Luva de procedimento protege o dentista de contaminações

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

A luva de procedimento é um dos Equipamentos de Proteção Individual

Bactérias, fungos e vírus são algumas das grandes ameaças presentes em um consultório odontológico. Para evitar a contaminação ou a disseminação, é fundamental que o dentista utilize a luva de procedimento.

E você conhece quais são os diferentes tipos de luva de procedimento?

A luva de procedimento é imprescindível para o trabalho no consultório odontológico. Ela é descartável e tem o objetivo de proteger o profissional, evitando que sua pele entre em contato com os fluidos do paciente ou com os materiais ou infectados.

Função da luva no consultório odontológico

Qual a função da luva de procedimento para odontologia?

As luvas são um dos mais importantes Equipamentos de Proteção Individual (EPI) do consultório odontológico.

Os EPIs são aparatos e acessórios que protegem os profissionais e os pacientes de ameaças à segurança e à saúde. No entanto, além das luvas, estão inclusos óculos de proteção, máscaras, gorros e aventais, por exemplo.

Como dissemos, as luvas recebem destaque porque impedem o contato da pele do dentista com o sangue e a saliva do paciente, que podem estar contaminados, e com produtos químicos, evitando lesões.

Para se certificar da qualidade do produto, é crucial procurar por luvas aprovadas pela Anvisa e pelo Ministério do Trabalho.

Diferenças entre Luva de Procedimento e luva estéril

Diferenças entre luvas estéreis e luvas de procedimento

Existem dois tipos de luva utilizadas em consultórios odontológicos, a luva de procedimento e a luva estéril.

As luvas de procedimento para odontologia são comumente utilizadas em processos simples, como limpezas ou colocações de resina em dentes quebrados.

Elas não são esterilizadas e servem apenas como uma barreira para impedir a exposição da pele do dentista a materiais infectados ou a secreções e fluidos corporais.

Já as luvas estéreis têm uso comum em procedimentos cirúrgicos. Isso porque elas são esterilizadas, representando uma forma de proteção para o paciente e para o profissional. Normalmente, elas são mais elásticas, confortáveis e produzidas com material de melhor qualidade.

Tipos de Luva de Procedimento

Tipos de luvas para procedimentos odontológicos

As luvas para procedimentos odontológicos podem ser fabricadas em diferentes materiais.

Luvas em látex

As luvas de procedimento em látex são as mais comuns para o uso na área da saúde, já que são bem resistentes e confortáveis. Elas contam com pó de amido, o que ajuda na hora de colocá-la.

Luvas em vinil

As luvas de procedimento feitas em vinil são indicadas para os profissionais que contam com alergia ao látex. E, geralmente, são mais baratas. Porém, sua resistência é mais baixa, colocando em risco sua real eficácia quanto à proteção.

Assim, esse tipo de luva não é recomendado para procedimentos que envolvam contato com fluidos, sangue ou secreções corporais.

Luvas em nitrilo

As luvas para procedimentos em nitrilo (um tipo de borracha sintética) também são uma alternativa. Elas não apresentam pó de amido e contam com resistência mais elevada do que a luva de látex.

Por isso, seu uso é indicado em abordagens que estão associadas ao contato direto com os fluidos do paciente.

Como utilizar a Luva de Procedimento?

Luva estéril é utilizada em cirurgias

Utilizar a luva de forma correta é crucial para que ela cumpra sua função, protegendo o profissional.

Por essa razão, algumas bocas dicas incluem realizar a lavagem das mãos antes de colocá-la, ajustar os dedos com cuidado e fazer com que a luva de procedimento cubra a mão por completo.

Valdir de Oliveira

Valdir de Oliveira

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA). Pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Com especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilo Facial e Harmonização Orofacial. Voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais - ADRA Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.