Lesões na boca podem ter diferentes causas e tratamentos

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

As lesões podem ser sinais de que algo não vai bem com a sua saúde

Sentir dor ou incômodo da boca pode estragar o dia de qualquer um. As lesões na boca são responsáveis por tirar nosso apetite e impedir atos simples, como falar.

Existe mais de um tipo de lesões na boca, e a mais comum e conhecida é a afta, que pode surgir na boca, língua e até mesmo na garganta.

As lesões na boca são feridas, inchaços ou manchas que aparecem nos lábios, mucosas ou língua. Existem diversos tipos de lesões e todas devem ser tratadas com cuidado. Algumas delas podem ser sinais de algo mais grave, como HPV.

Quais são as lesões bucais mais comuns?

Listamos aqui as lesões na boca mais comuns:

  • Aftas: talvez as mais conhecidas do grupo. Todos terão afta pelo menos uma vez na vida. Elas são bolinhas brancas cercadas por um avermelhado forte. Estão sempre no lado interno da boca. Causam muita dor e desconforto. Não é contagiosa.
  • Herpes labial: são bolhas que aparecem nos lábios ou em regiões próximas a boca. São extremamente dolorosas e contagiosas. O transmissor da doença é um vírus que, em alguns casos, fica inativo no corpo humano.
  • Leucoplasia: são manchas brancas que podem aparecer na parte interna da bochecha, na língua ou na gengiva. Podem ser benignas, mas em alguns raros casos é indicativo de câncer.
  • Candidíase (sapinho): são manchas dolorosas que podem ter três cores: branco, amarelo ou vermelho. São extremamente comuns e, assim como as aftas, aparecem apenas na parte interna da boca.
  • Úlceras orais: são lesões variadas, que possuem vários tipos e tamanhos. Elas não são contagiosas. Podem ter diversas causas, sendo algumas simples e outras mais complexas, como o HIV.

Quais as causas das lesões bucais?

Como vimos, há mais de um tipo de lesão bucal. Algumas são reações do corpo a situações de estresse ou baixa imunidade. Um exemplo são as aftas e pequenas úlceras.

Em outros casos, os vírus e fungos são os grandes vilões. É o caso da herpes, causada por vírus, e da candidíase, causada por fungo.

Uma mudança de alimentação ou o uso de cigarros também podem causar lesões na boca. Nesse caso, o corte do alimento ou do fumo é a única forma de evitar as feridas na boca.

Como evitar uma lesão na boca?

O maior aliado contra doenças na boca sempre será a higienização correta. Ela pode evitar aftas e até candidíase, por não tornar o ambiente propício para o fungo.

Outra dica importante: não compartilhe itens que vão a boca com pessoas desconhecidas ou que estão com lesões na boca. Elas podem ter o vírus da herpes ou outra doença contagiosa.

E lembre-se: beijo e o sexo também são transmissores de doenças. Evite beijar pessoas com feridas na boca e sempre faça sexo oral com camisinha.

Como tratar lesões na boca?

Cada tipo de ferida recebe um tratamento específico. É importante que você visite seu dentista caso tenha detectado algumas das feridas citadas, como herpes, leucoplasia e candidíase.

A leucoplasia, candidíase e as úlceras orais mais complexas possuem tratamentos específicos. Eles dependem, principalmente, das causas de cada um.

Já a herpes labial é a única das doenças citadas que não possuem cura. O que pode ser feito é evitar os motivos que levam a erupção das bolhas.

Se você tem apenas uma afta ou úlcera pequena, pode fazer alguns cuidados caseiros. Elas somem de 7 a 14 dias, então uma boa saída é colocar pomadas analgésicas até que elas sumam.

Se as lesões na boca aparecerem com frequência, aumentarem ou durarem mais de 14 dias, procure seu dentista!

Juliana Peres

Juliana Peres

Graduada em Odontologia pela Universidade Cidade de São Paulo. Pós-graduada em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial pelo programa de residência profissional do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos. Conhecimento na área de cirurgia oral menor e maior. Residente em cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial no Complexo Hospitalar Padre Bento durante 3 anos e responsável pelo atendimento de pacientes na área de clínico geral, cirurgias orais e harmonização orofacial em diferentes clínicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.