Postura inadequada do dentista e o que isso pode causar

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

A postura inadequada durante a jornada de trabalho pode lesionar as costas do dentista

Para poder realizar um bom atendimento ao paciente durante uma consulta, é necessário que o dentista tome alguns cuidados específicos. Dentre eles, a postura inadequada, que deve ser evitada.

Isso acontece porque a postura inadequada pode causar uma série de problemas para o profissional.

Manter a postura inadequada é uma das maiores causas para dores nas costas e na coluna, já que normalmente são posições desconfortáveis que forçam as costas.

Então, é importante que seja tomado um cuidado especial com a postura do dentista. Afinal, distúrbios e disfunções desse tipo podem fazer o dentista ter que ser afastado profissionalmente.

Quais problemas a postura inadequada do dentista pode causar?

Para começar, o primeiro ponto a entender é que a má postura pode causar algum tipo de desconforto para a pessoa porque a coluna é forçada mais que o normal.

Confira na lista a seguir quais as consequências da postura inadequada no trabalho:

  • DORT (doenças osteoarticulares relacionadas ao trabalho);
  • LER (lesões por esforço repetitivo);
  • Túnel de carpo;
  • Longa do bíceps;
  • Tendinite do músculo supraespinhal;
  • Tendinite da cabeça;
  • Epicondilite;
  • Dores na cervical e na lombar;
  • Lesões graves na coluna;
  • Hérnia de disco;
  • Escoliose;
  • Aumento de gordura localizada;
  • Mal estar;
  • Problemas respiratórios.

Todos estes quadros possuem um fator em comum: a dor que o profissional sente na região das costas.

É possível também que a má postura motive problemas na saúde bucal, podendo gerar um quadro de apinhamento dentário, quando os dentes ficam tortos. Consequentemente, interfere na oclusão dentária e até na articulação temporomandibular.

Por isso, é recomendado que sejam tomados os devidos cuidados com a coluna, principalmente mantendo a postura corporal ereta.

Como melhorar a postura?

Para melhorar a postura, o profissional deve levar em conta a ergonomia odontológica, que é responsável por entender a relação dos dentistas com seus locais de trabalho.

A intenção é aperfeiçoar as condições de trabalho para diminuir os estresses mental e físico dos profissionais.

Para corrigir a má postura, é preciso posicionar a cabeça da maneira correta e fortalecer os músculos das costas e da região abdominal. Se os músculos abdominais e eretores da coluna estiverem fracos, existe maior probabilidade dos ombros ficarem caídos e voltados para a frente.

O timo mais comum de má postura é a hipercifose, que dá aquele aspecto de corcunda.

Como corrigir a situação? Veja:

  • Pratique exercícios com frequência para manter os músculos fortalecidos;
  • Tenha consciência do corpo, reconhecendo e identificando sua postura;
  • Sente sobre o cóccix, mantendo as costas apoiadas na cadeira e os pés no chão, evitando cruzar as pernas.

Pessoas que passam mais do que cinco horas sentadas por dia devem tomar cuidado redobrado.

É indicado que sejam feitos exercícios de alongamento diariamente para manter a elasticidade dos músculos, como o pilates.

Passo a passo para realizar os exercícios

Fizemos um passo a passo de como fazer exercícios e alongamentos para dentistas. Eles podem ser feitos em casa e tem como finalidade aliviar dor nas costas e evitar problemas na coluna. Confira:

3 alongamentos para corrigir a postura

Existem três formas de alongar que ajudam no alinhamento da postura:

  1. Extensão da caixa torácica com blocos de espuma;
  2. Abertura de peito com cabo de vassoura;
  3. Alongamento rente a uma parede.

O recomendado é separar 15 minutos do dia para fazer o alongamento, permanecendo em cada posição por cerca de 5 minutos.

O primeiro alongamento auxilia na expansão da caixa torácica por meio da abertura do peito. Não é preciso usar apenas blocos de espuma. Você pode utilizar livros empilhados, mantendo uma espessura próxima de 12 cm.

São necessários quatro blocos, um para ficar posicionado sob a escápula, na parte de cima das costas, outro na cabeça, para que o pescoço não fique suspenso no ar, e um embaixo de cada perna.

Esse alongamento não melhora apenas a postura física, mas também a respiração.

O segundo serve para forçar os ombros para trás, abrindo o peito. Para fazê-lo, encaixe as pontas de um bastão ou de um cabo de vassoura entre os dois braços e as costas e mantenha a posição.

O último, por sua vez, é um dos mais importantes para pessoas que possuem os ombros caídos para frente. Fique de costas para a parede, apoiando nela por completo, e gire os ombros para trás, deixando a postura reta.

5 alongamentos para corrigir a postura

Existem cinco tipos de exercícios. Todos podem ser feitos em casa, assim como os alongamentos.

No primeiro, você deve deitar de barriga para baixo e deixar os braços juntos ao corpo. Eleve os braços e a cabeça e contraia as costas. Repita o procedimento devagar.

Para o segundo exercício, a pessoa ainda deve estar de barriga para baixo e com as mãos posicionadas na direção da cabeça. Depois, o tronco precisa ser levantado do chão, mantendo os braços esticados e olhando para frente, com o pescoço paralelo ao chão e os ombros longe da cabeça.

O terceiro exercício usa a mesma posição do segundo. Feito isso, as mãos ficam no mesmo lugar e a pessoa senta sobre os calcanhares, deixando as costas esticadas. É preciso empurrar os braços contra o chão e manter as costas alongadas no máximo. Fique na posição por um minuto.

Para o quarto, as mãos e os pés devem ser mantidos em posição, mas as pernas devem ser esticadas o máximo possível, formando a posição de pirâmide.

O aconselhado aqui é forçar os músculos das costas para manter uma boa postura, mas lembre-se de não deixar os calcanhares no chão. A posição deve ser feita por um minuto também.

O quinto e último exercício funciona de barriga para cima, posicionando os braços para baixo e elevando o tronco com o calcanhar no chão. Fique assim por sessenta segundos.

Agora que você sabe sobre as consequências da postura inadequada e as melhoras dicas para evitar que isso aconteça, que tal prestar mais atenção na posição de trabalho para evitar eventuais dores?

Silmara Alves Rozo Ducatti

Silmara Alves Rozo Ducatti

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) e especialista em Ortodontia pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul (SIOMS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.