Plastia de furca é alternativa de tratamento para lesão de furca

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Tratamento deve ser definido pelo dentista de acordo com o grau da lesão

As doenças periodontais podem afetar a cavidade bucal de diversos modos. Um dos problemas provenientes dessas doenças é a lesão da furca, consequente da perda de inserção e de osso das peças dentárias. Em casos como esse, um dos tratamentos possíveis é a plastia de furca.

Desse modo, conhecer as formas com que as doenças periodontais podem se desenvolver na cavidade bucal é essencial para todos os cirurgiões-dentistas. Assim, será possível intervir por meio de técnicas eficientes, como a plastia de furca.

A plastia de furca é uma das alternativas de tratamento para a lesão de furca que junta duas diferentes técnicas: a odontoplastia e a osteoplastia. Normalmente é usada em casos de lesões de grau I e II.

O que causa lesão de furca?

Antes de entender um pouco mais a respeito da plastia de furca, é preciso compreender o que é e o que causa lesão de furca.

A região da furca é um espaço localizado na área onde divergem as raízes dos dentes multirradiculares, ou seja, aqueles que possuem mais de uma raiz.

Por sua vez, a lesão de furca é a separação anormal das raízes e do tronco radicular.

Como já citamos anteriormente, é comum que a lesão esteja relacionada ao progresso das doenças periodontais. Contudo, esta não é a única causa do problema. Dentre elas estão também:

  • Traumatismo dentário;
  • Fratura ou dano proveniente de tratamentos dentários mal sucedidos;
  • Problema morfológico natural;
  • Perda ou queda de dentes;
  • Reposicionamento dos dentes ao longo da vida.

Além disso, a lesão de furca pode ser classificada em três graus:

  1. Primeiro grau: perda horizontal que não excede um terço da largura do dente;
  2. Segundo grau: perda horizontal superior a 3 milímetros, mas que não atravessa ou abarca a totalidade da área de furca;
  3. Terceiro grau: perda horizontal de um lado ao outro da área da furca.

Como é feita a plastia de furca?

O primeiro passo antes de realizar qualquer tratamento é a eliminação da placa bacterina.

Em seguida, se o caso apresentar grau I ou grau II, o cirurgião-dentista pode optar pela plastia.

A plastia de furca é um procedimento que consiste na redução horizontal dos componentes ósseo e dentário da entrada da furca. É importante ressaltar novamente que o tratamento envolve duas técnidas: a odontoplastia e a osteoplastia.

A odontoplastia consiste na eliminação do tecido dentário, isto é, realiza-se a remoção de substâncias dentárias na área de bifurcação para aumentar a entrada da furca.

Já a osteoplastia é responsável pelo remodelação da crista óssea alveolar ao nível da entra da furca.

Existem outros tratamentos para a lesão de furca?

A plastia, contudo, não é o único tratamento da lesão da furca. Há ainda:

  1. Raspagem e alisamento radicular (RAR): normalmente indicado para todo casos de lesão da furca, mas tem melhor prognóstico na grau I. Consiste na remoção da placa bacteriana e cálculo;
  2. Tunelização: a tunelização consiste na exposição cirúrgica completa para obtenção de acesso à higiene bucal. Tratamento usado em grau II e grau III;
  3. Regeneração tecidular guiada: uso da membrana como barreira mecânica para eliminar contato das células dos tecidos epiteliais e dos conjuntivos gengivais;
  4. Ressecção radicular: remoção das raízes com tratamento endodôntico prévio. Tratamento usado normalmente em casos de grau II avançado e grau III;
  5. Enxerto ósseo: procedimento regenerativo que reconstrói a anatomia.

Vale lembrar que para um bom prognóstico de plastia de furca, bem como de qualquer outro tratamento de lesão da furca, o paciente deve manter uma boa higiene oral, evitando a proliferação de bactérias na região.

Silmara Alves Rozo Ducatti

Silmara Alves Rozo Ducatti

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) e especialista em Ortodontia pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul (SIOMS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.