Tipos de aparelhos ortodônticos e suas especificidades

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Eles são os maiores ajudantes para um sorriso perfeito

Quando falamos em dentistas, muitas pessoas associam a imagem dos diversos tipos aparelhos ortodônticos.

Algumas pessoas têm medo, enquanto outras se encantam com a ideia de colocar um aparelho. A verdade é que existem tipos de aparelhos ortodônticos para todos os estilos e, claro, para as mais diversas necessidades.

A seguir, listamos os tipos aparelhos dentários e suas particularidades. Lembre-se de sempre perguntar todos os detalhes do tratamento ao seu dentista.

Cada aparelho dentário é único e segue um cronograma, então a regra número um é: perguntar! Questione sobre os tipos de aparelho ortodôntico e suas funções.

Aparelho Móvel

Esse é o tipo de aparelho que a maioria dos pacientes usa. O motivo? Ele tem duas funções: conter os dentes na posição correta ou “puxar” os dentes para a posição correta.

Nesse último caso, ele é usado principalmente em crianças até 12 anos.

É um método menos invasivo e, em casos leves, pode resolver o problema. Na maioria das situações, ele é a porta de entrada para o aparelho fixo.

Sua função de conter os dentes é usada após a retirada do aparelho fixo. O paciente usa o móvel por algumas horas por dia, para garantir que o resultado não se altere.

A higienização é fácil. Utilize uma escova de dentes e um creme dental para escovar toda a superfície do aparelho. Guarde sempre seco e em local adequado.

Sua principal desvantagem é que depende do uso do paciente. Se não usado corretamente, não irá atingir os efeitos necessários. Por isso, não deixe de usar!

Aparelho Fixo

Todo mundo já viu esse modelo, que pode levar o título de mais famoso. Seu uso extensivo está diretamente ligado a sua eficácia.

Ele é formado por três peças: bandas, fios e bráquetes.

É colocado na parte frontal dos dentes e é facilmente adaptado para as necessidades do tratamento. Seu objetivo é “puxar” os dentes para a posição correta.
Por ser fixo, ele tira da mão do paciente a escolha de “quando usar”. O que acaba sendo uma das razões para sua eficácia.

A higienização é um fator importante nesse caso. O paciente deve se dedicar a limpar corretamente os dentes, após as refeições, com uso de fio dental.

Há diversos recursos para facilitar a limpeza de quem usa aparelho fixo, algumas delas serão fornecidas pelo seu dentista. Um exemplo é o “passador” de fio dental, uma espécie de agulha de plástico que ajuda a passar o fio dental.

Aparelho Fixo Estético

São conhecidos popularmente como “aparelho fixo transparente”. É o aparelho fixo comum com uma aparência mais agradável.

Seu objetivo e funções são os mesmos, mas o material utilizado é diferente. É uma opção mais cara e feita para agradar os pacientes que não abrem mão da estética durante o tratamento.

Aparelho Fixo Lingual

São conhecidos como “aparelhos invisíveis”. É outra versão do aparelho fixo comum. A única diferença é que o aparelho lingual é colocado na parte de trás dos dentes, por estética.

O valor costuma ser maior que o do tradicional. Também não é recomendado para crianças. Você pode ver tudo sobre esse aparelho no artigo aparelho fixo lingual.

Aparelho Extrabucal

É um aparelho mais usado por crianças e adolescentes, por conta de sua eficácia. Ele muda a posição dos ossos da mandíbula e dos dentes.

Parte dele fica do lado de fora da boca, por isso o nome. Por conta disso, recebeu vários apelidos pejorativos ao longo dos anos.

Cada modelo possui suas especificações, você pode ler mais no artigo aparelho extrabucal.

Aparelhos alinhadores

Esses modelos são os mais tecnológicos da lista. Seu uso costuma ser mais estético e, por isso, é praticamente invisível. É como uma placa, que se encaixa perfeitamente nos dentes.

Como é feito com scanners e softwares modernos, seu preço é mais caro do que os outros da lista.

Assim como o móvel, tem limpeza mais fácil. Você pode conferir outros detalhes no artigo aparelhos alinhadores.

Depois de analisar cada um dos tipos de aparelhos ortodônticos, consulte um ortodontista para entender se há necessidade de colocar algum deles.

Yara Barreto

Yara Barreto

Formada em Odontologia pela Universidade de São Paulo (2008). Aluna de iniciação científica Pibic/Unicid da Universidade de São Paulo. Em 2009, concluiu estágio clínico em Ortodontia no Instituto Vellini, e em 2010, curso de planejamento Ortodôntico na Universidade Metodista. Concluiu em 2014 sua especialização em ortodontia e atua com ortodontia digital. Dentista na Odontoclinic e responsável técnica da OdontoImage.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.