Prontuário odontológico é essencial para acompanhamento clínico

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

O prontuário odontológico permite que o dentista registre todas as atividades feitas durante um tratamento

Na hora de fazer uma visita ao dentista para o acompanhamento de um tratamento, o profissional precisa entender como está o quadro clínico do paciente. Para isso, ele deve utilizar o prontuário odontológico.

A atualização constante do prontuário odontológico é necessária. Assim, todos os passos dados dentro do tratamento são arquivados. Isso traz segurança e conforto para o profissional e o paciente.

O prontuário odontológico é toda a documentação com dados importantes sobre o paciente. Dessa forma, todo o tratamento odontológico é autenticado em arquivos.

Neste artigo, vamos tirar todas suas dúvidas sobre o prontuário em odontologia. Vamos começar?

Código de Ética Odontológica

O Código de Ética Odontológica (CEO) afirma que o profissional deve elaborar o prontuário médico/odontológico. O arquivo deve estar legível e sempre atualizado. Ele pode ser físico ou digital, ficando a critério do dentista.

A importância do Prontuário Odontológico

Como acabamos de ver, o prontuário recolhe todas as informações importantes sobre o paciente e seu tratamento. Assim, todo o quadro clínico do paciente é documentado e guardado nos arquivos.

Isso auxilia nos passos futuros. O profissional consegue saber quais medicamentos já foram prescritos, por exemplo, ou até mesmo as informações básicas que foram registradas na anamnese da primeira consulta da pessoa.

É com o prontuário médico odontológico que o profissional e o paciente entendem como o tratamento está sendo desenvolvido. Com isso, é possível entender se o tratamento pode continuar ou se é necessário intervir de uma maneira diferente.

Não podemos esquecer do valor legal da documentação. Caso haja algum erro por parte profissional, o paciente pode pedir pelos arquivos e entender o que, legalmente, pode fazer com essas informações.

O profissional precisa ser organizado, ético e atencioso para estar sempre coletando informações para o prontuário do paciente, o que garante a segurança e a confiança do paciente.

Informações importantes do documento

Para deixar os arquivos atualizados e com todas as informações, é preciso armazenar a ficha clínica e os documentos complementares.

A ficha clínica precisa armazenar:

  • Identificação do profissional: é preciso ter o nome completo do profissional, a sua área de atuação e o número do credenciamento do Conselho Regional;
  • Identificação do paciente: nome completo do paciente, número da carteira de identidade, data de nascimento, nacionalidade, naturalidade, estado civil, sexo, Cadastro Individual de Contribuinte, endereço e contato;
  • Exame clínico: o armazenamento do exame de anamnese é necessário. Assim, todo a história clínica do paciente fica registrada. Além disso, é preciso ter os exames físicos intraorais e extraorais;
  • Estratégia do tratamento: é necessário uma descrição completa de todos os passos do tratamento. Por essa razão, os procedimentos, os materiais, quais partes da boca que serão tratadas e o valor do tratamento devem estar especificados;
  • Desenvolvimento do tratamento: todas as etapas do tratamento e do procedimento devem ser registradas, elucidando quais os materiais usados e a região da boca que será submetida a tratamento.

Os arquivos também precisam registrar os documentos complementares. Eles são:

  • Receitas: devem ser registrados todas as prescrições odontológicas;
  • Atestado: dentro do atestado deve ter a assinatura e a identificação do profissional e do paciente, o que está sendo tratado e quais foram as consequências dos procedimentos;
  • Contrato de locação de serviços odontológicos;
  • Exames complementares: radiografias, fotografias identificadas, moldes e outros exames.

Ressaltamos que o prontuário odontológico precisa estar atualizado, permitindo que o dentista faça o acompanhamento clínico ideal.

Valdir de Oliveira

Valdir de Oliveira

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA). Pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Com especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilo Facial e Harmonização Orofacial. Voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais - ADRA Brasil.

Compartilhe sua opinião

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!