Perigo das hepatites virais dentro do consultório odontológico

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira aqui os cuidados necessários para evitar as hepatites virais nos procedimentos odontológicos

Durante os procedimentos odontológicos, é possível que haja a transmissão de algumas doenças. Um exemplo disso, é a transmissão das hepatites virais.

Por isso, é importante que a equipe odontológica adote medidas de segurança e de precaução. Assim, as hepatites virais dificilmente se manifestarão nos profissionais ou nos pacientes.

Hepatites virais são inflamações no fígado. Elas são causadas por vírus, e a forma de transmissão é diferente de uma hepatite para a outra.

Neste artigo, iremos entender mais sobre as hepatites virais na prática odontológica. Assim, você ficará atento e conseguirá se prevenir. Vamos começar?

Tipos de hepatites virais

No território nacional, os tipos mais comuns são:

  • Hepatite A: ;
  • Hepatite B;
  • Hepatite C;
  • Hepatite D; e
  • Hepatite E.

Os pacientes com hepatite podem não manifestar nenhum sintoma ou sinal da doença. Mas, quando apresentam sintomas, é comum:

  • Febre;
  • Náusea;
  • Vômito;
  • Fadiga;
  • Mal estar;
  • Dores abdominais;
  • Falta de apetite;
  • Urina com a coloração escura; e
  • Icterícia, com os olhos e pele com a coloração amarelada; e

O diagnóstico certeiro é feito por exames de sangue e histórico de vínculo epidemiológico do paciente.

Perigo na Odontologia

Na rotina odontológica, por estarmos tratando da área de saúde, muitos perigos podem estar rondando a equipe e os pacientes.

Por exemplo, existe o perigo da presença das hepatites virais na prática odontológica.  Mas, por que isso acontece?

Bom, as doenças inflamatórias podem ser transmitidas durante os procedimentos odontológicos. Isso porque há a exposição direta a fluídos biológicos, como o sangue e a saliva. Isso acontece principalmente em relação às hepatites B, C e D.

Se o vírus estiver presente em algum fluido e nem o profissional nem o paciente estiverem imunizados, há o risco da manifestação da doença.

Além disso, a hepatite A na odontologia pode ser transmitida pela má higienização e má esterilização dos materiais odontológicos usados nos procedimentos.

A exposição ao vírus acontece, principalmente, com os instrumentos que perfuram e são cortantes. Se o profissional manifestar a doença, ele pode ficar afastado temporariamente ou até permanentemente do seu trabalho.

Por isso, é importante fazer a prevenção diária no seu consultório.

Como fazer para se prevenir?

Uma das primeiras ações que ambos, profissional e paciente, devem fazer é tomar a vacina contra a hepatite B. Assim, você fica imune contra as hepatites B e D.

Além disso, o profissional deve utilizar luvas durante os procedimentos odontológicos. Todos os equipamentos de proteção devem ser usados durante a rotina odontológica.

Ou seja, máscaras, óculos, toucas ou gorros, aventais ou jalecos e protetor para os pés também devem ser utilizados durante os procedimentos, mesmo os mais mais simples.

É importante também fazer a esterilização de todos os materiais odontológicos.

O profissional deve sempre estar atento para as atualizações sobre as doenças e outras possíveis formas de prevenção.

O paciente, inclusive, deve informar a equipe odontológica se ele foi diagnosticado com a doença. Assim, os profissionais tomam medidas de prevenção e podem fazer um atendimento mais preparado.

Converse com o profissional de confiança sobre as hepatites virais. Assim, você se sente mais confortável e seguro durante as consultas odontológicas de rotina.

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.