Ácido peracético é essencial na esterilização de materiais

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira aqui como o ácido peracético é utilizado na área da odontologia

Durante os procedimentos odontológicos, os cirurgiões-dentistas utilizam materiais, como os instrumentos endodônticos. No entanto, após os tratamentos, esses materiais ficam contaminados pela microbiota oral. E, é nesse cenário que o ácido peracético é usado.

A finalidade é a limpeza e a descontaminação dos materiais por meio do uso do ácido peracético. Assim, ambos dentistas e futuros pacientes ficam seguros e evitam a transmissão de microrganismos nocivos para a saúde.

O ácido peracético é o produto químico usado para a esterilização dos materiais odontológicos. Isso por causa da sua ação anti-microbiana. Curiosidade:o ácido peracético 0,2% é o químico mais usado na área.

Por que e como devo usar o ácido peracético?

O profissional deve usar o produto químico para evitar transmissões e contaminações por microrganismos. Desse modo, doenças graves são evitadas e o dentista assegura a biossegurança no consultório odontológico.

Assim o ácido é usado, por exemplo, na limpeza do avental impermeável, luva de borracha, óculos de proteção, equipamento periférico, equipo, cadeira, mocho e sistema de sucção. O ácido é passado com pano umedecido.

No caso da tubulação do equipamento odontológico, almotolia e borrifador plástico, esses materiais devem ter contato direto com a solução ácida.

Mas fique atento: o uso indevido do agente irrigador pode trazer prejuízos para a saúde. Algumas das consequências são:

  • Queimadura na pele;
  • Irritação das vias respiratórias; e
  • Irritação dérmica.

Por isso, o manuseio do químico responsável pela esterilização dos materiais deve ser feita com cuidado por profissionais competentes.

Amplie os cuidados com a biossegurança

Além da desinfecção de instrumentos, os profissionais da área devem ficar atentos à outras condições da biossegurança do consultório odontológico.

Isso porque a biossegurança na odontologia é o nome geral dado a todos os procedimentos de segurança e higiene.

O objetivo é manter o dentista, sua equipe e os pacientes protegidos de acidentes ou contaminação. Todos esses procedimentos são pré-estabelecidos por regras e normas oficiais.

Por isso, além da esterilização, os profissionais precisam manter mais cuidados. Algumas das medidas básicas são:

  • Vacinação: a equipe odontológica deve estar com as vacinas em dia. Elas são a melhor barreira contra doenças e são extremamente eficazes;
  • Equipamentos de proteção individual (EPI´S): fazem parte do famoso “kit básico” de todo dentista. Sem eles, um dentista não pode fazer qualquer procedimento.São eles: o jaleco, a máscara, o óculos de proteção, o gorro e as luvas de procedimento;
  • Assepsia: lavar as mãos frequentemente e descartar as luvas e outros materiais em local adequado;
  • Anti-sepsia: esterilizar áreas que já foram infectadas; e
  • Limpeza.

Para garantir a segurança completa no seu consultório, é preciso que você invista em materiais de limpeza, esterilização e desinfecção.

Além disso, é essencial auxiliar e investir na formação dos seus funcionários, como os auxiliares e secretários. Isso porque eles também precisam seguir todas as regras da biossegurança para manter o espaço seguro.

Com esses cuidados básicos e com o uso do ácido peracético, você está pronto para atuar no consultório odontológico! Pode marcar consultas e atender da melhor forma possível os seus pacientes.

Valdir de Oliveira

Valdir de Oliveira

Valdir de Oliveira é cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA) e pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Possui especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Também é professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilofacial e Harmonização Orofacial e voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA Brasil). Com o registro no Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CRO-SP) nº 52860, Valdir integra a equipe odontológica do Instituto Bernal e Oliveira, que está localizado na Avenida dos Imarés, 572A - Indianópolis, São Paulo - SP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.

Os conteúdos da Simpatio são escritos por jornalistas e possuem a supervisão e a aprovação de dentistas e de profissionais de saúde parceiros.