Placa de Hawley é uma das etapas do tratamento ortodôntico

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Geralmente o dispositivo é indicado após o uso do aparelho fixo

Muitos profissionais da área da odontologia recomendam a utilização da placa de Hawley para promover alterações ósseas necessárias na cavidade bucal de seus pacientes.

Geralmente, a placa de Hawley é indicada após a utilização do temido aparelho fixo dental. Trata-se de uma nova fase do tratamento ortodôntico, uma espécie de complementação.

Assim, a placa de Hawley é utilizada como uma contenção. Após longos períodos de utilização do aparelho fixo, ela é necessária para a manutenção dos resultados até então alcançados pelo tratamento ortodôntico.

Pode parecer desconfortante usar um aparelho após o outro. Entretanto, eles se diferenciam bastante.

Enquanto o aparelho fixo, como o próprio nome já diz, fica acoplado aos dentes durante todo o tratamento, o aparelho de Hawley é removível, podendo ser facilmente retirado quando for conveniente.

A contenção de Hawley, também conhecida como aparelho móvel, é mais comum em crianças. Isso porque, além dela ser de fácil manuseio, auxilia no desenvolvimento de musculatura facial e ósseo da região.

É sempre válido lembrar que tratamentos ortodônticos são recomendados principalmente durante a infância e pré-adolescência.

É durante essa faixa etária que o nosso corpo está passando pelos principais e mais notáveis processos evolutivos. Assim, fica mais fácil realizar esse tipo de alteração em jovens do que em adultos ou idosos.

Apesar da recomendação, a colocação de aparelhos em adultos pode acontecer. Tudo vai depender de cada caso e das indicações dos ortodontistas.

Principais funções da placa de Hawley

Já citamos que este dispositivo possui a finalidade de manutenção dos resultados alcançados pelo tratamento com o aparelho fixo.

No entanto, ele ainda tem uma série de funcionalidades:

  • Movimentações na arcada dentária;
  • Reorganizar funções como respiração, mastigação e fonética;
  • Desenvolver ossos da arcada dentária;
  • Correção e alinhamento da arcada dentária;
  • Evitar mordida cruzada e problemas mais graves de oclusão.

Como funciona o tratamento com a placa de Hawley?

O ideal é que antes de qualquer coisa, você, juntamente com o seu dentista de confiança, identifique se é realmente necessário utilizar o aparelho.

Para isso, ele irá analisar uma série de detalhes, como os citados acima. Em grande parte dos casos, após o término da utilização do aparelho fixo, a placa de Hawley acaba sendo indispensável.

Em seguida, é possível iniciar o tratamento. O primeiro passo é a realização de um molde da boca.

Assim, o profissional pode desenvolver um aparelho que encaixe perfeitamente na boca, proporcionando o maior conforto possível.

É importante lembrar que a duração do tratamento varia de paciente para paciente. Dedicação, resposta do corpo do paciente ao aparelho e os cuidados exigidos interferem no tempo de uso.

O processo é quase indolor. A dor, apesar de ser bastante rara, pode se mostrar em momentos em que o dentista precise apertar a estrutura do aparelho.

Cuidados a serem tomados com a placa de Hawley

A disciplina do paciente é essencial para que ele tenha um resultado completo e efetivo. Isso porque o aparelho pode ser retirado a qualquer momento. Portanto, não negligencie o tratamento para evitar atrasos.

Também é essencial tomar cuidado com a higiene da placa. Os profissionais recomendam que o paciente possua uma caixinha própria para armazenamento. Além de realizar limpeza diária com uma escova específica.

Não deixe de conversar com seu dentista de confiança e tirar todas as suas dúvidas sobre a Placa de Hawley. Afinal, ninguém melhor que o profissional para fazer as indicações necessárias.

Valdir de Oliveira

Valdir de Oliveira

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA). Pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Com especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilo Facial e Harmonização Orofacial. Voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais - ADRA Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!