Cisto radicular tem cura? Conheça tudo sobre o problema

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Qual o cisto mais comum da cavidade oral? Descubra aqui todo sobre esse cisto

O surgimento de cistos na boca não é algo incomum. Eles podem ter diferentes causas e tratamentos! Uma das maneiras de retira-los é a enucleação. Porém, neste artigo vamos focar apenas em um: o cisto radicular.

Apesar de ser um dos tipos mais comuns, nem todo conhecem o cisto radicular. Quais são suas consequências para a saúde bucal? Quais as suas principais características?

O cisto radicular é uma lesão comum, que tem como origem uma inflamação associada a necrose pulpar. Também é conhecido por outros nomes, como cisto periodontal apical ou cisto periapical.

Como o cisto radicular é formado?

O cisto periapical é um dos tipos de cisto odontogênico. Ele é um cisto inflamatório e tem como origem lesões pulpares, que podem ter sido ocasionadas por cárie ou trauma.

Em que dentes os cistos aparecem com maior frequência?

O cisto periodontal apical é muito frequente na dentição permanente. Porém, também está presente da dentição decídua, onde nem sempre é diagnosticado.

Nos dentes de leite, eles costumam aparecer com maior frequência nos molares mandibulares. Eles também costumam ficar entre ou ao redor das raízes.

Como se diagnostica o cisto radicular?

O cisto inflamatório é facilmente identificado por meio das radiografias odontológicas. Por isso, é muito importante realizar o exame regularmente.

Assim que o cisto é diagnosticado, o cirurgião-dentista já pode iniciar o tratamento. Se o procedimento for bem realizado, o cisto não volta a se desenvolver.

Qual o tratamento para cisto radicular?

O cisto odontogênico pode ser facilmente tratado. O procedimento padrão é a extração do dente onde o cisto se localiza e a curetagem do epitélio na zona da patologia apical.

A remoção do cisto é necessária para que ele não cresça e afete outras áreas da cavidade bucal. No caso de um procedimento mal feito, onde a curetagem não é completa, o corpo pode desenvolver um cisto residual.

Esse cisto residual pode demorar alguns meses para aparecer, mas causa grandes estragos. Por exemplo, a destruição significante e enfraquecimento da mandíbula ou maxila.

Felizmente, a grande maioria dos tratamentos realizados nos cistos radiculares são um sucesso.

É recomendado que, após a cirurgia de retirada do cisto, o paciente continue indo ao cirurgião-dentista com maior regularidade.

Isso porque apenas exames clínicos e radiológicos podem atestar a eficácia do tratamento e um diagnóstico precoce pode ser dado em caso de complicações.

Como prevenir o cisto radicular?

Como muitos cistos radiculares se formam a partir de problemas com a cárie, nada melhor do que a higiene bucal para evitar esse problema.

A escovação completa é essencial e deve ser feita três vezes ao dia. Pelo menos uma vez ao dia deve ser feito o uso do fio dental e do enxaguante bucal.

Além desses cuidados com a higiene da boca, também é preciso visitar regularmente o seu cirurgião-dentista de confiança. Afinal, os cistos só podem ser diagnosticados a partir das radiografias odontológicas.

O cisto radicular pode ser um problema recorrente, mas tem cura! Por isso, não deixe de procurar seu cirurgião-dentista regularmente ou em qualquer sinal de dor e desconfortos.

Silmara Alves Rozo Ducatti

Silmara Alves Rozo Ducatti

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) e especialista em Ortodontia pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul (SIOMS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.