Conheça o tratamento restaurador atraumático para cáries

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Conhecida como TRA, essa técnica leva atendimento odontológico a lugares sem energia elétrica

Um dos grandes traumas vinculados ao dentista é o barulho das brocas ou turbinas (“motorzinho”). E se, existisse uma técnica em que instrumentos odontológicos elétricos não são usados? Pois bem, esse método existe! Se chama tratamento restaurador atraumático.

O tratamento restaurador atraumático foi desenvolvido em 1994, na Organização Mundial da Saúde (OMS), pelo pesquisador holandês Dr. Jo Frencken. A ideia era promover atendimento para populações de áreas sem eletricidade ou facilidades para a instalação de consultórios odontológicos.

O tratamento restaurador atraumático, também conhecido por sua sigla em inglês (ART), é uma técnica que restaura dentes afetados pela cárie usando apenas instrumentos manuais.

Tratamento sem dor

Geralmente, o tratamento atraumático não causa dores nos pacientes. A remoção da cárie é feita de maneira seletiva ou parcial, e os tecidos vivos não são retirados. Por isso, não provoca dores e diminui o risco de exposição da polpa.

Além disso, justamente por não causar desconforto aos pacientes, anestesias odontológicas não são necessárias durantes este procedimento.

Usando uma técnica minimamente invasiva, o dentista deve usar instrumentos cortantes manuais para a remoção do tecido cariado.

O selamento das cicatrículas e fissuras é feito com um material restaurador adesivo capaz de ser manipulado e inserido diretamente na cavidade e superfícies adjacentes.

Por apresentar as propriedades adequadas, o uso do ionômero de vidro é o mais indicado nesta técnica.

Seus benefícios são: adesividade à estrutura dentária, liberação de flúor, compatibilidade biológica e um coeficiente de expansão térmica linear semelhante ao dente.

Benefícios do TRA

A rapidez com que se pode realizar essa técnica viabiliza o atendimento de um grande número de pessoas em pouco tempo.

Por isso, vários programas de saúde bucal internacionais adotam o tratamento restaurador atraumático. Sua eficiência pode ser observado em vários estudos clínicos.

Indicações do Tratamento Atraumático

O TRA é indicado para a realização de restaurações em crianças, tanto em dentes decíduos como em dentes permanentes.

Também é uma boa opção para consultas com idosos, atendimento de crianças e adultos em locais sem equipamento odontológico, como escolas e centros comunitário.

Gestantes e demais pacientes que necessitem de atendimento especial também entram no grupo de indicação do tratamento sem traumas.

Com a utilização mundial do ART observou-se sua eficiência também com pacientes ansiosos ou mesmo com temor do tratamento odontológico tradicional.

Cárie Dental

Os sintomas da cárie variam a medida do seu desenvolvimento. Conforme os danos causados pela doença aumentam, o paciente pode sentir sintomas mais agressivos.

Dor no dente, sensibilidade dentária na hora de comer ou beber e dor ao morder são alguns sinais mais recorrentes. Porém, o dente ainda pode apresentar colorações mais escuras e aparentes pequenos buracos.

Para ter certeza do diagnóstico de cárie, é necessária uma avaliação do profissional. O dentista examinará cuidadosamente a cavidade bucal antes do diagnóstico exato.

Lembre-se: a melhor maneira de evitar cáries e outras complicações é manter uma higiene bucal adequada e regular.

O tratamento da cárie consiste na eliminação do tecido infectado. O dente é limpo e restaurado com uma substância – normalmente a resina. Por fim, ocorre o lixamento da resina para se ajustar ao alinhamento do dente.

Durante o processo de restauração tradicional, o profissional costuma usar instrumentos elétricos como brocas e o famoso “motorzinho”.

Se você tem medo ou busca por procedimentos alternativos, que tal tentar o tratamento restaurador atraumático? Converse com seu dentista de confiança e avalie a possibilidade!

Yara Barreto

Yara Barreto

Formada em Odontologia pela Universidade de São Paulo (2008). Aluna de iniciação científica Pibic/Unicid da Universidade de São Paulo. Em 2009, concluiu estágio clínico em Ortodontia no Instituto Vellini, e em 2010, curso de planejamento Ortodôntico na Universidade Metodista. Concluiu em 2014 sua especialização em ortodontia e atua com ortodontia digital. Dentista na Odontoclinic e responsável técnica da OdontoImage.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.