Prescrição Roth foi muito importante para a ortodontia

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Desde que foi criada pelo cirurgião-dentista Ronald Roth, trouxe muitos benefícios à odontologia

Muitos pacientes chegam diariamente ao consultório odontológico com problemas de oclusão. E a essa questão tem tudo a ver com a Prescrição Roth – nosso assunto do artigo!

Há muitos anos, quando a Prescrição Roth foi criada, não se imaginava que, futuramente, traria tantos benefícios ortodônticos como apresenta até hoje. Mas o que será essa prescrição e por que é tão importante?

Prescrição Roth é um método desenvolvido com o principal objetivo de saber identificar então qual é a oclusão ideal para um caso em que a dentição do paciente é natural.

Juntamente com outros estudiosos, foram criadas diversas prescrições sobre o assunto.

O Que é a Prescrição Roth?

Criada por Ronald Roth, ficou conhecida como técnica de Roth. Após se formar em Chicago, Roth passou a se interessar por oclusões funcionais e foi aí que tudo começou.

Depois de muito estudo sobre prescrições ortodônticas, ele percebeu então, que seus tratamentos com melhores resultados, bem finalizados ortodonticamente e de posições perfeitas, apresentavam especificações.

Dessa forma, Ronald Roth concluiu qual seria o modo ideal de realizar sua prescrição e quais detalhes deveria envolver. São eles:

  • As “seis chaves” de Andrews com a mandíbula em posição de relação central quando existe
    máxima intercuspidação;
  • Uma relação posterior de Classe I;
  • Número suficiente de cúspides nas fossas centrais para manter a posição cêntrica da mandíbula;
  • Posição axial dos dentes posteriores de maneira que as tensões, durante o fechamento mandibular, sejam dirigidas verticalmente ao longo do seu eixo;
  • Relacionamento dos dentes anteriores durante MIH de modo que não exista contato real anterior, mas um micro espaço de 0,012mm a partir de onde qualquer movimento realizado pela mandíbula relacione esses incisivos superiores e inferiores, ocorrendo uma “desoclusão” imediata dos posteriores;
  • Guia anterior e do canino, que estejam em harmonia com os movimentos bordejantes do côndilo, fornecendo uma elevação imediata que desoclua os dentes posteriores em qualquer movimento excêntrico;
  • Uma relação de trespasse horizontal e vertical que seja estética e mínima, mas ainda assim suficiente para proporcionar uma guia anterior longa que permita aos dentes posteriores deslizarem e também o deslizamento mandibular a partir da máxima intercuspidação;
  • Posição estética dos dentes anteriores, ocupando espaço suficiente para fornecer guia anterior adequada e confortável para o paciente;
  • Uma forma do arco que seja compatível com os movimentos bordejantes da mandíbula;
  • Combinação de forma e largura do arco com a mandíbula na posição de relação central.

Pela importância dos seus conceitos e pelos bons resultados a partir dos mesmos, Roth passou a estar presente em diversos casos em que é necessário trabalhar com o aparelho pré-ajustado.

Conceitos da Prescrição Roth

São dois principais conceitos em que essa prescrição de baseia.

  1. O primeiro diz que há uma necessidade de realizar uma nova correção já no momento em que a mecânica ortodôntica está em fase final.Além disso, nesse caso, o mais comum é ainda que haja um ajuste da oclusão.
  2. Já o segundo conceito defende que, colocar no encaixe dos braquetes um fio retangular e de mesma dimensão do braquete é uma boa opção.

Isso se deve ao fato de que, realizando esse procedimento, poderá ser fornecido um tempo suficiente para que os movimentos incorporados no encaixe do mesmo ocorram perfeitamente.

Dessa forma, os dentes poderão ser posicionados de uma mesma maneira em todos os casos. Ou seja, não irão mais depender da quantidade dessa movimentação.

Além disso, entre os principais detalhes, temos também a diferença entre MBT e Roth, que é basicamente com relação ao seu posicionamento vertical.

Na técnica ortodôntica de Roth os incisivos têm uma altura de 4,5mm e os caninos de 5,5. Já em MBT, a angulação é respectivamente 4mm e 4,5mm.

Foi criado então, juntamente com a prescrição Roth, a prescrição do bráquete.

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.