Black Friday na odontologia: pode ou não pode?

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Considerada a sexta-feira mais famosa do mês de novembro e aguardada por muitos consumidores e comércios todo ano, a Black Friday pode ser uma ótima estratégia de marketing para impulsionar as vendas do setor varejista e ajudar os comércios a esvaziarem seus estoques.

Contudo, a Black Friday também tem atingido cada vez mais outros segmentos do mercado, deixando de ser exclusividade apenas do setor varejista. Dessa forma, a tentação de aderir às campanhas de descontos podem chegar também ao mercado odontológico. Mas será que isso é permitido?

A Black Friday é uma data comercial que inaugura a temporada de compras de natal, caracterizada pelos baixos valores ofertados nos mais diversos produtos e serviços. A campanha é realizada um dia após o Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos, isto é, na quarta sexta-feira do mês de novembro.

Vamos descobrir agora como Black Friday e odontologia se relacionam. Afinal, o dentista pode ou não pode usar a data promocional no consultório odontológico?

O que diz o Código de Ética Odontológico?

Considerando que todo dentista devidamente habilitado no Brasil tem como dever seguir tudo aquilo que o CFO (Conselho Federal de Odontologia) prevê, para saber se as promoções e campanhas da Black Friday podem ser aplicadas na odontologia, é preciso consultar o Código de Ética Odontológico.

O Código de Ética Odontológico tem como função regular os direitos e deveres do cirurgião-dentista e os profissionais que exerçam atividades no campo odontológico.

Apesar de não se referir especificamente sobre a “Black Friday”, é possível aplicar a esse caso o que é disposto no capítulo XVI, sobre anúncio, propaganda e publicidade dentro da odontologia.

Atentando-nos ao artigo 4, podemos observar:

“Art. 44. Constitui infração ética:

I – fazer publicidade e propaganda enganosa, abusiva, inclusive com expressões ou imagens de antes e depois, com preços, serviços gratuitos, modalidades de pagamento, ou outras formas que impliquem comercialização da Odontologia ou contrarie o disposto neste Código;”

Como sabemos, a Black Friday é uma estratégia comercial muito clara e, se aplicada ao marketing do consultório, fere diretamente o Código de Ética, tratando-se da comercialização da odontologia.

Os itens XII, XIII e XIV do artigo 44 também abrem brecha para um interpretação negativa a respeito da campanha, como podemos observar a seguir:

“XII – expor ao público leigo artifícios de propaganda, com o intuito de granjear clientela, especialmente a utilização de imagens e/ou expressões antes, durante e depois, relativas a procedimentos odontológicos;

XIII – participar de programas de comercialização coletiva oferecendo serviços nos veículos de comunicação […]

XIV – realizar a divulgação e oferecer serviços odontológicos com finalidade mercantil e de aliciamento de pacientes, através de cartão de descontos, caderno de descontos, mala direta via internet, sites promocionais ou de compras coletivas, telemarketing ativo à população em geral, stands promocionais, caixas de som portáteis ou em veículos automotores, plaqueteiros entre outros meios que caracterizem concorrência desleal e desvalorização da profissão.”

O último item, em especial, deixa claro a vedação do uso da campanha, portanto Black Friday no consultório odontológico não pode!

Como impulsionar meu consultório sem a Black Friday?

Mas será que aplicar a campanha promocional ao marketing do seu consultório odontológico valeria mesmo a pena?

Vale lembrar que seguir a maré do mercado no mês de novembro com a Black Friday, mesmo que fosse permitido pelo Código de Ética Odontológico, poderia não ser a melhor opção para o seu consultório.

Isso porque, apesar de muitos setores aderirem ao evento, levados pela influência do mercado, nem todos realmente conseguem utilizar a data como uma boa estratégia e acabam saindo até mesmo prejudicados nessa história.

Por isso, reflita sobre os seguintes pontos:

  1. Dar descontos exorbitantes em seu consultório será realmente positivo? O que justifica essa ação?
  2. Possuir uma grande quantidade de pacientes, porém a baixos valores, melhorará de fato o seu fluxo de caixa?
  3. Esse tipo de promoção melhorará sua carteira de clientes em qualidade ou apenas em quantidade?
  4. Vale a pena fazer da odontologia uma mercadoria por um retorno financeiro de curto prazo que pode manchar a imagem do seu consultório no setor da saúde?

Como vimos, além de não ser permitido, nem sempre esse tipo de promoção de Black Friday é realmente benéfica para o seu negócio.

Contudo, entendemos que utilizar-se de estratégias de marketing é importante para alavancar o seu consultório. Porém, o dentista pode se valer de outros métodos para isso, enquadrando-se sempre às normas do Código de Ética.

Para conhecer e aplicar melhores estratégias ao seu marketing odontológico, a fim de divulgar seu consultório, atrair e fidelizar novos clientes, você pode, por exemplo:

Para ter um marketing odontológico eficiente é preciso apenas utilizar-se das estratégias certas, obedecendo, sobretudo, o Código de Ética. Por isso, não seja tentado pela maré da Black Friday!

Como o dentista deve aproveitar a Black Friday?

Apesar de não ser aplicável às vendas do seu consultório, existe outro jeito bem mais eficiente de aproveitar a Black Friday na odontologia.

Isso mesmo! A melhor maneira de se beneficiar dessa data experimentando o outro lado da moeda, sendo o consumidor!

Nesse período, os descontos para materiais odontológicos, por exemplo, podem ser altos e bastante favoráveis ao seu bolso. Dessa forma, surge uma grande oportunidade de colaborar com as finanças do seu consultório: economizando nos gastos!

Então, na sexta-feira mais aguardada do mês de novembro, aproveite os preços mais baixos do setor varejista para abastecer seu estoque com materiais, insumos e novos equipamentos sem gastar muito.

Além disso, nesse período também é possível encontrar outras utilidades que auxiliam no gerenciamento do seu consultório por um preço mais camarada, é o caso dos softwares de gerenciamento, por exemplo.

Vale também conferir como estão os preços daquele curso de especialização que você anda querendo fazer há algum tempo, algumas instituições costumam oferecer bons descontos nesse período.

Tirou suas dúvidas sobre a Black Friday na odontologia? Então, lembre-se, para estar por dentro de outras outras dicas importantes de marketing odontológico e tirar suas dúvidas a respeito dessa área, confira nossos outros artigos disponíveis por aqui!

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.