Cisto dentígero: principais causas e tratamentos

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Esse tipo de cisto costuma se desenvolver em pessoas entre os 10 e 30 anos

Por acaso você já ouviu falar sobre cisto dentígero? Ele é mais frequente nos dentes denominados terceiros molares, popularmente chamados de sisos, mas também pode envolver os dentes caninos e pré-molares.

O cisto dentígero pode ser identificado em exames de rotina, e deve ser tratado o quanto antes. Apesar de não ser tão grave, seu crescimento pode fazer com que ele chegue a dimensões consideráveis. E pode ocasionar deformidade facial e prejudicar o desenvolvimento de dentes e estruturas adjacentes.

O cisto dentígero acontece quando há o acúmulo de líquido entre as estruturas de formação do dente não erupcionado (que ainda não nasceu). Como o tecido do esmalte do dente e a coroa, que é a parte do dente que fica exposta na boca.

Esse tipo de cisto costuma aparecer entre os 10 e 30 anos de idade. Existem relatos na literatura de que também foi encontrada em caninos superiores, terceiros molares superiores e segundos pré molares inferiores.

Principais sintomas do cisto dentígero

Normalmente o cisto no dente cresce de forma lenta e indolor, o que dificulta que a pessoa perceba o problema.

Ele costuma identificado através de exames radiográficos de rotina. No entanto, caso haja um crescimento de tamanho desproporcional, podem aparecer sintomas como:

  • Dor seguida de inchaço, o que pode ser um indício do início do processo infeccioso no local;
  • Dormência ou formigamento no local;
  • Deslocamento de alguns dentes (normalmente ocorre o deslocamento do dentes próximos ao ponto infectado);
  • Desconforto;
  • Inchaço e deformidade facial.

Na maioria das vezes, quando o cisto não está tão desenvolvido, o diagnóstico é realizado a partir da imagem obtida pelo raio X. Porém, somente esse exame não é o suficiente para que o dentista chegue ao veredicto final.

Na radiografia, as características do cisto são semelhantes a outras doenças, o que pode causar uma certa confusão.

Tratamento do cisto dentígero

O tratamento do cisto no dente acontece por meio cirúrgico. Pode ser realizado por enucleação ou marsupialização. O que é escolhido pelo dentista após diagnóstico, considerando a idade da pessoa e o tamanho da lesão.

A enucleação normalmente é o método de escolha do dentista para casos não tão avançados de cisto no dente. A técnica corresponde à remoção total do cisto e do dente incluso.

Se for observada pelo dentista a possível erupção do dente, é feita apenas remoção parcial da parede do cisto, permitindo a erupção. É um tratamento definitivo e sem necessidade de outros procedimento cirúrgicos.

Já a marsupialização é feita principalmente para cistos maiores ou lesões que envolvem a mandíbula. Esse procedimento é menos invasivo, pois é realizado para diminuir a pressão dentro do cisto através da drenagem do líquido, diminuindo, assim, a lesão.

A marsupialização é geralmente usada como um passo preliminar do tratamento, postergando-se a enucleação.

Exames radiográficos são essenciais para a descoberta de cisto no dente e outras lesões, impedindo que elas se agravem.

Portanto, não exite em realizar seus exames de rotina, ainda mais agora que você já sabe que o rápido diagnóstico ajude a impedir a evolução do cisto dentígero.

Juliana Peres

Juliana Peres

Graduada em Odontologia pela Universidade Cidade de São Paulo. Pós-graduada em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial pelo programa de residência profissional do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos. Conhecimento na área de cirurgia oral menor e maior. Residente em cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial no Complexo Hospitalar Padre Bento durante 3 anos e responsável pelo atendimento de pacientes na área de clínico geral, cirurgias orais e harmonização orofacial em diferentes clínicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.