Gengiva do bebê inchada indica o nascimento dos dentes

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Saiba o que faz a gengiva do bebê ficar inchada e qual é a melhor forma agir caso isso aconteça

Apesar de no adulto ser um indício de alterações na saúde bucal, a gengiva do bebê inchada tem um significado positivo para a vida da criança – ainda que cause um incômodo.

Mas com a gengiva do bebê inchada é normal que aumentem os casos de irritação, sono ruim e maior probabilidade de que o recém-nascido chore.

Quando a gengiva do bebê fica inchada é sinal de que os primeiros dentinhos estão nascendo.

Essa fase acontece normalmente entre os 4 e 9 meses de vida, mas esse tempo pode variar para cada criança tendo em vista que cada um possui um ritmo próprio de erupção dos dentes de leite.

Sendo assim, confira neste artigo o que deixa a gengiva inchada no bebê e também como reverter esse quadro que gera tanto incômodo aos pequeninos!

O Que Pode Deixar a Gengiva do Bebê Inchada?

Além do nascimento dos primeiros dentes, existe uma outra causa para o inchaço gengival no bebê: quadros de gengivoestomatite, inflamação bucal na qual aparecem aftas e ocorre o inchaço gengival.

Esta é uma situação que causa grandes incômodos aos pequenos, e normalmente acomete crianças até os três anos.

Essa é uma doença causada pelo vírus HSV 1 (Herpes simples tipo 1). E é comum que a patologia apareça logo na primeira vez que este vírus infecta os pequenos.

É devido à essa infecção que problemas como a herpes labial podem ser vistas nas crianças, por exemplo.

Mas como é possível observar que a criança está tendo tal distúrbio?

Clinicamente falando, a criança apresenta os seguintes sintomas:

Por outro lado, nos casos mais graves, a criança pode até entrar em desidratação. Essa é, inclusive, a principal razão pela qual são feitas as internações nos hospitais.

Como é Feito o Tratamento Para Essa Doença?

Antes de mais nada é preciso hidratar e ter certeza de que a criança está bem nutrida, sendo estes alguns fatores essenciais para cuidar da gengivoestomatite.

De tal maneira, é aconselhado que sejam dados água, suco e leite fresco em pequenas quantidades de tempos em tempos.

Juntamente, deve-se evitar que o pequeno coma alimentos muito quentes, frutas cítricas e alimentos que sejam muito salgados.

Analgésicos e antivirais também podem ser utilizados, mas apenas sob prescrição médica.

Entretanto, é sempre aconselhado que seja consultado um médico e que os procedimentos para reverter o quadro sejam feitos apenas com indicação do profissional.

É válido lembrar também que normalmente as aftas passam em pelo menos duas semanas, mas caso não passem é aconselhado procurar por um dentista para analisar o caso.

Como é Possível Resolver o Problema do Inchaço?

Mas existe alguma forma de desinchar a gengiva do bebê? Para falar a verdade, existem pelo menos nove formas de cuidar desse problema nos pequenos. Confira abaixo:

  1. Massagem de reflexologia;
  2. Picolés;
  3. Massagem gengival;
  4. Brinquedos;
  5. Toalha fria;
  6. Vegetais ou frutas e alimentos congeladas, desde que não sejam duras;
  7. Chá de camomila;
  8. Iogurte;
  9. Colher gelada.

Em suma, praticamente todos os procedimentos são de fácil entendimento, se tratando de utilizar um brinquedo, fruta ou comida (e sobremesa no caso do picolé) gelado para aliviar os incômodos que a criança está sentindo.

Mas o chá de camomila tem um procedimento um tanto quanto diferente: é aconselhado que seja reutilizado o saquinho do chá que já foi feito.

Sendo assim, deve-se retirar a camomila de dentro, misturar com água e colocá-lo em cubos de gelo. E após envolver este cubo com uma toalha, pode ser dado à criança para que ela morda.

É um procedimento interessante tendo em vista que a camomila possui efeito calmante.

Já a colher deve ser colocada na geladeira para que fique gelada, e então pode ser oferecida ao bebê para que ele fique mordendo, assim como os brinquedos também passam por esse procedimento.

Mas agora você deve se estar perguntando: qual o procedimento deve ser tomado para fazer ambas as massagens?

Sendo assim, veja as respectivas explicações logo abaixo!

Massagem de Reflexologia

Esta técnica é útil para aliviar a dor do recém-nascido e é feita no pé da criança. É aconselhado que seja feita após o banho, quando o bebê se encontra aquecido, confortável, relaxado e limpinho.

Contudo, existem três passos a serem seguidos para que esse procedimento seja bem sucedido:

  1. Pressionar com o polegar, fazendo círculos, a parte de trás dos quatro dedos do pé, um por um, indo até a base do dedo no pé;
  2. Apertar, com o polegar dobrado, da unha à base do dedo de forma moderada. Esse passo deve ser repetido duas ou três vezes para cada dedo;
  3. Apertar bem levemente nos espaços entre os dedos do pé.

Este último passo ajuda a fortalecer o sistema imunitário e libera toxinas, de forma a ajudar e precaver febres e infecções. Fácil, não?

Massagem Gengival

Este passo pode ser feito com o auxílio de uma toalha, da dedeira ou então com o próprio dedo mesmo, desde que esteja bem limpo e livre de germes.

Sendo assim, deve ser feita uma massagem de forma suave na gengiva do pequeno para aliviar a dor e o incômodo que o nascimento dos dentes causa.

E além de entreter a criança, pode também se tornar um procedimento divertido e gostoso para o pequeno.

Contudo, agora que você sabe o que deixa a gengiva do bebê inchada, que tal ficar atento e prestar todo apoio que ele precisar durante essa fase de crescimento dos primeiros dentes do bebê?

Silmara Alves Rozo Ducatti

Silmara Alves Rozo Ducatti

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) e especialista em Ortodontia pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul (SIOMS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.