Funções do localizador apical e suas características

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Localizador apical otimiza o trabalho dos endodontistas

A endodontia é uma área da odontologia que conta com alguns equipamentos modernos para a realização de seus procedimentos. O localizador apical é um deles.

O localizador apical também diminui a necessidade de exames radiográficos.

Localizador apical é um equipamento que indica ao profissional da odontologia qual é a exata localização do canal do dente dos pacientes e o tamanho da raiz dentária.

Funções do localizador apical

A principal função do localizador apical é auxiliar o cirurgião dentista a encontrar e analisar os canais dos dentes do paciente.

O canal, também chamado de polpa dentária, é o tecido pelo qual os vasos sanguíneos, fibras e nervos do dente passam dentro da boca.

Assim, essa ferramenta é muito utilizada para otimizar os tratamentos na área da endodontia.

Endodontia é a especialidade da odontologia responsável pelo estudo da polpa dentária. Além disso, a área também cobre todos os sistemas de canais radiculares e dos tecidos periapicais.

Desse modo, em casos de cárie, fraturas dentárias, trauma dentário ou ortodôntico, lesões endo-periodontais, necessidades protéticas e outras doenças, o tratamento endodôntico é o mais indicado.

O tratamento de canal, como é popularmente conhecido, é feito pelo profissional especializado em endodontia. Dependendo da sua complexidade e gravidade, outros profissionais da área também são capazes de realizar.

O tratamento endodôntico é feito na parte interna do dente, ou seja, no canal. Trata-se da extração da polpa, também chamada de tecido mole. Esse tecido pode estar inflamado, infectado ou até mesmo morto.

Posteriormente à remoção, o endodontista preenche o canal com a obturação, uma placa que protege a abertura de outras infecções e bactérias.

Com essa técnica, o profissional mantém a funcionalidade e estética do dente. O tratamento e o número de seções necessárias para seu êxito dependerão da avaliação do dentista.

Ainda, o localizador foraminal também pode ser utilizado em situações da prática clínica e em casos de retratamentos.

Tanto os dentes vitais quanto os dentes não vitais são beneficiados pelo equipamento.

Contraindicações do localizador apical

Entre as contraindicações do localizador apical, podem ser citadas o uso desse aparelho na presença de restaurações metálicas ou em pacientes com marca-passo.

Ainda, casos de rizogênese incompleta também não devem ser tratados com o aparelho.

Características do localizador apical

Esse equipamento é formado por um visor com marcações numéricas em milímetros decrescentes.

Um cabo com duas extremidades, contando com uma alça labial e uma presilha porta lima, na qual é colocada uma lima endodôntica, também fazem parte do aparelho.

Utilização do localizador apical

A utilização do localizado foraminal se dá depois da realização do acesso cirúrgico, do preparo cervical e médio dos canais e da eliminação de possíveis interferências metálicas ou contato com saliva.

Posteriormente, ocorre o teste do circuito, encostando a alça labial na presilha porta lima.

Então, a alça é posicionada no lábio do paciente e executa-se a irrigação e aspiração dos canais.

Um instrumento de diâmetro compatível com o diâmetro anatômico é preso e penetra a lima com movimentos oscilatórios. Isso até atingir marcação de “ápice” no localizador.

Os últimos passos são o ajuste da borracha na referência oclusal e a medição em uma régua milimetrada.

O conhecimento da anatomia dental interna e externa é possibilitado pela utilização do localizador apical eletrônico.

Isso porque através do aparelho os profissionais conseguem confere precisão técnica durante o preparo e obturação dos canais.

É importante ressaltar que o localizador apical está chegando em níveis de 95% de precisão.

Juliana Peres

Juliana Peres

Graduada em Odontologia pela Universidade Cidade de São Paulo. Pós-graduada em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial pelo programa de residência profissional do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos. Conhecimento na área de cirurgia oral menor e maior. Residente em cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial no Complexo Hospitalar Padre Bento durante 3 anos e responsável pelo atendimento de pacientes na área de clínico geral, cirurgias orais e harmonização orofacial em diferentes clínicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.