Relação do parto prematuro com doenças periodontais

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Saiba porque a higiene bucal durante a gravidez é importante

Há algum tempo estudos relacionam doenças periodontais com problemas sistêmicos no corpo. E uma das questões mais complicadas e consequência da infecção dos tecidos da gengiva é o parto prematuro.

Médicos descobriram que as infecções periodontais mais graves aumentam a produção de prostaglandina, uma das substâncias que contribui para o parto prematuro.

O parto prematuro é um problema de saúde pública e de impacto social. Os fatores que causam a prematuridade ainda são um grande enigma para os médicos, mas interligar à doença periodontal foi um dos avanços.

Dentre os riscos para os bebês prematuros estão o desenvolvimento de doenças pulmonares e gastrointestinais. Além da perda de alguns sentidos como visão e audição.

A partir dos estudos, dentistas e médicos constataram que as inflamações periodontais podem ter interferência sobre a saúde da gestante de duas maneiras. Uma direta e outra indireta.

De forma indireta, os tecidos moles funcionam como uma espécie de reservatório de bactérias. Desse modo, elas correm pela corrente sanguínea até o útero da mulher.

Ou, na maneira direta. Onde os próprios sítios periodontais produzem mediadores inflamatórios e passam a atuar como fontes de substâncias que contribuem para a prematuridade dos bebês.

Uma das informações importantes do estudo é que mulheres que realizaram limpeza geral dos dentes, com retirada de tártaros e bactérias, reduziram consideravelmente o risco dos bebês nascerem de maneira prematura.

Saúde bucal da Gestante e Doenças Periodontais

Em geral, é de extrema importância cuidar da saúde bucal, mas para as gestantes esse cuidado é essencial. Como vimos, as doenças periodontais podem causar problemas não apenas para ela como também para os bebês.

As infecções periodontais que acometem a boca e elevam o risco de parto prematuro são a gengivite e a periodontite. Sendo a segunda um agravamento da primeira.

Durante a gravidez, devido a algumas alterações hormonais, as mulheres se tornam mais suscetíveis ao surgimento dessas doenças. Elas causam sangramento das gengivas e outras complicações.

A gengivite gravídica (nome recebido pela doença que acomete as grávidas), estimula a liberação de hormônios e sinais químicos que provocam contrações do útero e induzem o parto.

Porém, a doença periodontal pode ser facilmente evitada com a realização de uma boa limpeza bucal. Faça visitas regulares ao dentista durante a gestação e impedir o parto prematuro.

Pré-natal odontológico

pré-natal odontológico normalmente é iniciado nos últimos três meses de gravidez. Geralmente, o início da gestação é mais delicado, por isso o acompanhamento com o dentista começa depois.

O pré-natal odontológico é o acompanhamento feito pelo dentista para evitar a aparição de doenças e para tratar os problemas já instalados na cavidade bucal das mulheres grávidas.

Fazer esse acompanhamento pode fazer toda a diferença. Se o dentista orienta a mulher desde o começo, é mais fácil traçar um planejamento de avaliações sem impor risco algum, agindo de maneira profilática.

Confira alguns hábitos importantes durante esse período:

  • Faça uma higiene bucal completa, com escova de dente, fio dental e raspador de língua e, se preciso;
  • Utilize creme dental com flúor, ele ajuda a formar uma capa protetora em volta do dente;
  • Tenha uma alimentação balanceada. Além de ajuda na sua saúde e na do bebê, alguns alimentos favorecem a proliferação de bactérias e a deterioração dos dentes;
  • Hidrate-se.

Seguir todas essas dicas e se precaver pode prevenir o parto prematuro.

Juliana Peres

Juliana Peres

Graduada em Odontologia pela Universidade Cidade de São Paulo. Pós-graduada em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial pelo programa de residência profissional do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos. Conhecimento na área de cirurgia oral menor e maior. Residente em cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial no Complexo Hospitalar Padre Bento durante 3 anos e responsável pelo atendimento de pacientes na área de clínico geral, cirurgias orais e harmonização orofacial em diferentes clínicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.