Morder a bochecha pode estar associado ao câncer bucal

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Morder a mucosa da bochecha gera feridas no interior da boca

Toda pessoa possui seus tiques e manias. Alguns deles são extremamente prejudiciais para a nossa saúde. Morder a bochecha é um deles.

Morder a bochecha é um hábito aparentemente inofensivo, mas que pode gerar feridas e lesões na mucosa bucal, motivando diferentes problemas para a saúde bucal.

Assim como morder os lábios, morder a bochecha é um ato involuntário e inconsciente, que todo mundo já se pegou fazendo em algum momento. Contundo, em algumas pessoas, a mania é realizada com a aplicação de força excessiva.

O que me faz morder a bochecha?

Em geral, esse hábito repetitivo está relacionado a situações de estresse, ansiedade ou hiperatividade.

Além disso, o excesso de tecido gorduroso nas bochechas, que recebe o nome de bola de Bichat, também ocasiona as mordidas frequentes.

Riscos de morder a bochecha

Morder a lateral da boca é um hábito prejudicial por ser recorrente e contar com a aplicação de muita força na região das mucosas.

Desse modo, aumenta o aparecimento de lesões nas bochechas, podendo apresentar sérios sangramentos ou a formação de cicatrizes.

Essas feridas, associadas com uma má higiene bucal, propiciam o desenvolvimento de infecções na boca.

Por isso, é importante manter uma boa rotina de limpeza bucal, contando com o uso de escovas de cerdas macias, creme dental adequado, fio dental e enxaguante bucal.

Outro risco relacionado à mania de mordiscar o interior da bochecha é o inchaço dessa região.

Ainda, o hábito de morder a parte de dentro da boca pode ser acompanhado por outras disfunções orais. Exemplo disso é o ranger e apertar dos dentes, problema conhecido como bruxismo.

Morder a bochecha causa câncer bucal?

O hábito repetitivo pode estar diretamente relacionado com o surgimento de câncer na boca.

Isso porque as mordidas lesionam a mucosa presente na cavidade oral, o que propicia o desenvolvimento de úlceras orais. Por sua vez, essas úlceras podem evoluir para problemas que apresentem maior gravidade.

Como parar de morder a bochecha?

Nesses casos, consultar um médico dentista é essencial. Assim, o profissional poderá avaliar os danos causados pelo hábito de morder a parte de dentro da boca, indicando o melhor tratamento para cada caso.

Ainda, a mania de morder a boca pode ser motivada por alguma questão emocional. Dessa maneira, um psicólogo pode ser consultado.

Quando a causa é o excesso de tecido gorduroso, é indicada a realização da cirurgia de bichectomia.

Bichectomia é um procedimento estético, que pode ser realizado tanto por cirurgiões-dentistas, quanto por cirurgiões plásticos.

Essa cirurgia auxilia na harmonização do rosto e também diminui os riscos de lesões da mucosa da bochecha. A intervenção é simples e conta com uma incisão de 1 a 4 centímetros no interior da bochecha.

Os resultados aparecem em cerca de 3 a 6 meses após realizada a cirurgia.

A bichetomia não é indicada para pessoas com doenças infecciosas, com problemas na coagulação, mulheres grávidas ou pessoas que estejam passando por sessões de radioterapia e quimioterapia.

Desse modo, o hábito de morder a bochecha deve, aos poucos, deixar de existir.

Yara Barreto

Yara Barreto

Formada em Odontologia pela Universidade de São Paulo (2008). Aluna de iniciação científica Pibic/Unicid da Universidade de São Paulo. Em 2009, concluiu estágio clínico em Ortodontia no Instituto Vellini, e em 2010, curso de planejamento Ortodôntico na Universidade Metodista. Concluiu em 2014 sua especialização em ortodontia e atua com ortodontia digital. Dentista na Odontoclinic e responsável técnica da OdontoImage.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.