Tunelização é uma técnica utilizada para tratar a lesão de furca

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Além da tunelização, a lesão de furca também pode ser tratada por rizectomia e odontosecção

Você já ouviu falar em lesão de furca? Esse problema é causado pela intensa separação entre as raízes do dente e o tronco radicular, o que pode levar à perda óssea. O tratamento é cirúrgico, e uma das técnicas utilizadas é a tunelização.

Daí surge outra dúvida: o que é tunelização?

A técnica cirúrgica de tunelização visa aumentar o tamanho da furca por meio do contorno do osso ou por remodelação interna das raízes. Assim, o procedimento tem como objetivo promover espaço para a higienização da área da furca.

O que é lesão de furca?

A região da furca é a área localizada entre as raízes dos dentes. É uma característica anatômica dos dentes multirradiculares, que possuem mais de um canal radicular. Nela, há a separação das raízes do tronco radicular, como se estivessem se afastando da gengiva (ressecção radicular).

No entanto, se a separação for muito intensa, não é considerada natural, recebendo o nome de lesão de furca.

A lesão de furca é a destruição dos tecidos de suporte dos dentes multirradiculares, definida pela perda de inserção no espaço radicular.

As causas da lesão de furca podem ser distintas:

  • Problema morfológico natural;
  • Reposicionamento dos dentes ao longo da vida;
  • Perda ou queda de um dente;
  • Doença periodontal não tratada;
  • Acúmulo de placa bacteriana;
  • Cárie dentária.

O que é tunelização?

Por sua vez, a tunelização dentária, também chamada de recobrimento radicular, é um procedimento cirúrgico utilizado para recobrir a raiz exposta.

A cirurgia plástica periodontal utiliza enxertos de tecido conjuntivo para aumentar a quantidade de tecido queratinizado na região, permitindo a cobertura da raiz.

Assim, no caso da lesão de furca, a técnica visa reposicionar de maneira apical um retalho de tecido, criando um espaço entre as raízes, onde o paciente poderá inserir a escova de dentes para a remover a placa bacteriana.

Portanto, a técnica de tunelização demanda a expansão do espaço inter-radicular por meio da plastia de furca. Além disso, esse tipo de procedimento é geralmente indicado para bifurcações de molares inferiores, nos casos de furca de classe III e de classe II avançada.

Outras técnicas que tratam a lesão de furca

Além da técnica de tunelização, existem outros procedimentos cirúrgicos usados para o tratamento de lesões de furca. São eles:

  1. Rizectomia: a rizectomia é um procedimento cirúrgico que tem como finalidade a remoção das raízes. É indicada para casos de extensa reabsorção óssea ao redor das raízes e de dentes com perfurações ou trepanações no assoalho da câmara pulpar;
  2. Odontosecção: a odontosecção é um procedimento cirúrgico que tem como objetivo apenas a separação das raízes. Além de ser indicada para os mesmos casos da técnica de rizectomia, também é usada em casos de dentes muito inclinados ou com cárie profunda no assoalho da câmara pulpar.

Gostou de saber um pouco mais sobre a lesão de furca e a técnica de tunelização? Continue com a gente para acompanhar novos conteúdos todos os dias!

Silmara Alves Rozo Ducatti

Silmara Alves Rozo Ducatti

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) e especialista em Ortodontia pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul (SIOMS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!