Termos técnicos da área da odontologia. Conheça todos!

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira aqui os principais termos técnicos da área da odontologia

Quando vamos fazer uma visita ao profissional da área da odontologia, é normal ouvir algumas palavras que, na maioria das vezes, não entendemos. Essas palavras são chamadas de termos técnicos.

Os profissionais aprendem os termos técnicos durante o curso de graduação e carreira. Por isso, é normal que os pacientes tenham dúvidas ou não saibam o que eles significam.

Os termos técnicos são um tipo de linguagem específica de uma determinada área. Por exemplo, os dentistas constroem e estudam termos relativos à odontológia.

Se você ficou interessado pelo assunto então fique ligado neste artigo! Isso porque vamos tirar todas as suas dúvidas sobre termos técnicos da odontologia. Vamos começar?

Definições dos termos técnicos na área odontológica

Para você ficar por dentro das expressões usuais em odontologia, fizemos um glossário odontológico. Dessa forma, você consegue entender mais sobre a profissão e sobre seu quadro clínico.

A

  • Abscesso dentário: é o acúmulo de pus no dente ou na gengiva. Ele forma uma de bolsa esbranquiçada na área afetada.
  • Acesso endodôntico: procedimento cirúrgico de entrada na câmara pulpar (polpa dentária e canal radicular dos dentes).
  • Acidez na boca: sensação de quando a saliva encontra-se ácida
  • Aftas: são pequenas feridas formadas dentro da boca. Podem ser identificadas pela forma arredondada, com centro amarelado ou esbranquiçado e vermelhidão ao redor.
  • Analgésico: são fármacos com ação de alívio, além de ter propriedades que evitam a dor local.
  • Anestesia odontológica: substância que tira a sensibilidade local da cavidade bucal.
  • Aparelho ortodôntico: material usado para a correção  da posição dos dentes ou para fins estéticos.
  • Arcada dentária: arco composto pelo conjunto de dentes presentes na boca e ossos.
  • Articulação Temporomandibular: articulação que faz a ligação maxilar ao osso temporal do crânio.

B

  • Bactérias: microrganismos presentes em todo o nosso organismo, inclusive na boca.
  • Bichectomia: procedimento cirúrgico irreversível para remoção da bola de Bichat (tecido gorduroso).
  • Biomateriais: usados para a substituição, que pode ser parcial ou total, dos tecidos biológicos. Dessa forma, eles são materiais que regeneram e substituem a estrutura óssea.
  • Boca seca: sintoma da diminuição e até interrupção da secreção salivar na boca.
  • Bolsa periodontal: aumento anormal do espaço entre o dente e a gengiva.
  • Bruxismo: ato involuntário de apertar ou ranger os dentes de forma constante e rítmica.

C

  • Caninos: dentes que rasgam e perfuram os alimentos.
  • Cárie: lesão estrutural que causa a deterioração dos elementos dentários.
  • Clareamento dental: tratamento realizado com substâncias químicas para modificar a cor do dente, deixando-o mais branco.
  • Creme dental: produto usado para limpar os dentes.
  • Coroa dentária: peça que substitui a coroa natural do dente comprometido ou apenas uma parte danificada dele.

D

  • Dentadura: prótese dentária total e removível.
  • Diastema: espaço encontrado na separação entre os dentes.
  • Disfunção temporomandibular: doença crônica que apresenta alteração da articulação temporomandibular.
  • Doença periodontal: doença que ataca da gengiva até o osso alveolar. Pode ser dividida em três fases: gengivite, periodontite e periodontite avançada.

E

  • Endodontia: especialidade odontológica que estuda a polpa dentária, todo o sistema de canais radiculares e dos tecidos periapicais.
  • Esmalte dentário: camada externa e dura do dentes, responsável por ser um dos formadores do dente e pela aparência do conjunto dentário.
  • Extração dentária: procedimento cirúrgico de remoção total de um dos dentes.

F

  • Fluorose: alteração no esmalte e na dentina. Esses dois elementos ficam mais porosos e aumentam as chances de aparecer manchas ou linhas brancas nos dentes.

G

  • Gengivite: corresponde a inflamação da gengiva por causa do acúmulo de placa bacteriana nos dentes.

H

  • Halitose: condição anormal do hálito que resulta em um odor desagradável.

I

  • Implante dentário: pino fabricado em titânio que ao ser fixado ao osso maxilar ou mandibular, serve como apoio para as próteses dentárias.
  • Incisivos: dentes que servem para cortar os alimentos.

L

  • Limpador de língua: ferramenta de limpeza lingual com cerdas na ponta.

M

  • Mandíbula: osso móvel no qual estão acoplados os dentes da arcada inferior. A mandíbula está localizada na parte inferior da cabeça.
  • Mau hálito: condição anormal do hálito que resulta em um odor desagradável.
  • Maxila: osso pneumático, plano e irregular.
  • Molares: dentes localizados na parte posterior da mandíbula.

N

  • Nervo alveolar inferior: tipo de ramo do nervo mandibular responsável por funções motoras e sensoriais.

O

  • Odontologia forense: área odontológica que trabalha com a Justiça. Nessa área, por exemplo, é realizada a identificação humana.
  • Odontopediatria: especialização odontológica responsável por cuidar da saúde bucal de crianças, desde o nascimento até a adolescência.
  • Ortodontia: especialização odontológica responsável por corrigir as posições dos dentes e ainda pelo estudo dos ossos maxilares.

P

  • Periodontite: doença bucal que causa o comprometimento de todos os os tecidos de suporte em torno do dente.
  • Placa bacteriana: película grudenta e incolor formada por bactérias.
  • Polpa dentária: tecido por onde os vasos sanguíneos, fibras e nervos do dente passam dentro da boca.
  • Prótese dentária: materiais usados para substituir dentes ausentes.

R

  • Raiz: parte que conecta o dente ao resto do corpo.
  • Remineralização: procedimento odontológico realizado para reconstituir os minerais ausentes.
  • Restauração: procedimento odontológico de recomposição do dente depois de ter sofrido uma fratura ou uma cárie.

S

  • Saliva: composto homogêneo de secreções. Ele é produzida pelas glândulas salivares e pelas glândulas bucais menores

T

  • Tártaro: forma endurecida de placa bacteriana que se acumulou nos dentes.
  • Trauma dentário: toda e qualquer pancada que possa causar comprometimento dos elementos bucais como os dentes, os ossos de sustentação, a gengiva e todos os tecidos moles.

U

  • Unirradicular: dentes com uma raiz.

V

  • Vitamina: composto orgânico e com nutrientes necessários para o nosso organismo.

E, aí, gostou do nosso dicionário odontológico? Agora que você já conheceu mais sobre os termos odontológicos, ficou mais fácil de entender detalhes do seu quadro clínico.

Se você quiser saber sobre termos técnicos mais específicos, que tal continuar estudando? Além disso, você pode marcar uma consulta com o dentista de confiança e tirar as suas dúvidas. Aproveite!

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.