com a pesquisa, você fica sempre antenado nas novidades.

Invista na tecnologia! Oferecer tratamentos ágeis e efetivos é outra boa maneira alcançar o destaque no mercado de trabalho, e é o que a tecnologia oferece.

Também, invista no marketing odontológico. Ele é uma boa dica para fidelizar os clientes.

Esse marketing consiste em uma estratégia empresarial com o objetivo de otimizar os lucros e atrair mais clientes dentro ramo para consultórios e clínicas. Nessa área, é essencial entender como o público-alvo se comporta.

Com essas dicas, você consegue se tornar um dentista nos EUA de sucesso.

Rodrigo Venticinque

Rodrigo Venticinque

Graduado pela Universidade de Santo Amaro (UNISA) e especialista em Prótese e Reabilitação Oral Integrativa, Biofísica Quântica, Biorressonância Aplicada e Ortomolecular. Pós-graduado em Estética Dental e Reabilitação Oral, com certificação em Remoção Segura da Amálgama e Odontologia Biológica pela Academia Internacional de Medicina Oral e Toxicologia. Professor da pós-graduação em Biofísica e Ortobiomolecular da QuantumBio. Também atua nas áreas de Ozonioterapia, Odontologia Sistêmica, Sedação Consciente com Óxido Nitroso e Hipnose. Diretor da clínica Venticinque Odontologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.