Entenda a perda óssea, seus tratamentos e prevenção

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

A perda de tecido ósseo pode levar a perda dos dentes

Você sabia que todos os seus dentes são sustentados por ossos? Sem eles, você compromete toda a arcada dentária. E existe um problema que pode levar a esse cenário: a perda óssea.

Nesse artigo nós vamos conversar sobre as causas da perda óssea, seus tratamentos e prevenções. Tudo para garantir sua saúde bucal e um sorriso perfeito.

A perda óssea (ou perda óssea dentária) é a perda do tecido ósseo alveolar, osso responsável por “prender” os dentes no lugar. Sem esse osso, os dentes ficam moles e podem cair ou adoecer.

Como esse processo funciona?

Antes de entender o processo, você precisa entender a estrutura que liga os dentes aos ossos. Podemos dividir essa estrutura em cinco partes principais. São elas:

  • Coroa dentária: é toda a parte branca do dente que fica visível aos olhos.
  • Raiz do dente: é amarelada e é “escondida” pela gengiva e tecido ósseo.
  • Ligamentos: são os tecidos que ligam as raízes ao osso e a gengiva.
  • Osso alveolar: tecido ósseo que sustenta toda essa estrutura.
  • Gengiva: é ela que cobre todas as estruturas (menos a coroa), protege e ajuda a sustentar.

Agora, podemos falar sobre o processo. A perda óssea dentária pode ter várias causas, mas todas elas levam ao mesmo resultado.

A inflamações das gengivas, com doenças como a periodontite, leva ao desgaste do osso. Esse desgaste enfraquece toda a estrutura que segura os dentes e, consequentemente, os afeta.

O que causa a perda óssea?

A perda óssea dentária tem duas causas principais. Cada uma delas afeta um grupo diferente.

A primeira causa é a velhice. Na terceira idade, as pessoas costumam ter problemas com desgaste ósseo. A boca não é uma exceção. Se o paciente idoso tem osteoporose e/ou diabetes, o risco de perda óssea aumenta.

A segunda causa pode afetar pessoas de qualquer idade, gênero e classe. A má higienização bucal é o principal fator para perda óssea.

Sim! Algo tão simples como não escovar os dentes (ou escovar de forma errada) pode levar a perda de todos os seus dentes e do osso alveolar.

O motivo é simples: sem a higienização adequada você fica suscetível a doenças como a gengivite.

A evolução dessa doença é a periodontite. Sua gengiva é consumida pelas bactérias que desgastam seu osso alveolar.

Por esse motivo, os dentes tortos podem ser uma terceira causa. Se você não tomar os devidos cuidados de higiene com os dentes desalinhados, eles se tornam uma porta de entrada para diversas doenças.

Esse quadro coloca em risco sua gengiva e ossos!

Quais os sintomas?

Se você tem dúvidas sobre estar ou não com um quadro de perda óssea, fique atento aos sinais.

A perda de tecido ósseo costuma ser a última consequência de uma série de fatores e, por isso, você pode identificar os sintomas antes mesmo do desgaste começar.

Os principais sintomas da perda óssea são:

  • Sangramento gengival ao realizar atividades simples como escovar os dentes, passar fio dental ou comer alimentos mais duros;
  • Sangramento gengival espontâneo, sem nenhuma estimulação na área;
  • Inchaço e vermelhidão na gengiva;
  • Mau hálito (que não se encaixa no “normal”, como após acordar);
  • Exposição da raiz dos dentes (retração da gengiva, com ou sem sensibilidade);
  • Mobilidade dentária;
  • Dor na gengiva, que é um sintoma mais raro, aparece só quando há presença de pus;
  • Dor de dente que aparece quando está também associado à problemas de canal.

Quais as consequências da perda óssea?

As consequências da perda óssea são terríveis, principalmente quando não há tratamento. Todo o processo da perda óssea é uma soma de doenças o que, por sua vez, garante uma lista de fatores negativos.

Em primeiro lugar, seus dentes ficam frágeis, desprotegidos e amolecidos. Nos casos mais intensos, você pode perdê-los. Sua fragilidade também pode implicar em outras doenças, como a cárie.

O segundo ponto é a estética. A retração gengival, um dos sintomas e das consequências da perda óssea, deixa os dentes maiores e amarelados.

A mobilidade dos dentes pode entortar seu sorriso e, claro, a perda dos dentes também é um problema.

Qual o tratamento? É possível reverter o quadro?

O tratamento da perda óssea depende da sua causa. Como algumas causas não são ligadas diretamente a odontologia, então os tratamentos devem ser combinados.

Se o quadro for unicamente odontológico, o tratamento será combinado.

Primeiro será tratado a causa da perda óssea, depois será usado um material biocompatível que estimulará o crescimento das células ósseas no local desgastado.

Com essa tecnologia, é possível reverter o quadro. Por isso, caso o seu dentista não tenha o material em mãos, procure um profissional que ofereça esse tratamento.

Não existe outros tratamentos que possam reverter a perda óssea atualmente.

Como prevenir a perda óssea?

A melhor forma de prevenir a perda óssea é mantendo uma excelente higiene bucal. Nós já conversamos sobre o jeito certo de escovar os dentes, como passar fio dental e sobre enxaguante bucal.

As idas ao dentista, de seis em seis meses, também garantem a saúde da sua boca. Um dentista consegue identificar sinais de doenças com um simples exame clínico, o que acelera o diagnóstico e o tratamento.

A perda óssea é um problema grave, como já vimos, mas pode ser evitada com cuidados simples. Não deixe que alguns descuidos se tornem motivo para um problema como esse!

Juliana Peres

Juliana Peres

Graduada em Odontologia pela Universidade Cidade de São Paulo. Pós-graduada em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial pelo programa de residência profissional do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos. Conhecimento na área de cirurgia oral menor e maior. Residente em cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial no Complexo Hospitalar Padre Bento durante 3 anos e responsável pelo atendimento de pacientes na área de clínico geral, cirurgias orais e harmonização orofacial em diferentes clínicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.