Retalho de Widman é usado em bolsas periodontais

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Cirurgia na gengiva auxilia na recuperação estética

No mundo da odontologia, existem procedimentos que visam tanto a recuperação da estética bucal, quanto a recuperação da própria saúde. É o caso de retalho de Widman.

Você conhece as etapas de realização do retalho de Widman?

Retalho de Widman é uma técnica cirúrgica que visa o tratamento de bolsas periodontais. Dessa maneira, através desta cirurgia, é possível restabelecer e reestruturar os tecidos de suporte da gengiva.

O que são bolsas periodontais?

A bolsa periodontal é caracterizada pelo aumento no espaço que fica entre o dente e a gengiva. Esse espaço é o sulco gengival e aumenta de 3 milímetros para 4 ou mais, nos casos nos quais se desenvolve a bolsa.

A principal causa desse aparecimento está relacionada à ação de bactérias. Dessa maneira, os  microrganismos atuam provocando doenças inflamatórias, sendo que a principal delas é a periodontite crônica.

Essas doenças, por sua vez, causam o rompimento das fibras que unem a gengiva. Por isso, ocorre o aprofundamento da bolsa. Além disso, o uso de drogas ou problemas sistêmicos também podem ser causadores do aumento do espaço.

Como é feito o retalho de Widman?

Para reconstituição dos tecidos gengivais, o retalho original de Widman é realizado de acordo com os seguintes passos:

  • Inicialmente, são feitas duas incisões para demarcação da área na qual será feita o procedimento. Depois, é feita uma incisão na gengiva com o intuito de unir as duas já feitas;
  • O segundo passo é remover o tecido inflamado;
  • Posteriormente, o contorno do osso alveolar é feito;
  • O último passo consiste na realização de suturas interdentais para manter as posições do retalho.

Ainda, foi desenvolvida a cirurgia de Widman modificada. Diferente do método original, que visa a eliminação da bolsa periodontal, a cirurgia modificada visa a correção da bolsa.

Esse procedimento é realizado de acordo com os seguintes passos:

  • Para a cirurgia modificada, é feita uma única incisão na margem gengival, de forma paralela ao eixo dos dentes;
  • Em seguida, é realizada uma incisão intra-sulcular;
  • Depois, o tecido é separado do osso alveolar por uma terceira incisão;
  • São retirados o epitélio da bolsa e o tecido de granulação;
  • As raízes dentárias que foram expostas pelo processo são aplanadas e raspadas;
  • Por fim, ocorre o ajuste dos retalhos e são feitas as suturas.

Esse tipo de cirurgia periodontal apresenta um resultado estético melhor quando comparado ao método original. Além disso, essa técnica também possibilita uma diminuição no trauma sofrido pelo osso alveolar exposto.

Por essa e por outras vantagens que a cirurgia modificada é mais frequentemente utilizada em consultórios odontológicos para resolução de casos de bolsa periodontal.

Evitando a cirurgia de retalho

A melhor maneira de evitar o desenvolvimento de bolsas periodontais é manter uma boa rotina de higiene bucal. Isso porque cuidar da saúde da boca evita a proliferação de bactérias e microrganismos nocivos que causam o problema.

Para isso, é bom escovar os dentes ao menos três vezes por dia, tomando cuidado com a força da escovação e o material utilizado.

Além disso, é indicado complementar a escovação com alguns produtos auxiliares, como fio dental e enxaguante bucal.

Esses produtos são úteis na retirada de placa bacteriana acumulada na boca. Contudo, é importante ressaltar que não devem substituir uma boa escovação.

Ainda, é importantes fazer visitas ao seu médico dentista de forma periódica. O profissional poderá avaliar o estado da saúde bucal e indicar a necessidade da realização de procedimentos como o retalho de Widman.

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.