Cisto na boca se manifesta de quatro maneiras

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Essas incômodas lesões se apresentam de diferentes maneiras e devem ser tratadas

Deformações, machucados ou protuberâncias bucais podem nos assustar bastante, não é mesmo? Ainda mais quando pensamos que esses sinais podem indicar um cisto na boca.

Ao identificar um cisto na boca logo imaginamos as piores situações. Mas o recomendado é permanecer calmo e consultar um dentista. O profissional pode diagnosticar o problema e tratá-lo da melhor maneira possível.

Cisto na boca se apresenta como pequenas cavidades preenchidas com uma secreção líquida ou pastosa em seu interior.

Anomalias com origem na lâmina ou no esmalte dentário recebem o nome de cistos odontogênicos, enquanto qualquer outro cisto que não tenha origem nessa região recebe o nome de não-odontogênico.

Como surge o Cisto na Boca?

Estudiosos apontam que na maioria dos casos um cisto bucal é gerado por meio do acúmulo de restos de tecidos epiteliais responsáveis pela formação dos órgãos dentários.

Esses detritos acabam sendo mal absorvidos pelo nosso organismo. Assim, eles se proliferam e desencadeiam o aparecimento de cistos na região. No entanto, sua ação individual não é suficiente para justificar o surgimento dessas incômodas lesões.

Profissionais afirmam que é necessário o impulso de algum processo inflamatório, que atua como catalisador no aparecimento das anormalidades.

Subdivisões do Cisto na Boca

A doença pode se manifestar de várias maneiras, dependendo do seu tamanho, do local onde está inserido e da idade do indivíduo acometido.

Então, vamos conhecer os principais tipos:

  1. Cisto primordial: trata-se de um dos cistos menos recorrentes. Sua frequência é mais comum nos terceiros molares e geralmente é assintomático;
  2. Cisto da lâmina dentária: também é conhecido como cisto do recém nascido. Caracteriza-se pela presença de nódulos nos alvéolos maxilares;
  3. Cisto dentígero: é uma lesão que surge na coroa dentária. Normalmente, é mais comum em adolescentes e adultos;
  4. Cisto de erupção: aqui encontramos uma variação do cisto dentígero. Porém, essa lesão está associada principalmente à dentição decídua.

Relação entre Cisto na Boca e câncer

Afinal, o cisto na boca pode virar câncer?

Apesar de ser uma dúvida extremamente recorrente, os profissionais da odontologia afirmam que um cisto de boca, na grande maioria das ocorrências, não possui capacidade de evoluir para uma lesão cancerígena.

A carga genética desses traumas é muito diferente das células danosas encontradas nos mais diversos tipos de cânceres.

Portanto, não é necessário se preocupar caso você possua um simples cisto. Ele pode ser removido facilmente através de procedimentos relativamente simples.

Inclusive, em determinadas situações, é fundamental retirá-los. Dependendo da região afetada, a anomalia pode causar deformidade ou fratura óssea e perdas dentárias.

Muitas vezes é necessário recorrer a radiografias ou a ultrassonografias para descobrir se a lesão bucal é um simples cisto ou um tumor cancerígeno, já que a olho nu as anormalidades são parecidas.

Como tratar um Cisto na Boca

A maioria dos tratamentos de cisto bucal se baseia em uma análise clínica. Em seguida, caso seja preciso, o profissional pode efetuar uma intervenção cirúrgica bastante simples para removê-lo.

Para saber o melhor caminho a ser tomado, o ideal é fazer uma análise detalhada do cisto na boca e recorrer a ajuda de um profissional para a realização de exames mais específicos.

Valdir de Oliveira

Valdir de Oliveira

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA). Pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Com especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilo Facial e Harmonização Orofacial. Voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais - ADRA Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.