Hipnodontia: a utilização da hipnose na Odontologia

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Usar a hipnose na Odontologia traz diversos benefícios para o paciente, como vencer o medo do dentista

Algumas pessoas não se sentem confortáveis quando vão ao dentista. Então, muitas vezes, esse medo do dentista acaba influenciando no tratamento. Por isso, a hipnose pode ser um grande aliado dos dentistas.

A hipnose é um estado psicológico semelhante ao sono, que acontece por meio de um processo de indução, no qual o indivíduo que a sofre fica suscetível à sugestão do hipnotizador.

Portanto, a hipnose na odontologia é um procedimento que possui métodos e técnicas que proporcionam aumento da eficácia terapêutica, sem que seja necessário medicamentos adicionais. Ela é aplicada no próprio consultório.

Quando está combinada com a odontologia, denomina-se hipnodontia. E pode ser usada em qualquer especialidade da profissão.

A lei nº 5.081, de 1966, que regula o exercício da Odontologia, confere o uso e a prática da hipnose para dentistas. O mais indicado é que o próprio dentista domine esse tipo de mecanismo, facilitando a aplicação.

Função da hipnose na Odontologia

Funções da hipnose na odontologia

As principais funções do hipnólogo durante a consulta odontológica são:

  • Tratar ou controlar ansiedades, medos e fobias relacionadas aos procedimentos do dentista;
  • Engajar o paciente para ter mais hábitos de higiene bucal;
  • Fazer o paciente se adaptar melhor a alguns tratamentos;
  • Fazer com que use medicamentos;
  • Reduzir o consumo de certos alimentos e parar com hábitos parafuncionais indesejados;
  • Auxiliar o atendimento a pessoas com necessidades especiais;
  • Controlar o bruxismo;
  • Preparar pacientes para cirurgias;
  • Preparar pacientes para serem atendidos por outros profissionais;
  • Utilizar anestesia hipnótica em casos específicos.

Quem pode ser hipnotizado?

Quem pode receber a hipnodontia?

Toda pessoa que possui habilidade para responder de forma adequada às sugestões durante pode fazer uso da hipnose.

O que acontece é que algumas pessoas tem uma predisposição maior do que outras. Dessa forma, umas pessoas entram em transe hipnótico mais facilmente que outras.

Além disso, a profundidade que cada um alcança faz total diferença. Quanto mais profundo, melhor para o profissional efetuar os procedimentos necessários.

Muitas pessoas pensam que a hipnose na Odontologia, de alguma forma, faz mal para a saúde mental. Mas essa informação é equivocada. Na verdade, ela faz com que a mente aprenda uma nova forma de lidar com os problemas, sendo frutífero para o hipnotizado.

Pontos negativos da hipnose

Pontos negativos da hipnose para dentistas

Embora sua prática seja bastante benéfica aos pacientes, ela traz alguns pontos que precisam ser analisados previamente.

  • Aumento do custo do tratamento, pois agora existe mais um especialista agindo (se o próprio dentista não dominar a especialidade);
  • Aumento do tempo dos procedimentos porque o hipnólogo precisa de um tempo para aplicar suas técnicas;
  • Alguns métodos não funcionam bem em determinados pacientes. Por exemplo, os que sofrem com um grau avançado de doenças como Parkinson ou Alzheimer e Síndromes como Down ou Autismo. Assim, o dentista deve procurar outras maneiras de contornar a situação.

Ética da hipnose

Ética da hipnodontia

Assim como vimos que o dentista possui seu Código de Ética, o hipnólogo também tem sua responsabilidade. Os valores morais do paciente são protegidos.

Logo, o especialista da hipnose não fará nada sem o consentimento da pessoa.

Juliana Peres

Juliana Peres

Graduada em Odontologia pela Universidade Cidade de São Paulo. Pós-graduada em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial pelo programa de residência profissional do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos. Conhecimento na área de cirurgia oral menor e maior. Residente em cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial no Complexo Hospitalar Padre Bento durante 3 anos e responsável pelo atendimento de pacientes na área de clínico geral, cirurgias orais e harmonização orofacial em diferentes clínicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.