Músculo bucinador é importante para função mastigatória

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira aqui qual a importância do músculo bucinador para a cavidade bucal

O nosso corpo é constituído de músculos que são importantes para a manutenção da nossa saúde. Eles atuam no desenvolvimento de atividades simples e rotineiras. O músculo bucinador é um exemplo!

É a partir da movimentação do músculo bucinador que conseguimos expressar emoções, mastigar e fazer movimentos como assobiar.

Músculo bucinador é um músculo facial responsável pelo movimento de deprimir e comprimir as bochechas. Dessa forma, os movimentos relacionados à elas são garantidos.

Se você ficou interessado pelo assunto, fique ligado neste artigo! Isso porque vamos tirar todas as suas dúvidas e curiosidades sobre o músculo bucinador. Vamos começar?

Conhecendo Mais Sobre o Músculo Bucinador

Os músculos da mímica são aqueles que nos possibilitam realizar diferentes expressões faciais.

Esses músculos são diferentes entre si. Ou seja, cada um deles apresenta características e funcionalidades específicas quando comparados aos outros.

O músculo bucinador se enquadra nesse caso. Por isso, vamos conhecer um pouco mais sobre as características e funcionalidades específicas desse músculo.

A primeira informação que devemos saber é que o bucinador é originado na superfície externa dos processos alveolares que ocorrem na maxila. Dessa forma, ele é originado bem em cima da mandíbula.

Curiosidade: o maxilar e a mandíbula são ossos que servem como suporte para os dentes. Enquanto o maxilar é um osso pneumático que serve de suporte para os dentes da arcada superior, a mandíbula é um osso móvel que serve de suporte para os dentes da arcada inferior.

Quando falamos de inserção do músculo estamos nos referindo à extremidade distal do músculo durante uma contração. No caso do bucinador, a sua inserção é no ângulo da boca. Por último, a inervação deste músculo é realizada por meio dos ramos bucais do nervo facial.

Quais São as Funções do Músculo Bucinador?

Como nós já vimos, o bucinador é responsável por movimentos simples e rotineiros. Dessa forma, é a partir da atuação desde músculo que conseguimos realizar atividades do dia a dia.

Mas, afinal, quais são essas funções?

Bom, uma das funções é que o músculo consegue deprimir e comprimir as bochechas. Isso é realizado contra a mandíbula e a maxila. Como consequência, nós conseguir realizar o movimento do assobio e de soprar.

Além disso, o bucinador é considerado um músculo acessório. Isso porque ele auxilia na função mastigatória. Desse modo, a movimentação deste músculo consegue prender os alimentos presos.

Isso ocorre a partir da pressão que o músculo faz para o alimento em contato com os dentes. Com isso, o alimento fica preso a partir da força exercida sobre o dente.

Exercitar o Músculo Faz Bem Para a Saúde

Assim como qualquer outro músculo do corpo, nós também podemos exercitar o bucinador. Dessa forma, ele fica fortalecido e consegue ter uma atuação positiva na nossa rotina.

Mas como faço para exercitar o músculo bucinador?

Pode até parecer uma tarefa complicada, mas pode acreditar: é mais fácil do que parece. Para conseguir realizar o exercício de forma correta, você pode procurar pelo profissional da odontologia ou por um profissional da fonoaudiologia.

Importante: o exercício deve ser realizado quando o paciente estiver sentado. Os pés devem estar posicionados por completo no pé. Além disso, a coluna deve estar completamente ereta.

Esses cuidados são essenciais para evitar qualquer tipo de complicação ligada ao exercício. Pronto! Assim que você já estiver posicionado, é só começar a exercitar o músculo.

O primeiro passo que o paciente deve seguir é contrair as bochechas. A contração deve ser feita contra a arcada dentária, tanto superior como inferior.

O segundo passo é comprimir o lábio superior e inferior. É ideal que o paciente tenha algum líquido com canudo do lado para sugar. Isso porque o movimento de sugar o canudo fortalece a região e permite visualizar a força do músculo.

Quando estiver realizando a tarefa, é importante observar como está o tônus muscular. Outro modo de se exercitar é abrir e fechar a boca de modo contínuo por um certo período.

Com esses exercícios você garante o fortalecimento do músculo! Dessa forma, atividades como mastigar e falar ficam mais fáceis e simples.

Com isso, você evita sentir dores na região por fazer uma força maior do que a necessária.

Conhecendo Mais Sobre Outros Músculos Faciais

Os músculos da face são divididos em grupos.

Essa divisão é estabelecida a partir do local onde os músculos atuam. Dessa forma, nós podemos perceber que os músculos se encontram em diferentes locais, sendo que as principais regiões de atuação são:

  • Couro cabeludo;
  • Pálpebras;
  • Nariz;
  • Orelha; e
  • Boca.

Músculos da Boca

Como já vimos, o músculo mentoniano se encaixa no grupo do músculo da boca.

Ele é um grupo diverso e apresenta músculos com características e funções específicas para cada região de atuação. Assim, dentre os músculos da boca, podemos citar os principais, que são:

  • Músculo levantador do lábio superior;
  • Levantador do lábio superior e asa do nariz;
  • Levantador do ângulo da boca;
  • Músculo zigomático menor;
  • Risório;
  • Depressor do lábio inferior;
  • Depressor do ângulo da boca;
  • Mentoniano;
  • Transverso do mento;
  • Orbicular da boca; e
  • Bucinador.

Músculos do Couro Cabeludo

Os principais músculos do couro cabeludo incluem:

  • Epicrânio ou occipitofrontal;
  • Temporoparietal; e
  • Gálea Aponeurótica

Músculo das Pálpebras

Os músculos das pálpebras são:

  • Orbicular do Olho; e
  • Corrugador de Supercílio

Músculos do Nariz

Entre os músculos do nariz, podemos encontrar os seguintes:

  • Prócero;
  • Nasal (Transverso do nariz); e
  • Depressor de Septo

Músculos da Orelha

Os principais músculos da orelha são:

  • Auricular Anterior;
  • Auricular Superior; e
  • Auricular Posterior

É importante relembrar que cada músculo tem características próprias e cada um deles difere a partir da: origem, inervação, inserção e ação.

Desse modo, é ideal estudar mais sobre cada um deles para entender como eles influenciam na expressão da face.

Agora que você já conhece mais sobre os músculos da nossa boca, como o músculo bucinador, que tal marcar uma consulta com o dentista de confiança?

Silmara Alves Rozo Ducatti

Silmara Alves Rozo Ducatti

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) e especialista em Ortodontia pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul (SIOMS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.