Período menstrual pode afetar a saúde bucal das mulheres

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Descubra os principais sintomas do período menstrual na saúde bucal das mulheres.

São extremamente notáveis as mudanças físicas e comportamentais causadas pelo período menstrual nas mulheres.

Mas por acaso você sabia que o período menstrual pode afetar diretamente a nossa saúde bucal?

O período menstrual promove uma grande alteração hormonal, o que pode deixar a nossa boca mais sensível, facilitando o surgimento de alguma anomalia bucal. Normalmente, a região mais afetada é a gengiva.

Período menstrual e gengivite

Aqui encontramos o que talvez seja um dos principais efeitos do ciclo menstrual na saúde bucal das mulheres. Ele pode desencadear um tipo diferente de gengivite, chamado de gengivite hormonal.

Enquanto a gengivite convencional pode se manifestar a qualquer momento, a gengivite hormonal, como o nome já diz, está relacionada a períodos de alterações hormonais muito bruscas.

Assim, é comum que ela apareça durante a gravidez, puberdade, períodos menstruais e consumo de pílulas anticoncepcionais.

Logo, é correto dizer que a doença está principalmente relacionada às mulheres. Mas você deve estar se perguntando como é possível distinguir a gengivite convencional da hormonal.

Bom, a maneira mais adequada de se diferenciar as duas formas da doença é por meio de uma avaliação da higiene bucal do paciente.

Uma vez que ele está com a higiene em dia, e ainda assim desenvolve a anomalia, é comum que ela esteja relacionada à disfunção hormonal.

Portanto, o diagnóstico é realizado a partir de um sistema de eliminação. O profissional ainda pode questionar se o paciente está passando por um período de alterações hormonais, como os já citados acima, para confirmar a origem da doença.

Como posso tratar a gengivite no período menstrual?

No consultório odontológico, o dentista irá avaliar a situação e o estágio da doença. Em seguida, ele realizará a limpeza e a remoção de toda a placa presente na superfície dos dentes e do tártaro.

Afinal, a gengivite tem cura, visto que a remoção do fator causador leva à regressão dos sintomas. O ideal é que o dentista, ao final da consulta, também dê instruções para escovação correta e uso do fio dental.

A procedimento mais comum a ser realizado é a profilaxia. O dentista remove toda a placa acumulada e o tártaro depositado na base do dente. Este tratamento geralmente é bastante eficaz.

A gengivite, se tratada no estágio inicial, pode ser resolvida no próprio consultório médico. Dessa forma, para evitar que a inflamação retorne, é importante que o paciente continue com boas práticas de higiene e mantenha a saúde bucal em dia.

Mas não se preocupe. Quando a gengivite é causada pela alteração hormonal, assim que os hormônios atingem a sua taxa de normalidade, a gengiva se torna saudável novamente.

Com isso, muitas vezes o paciente não precisa passar por nenhum tratamento.

Outros problemas comuns causados pelo período hormonal

Além da gengivite, as alterações hormonais também pode causar alguns outros problemas:

  • Boca seca e mau hálito – a maioria das mulheres costuma apresentar uma menor produção salivar durante o período menstrual. Essa alteração pode levar ao mau hálito, além de propiciar uma maior incidência de bactérias na cavidade bucal. Utilizar pastilhas ou realizar um bochecho com enxaguante sem álcool pode auxiliar a diminuir a secura bucal e trazer um hálito mais refrescante.
  • Aftas – é comum que algumas mulheres apresentem aftas alguns dias antes do período menstrual. Isso ocorre devido ao aumento de revestimento da mucosa oral tornando-a mais suscetível a lesões. Para combater o problema, é bacana para não lesionar ou arranhar essa região. For isso, você pode utilizar um enxaguante bucal antibacteriano para combater as aftas que surgem durante o período menstrual.
Silmara Alves Rozo Ducatti

Silmara Alves Rozo Ducatti

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) e especialista em Ortodontia pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul (SIOMS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.