Uso do fluconazol no tratamento da candidíase

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

O medicamento é amplamente usado no tratamento de candidíase, entenda sua ação

Para cada tipo de doença existe um tratamento especifico. Na odontologia, os tratamentos vão desde procedimentos e cirurgias, até o uso de medicamentos como o fluconazol.

Esse medicamento é amplamente utilizado para o tratamento da candidíase oral na odontologia. No entanto, você sabe como ele funciona? Não? Então, vamos começar definindo o que é fluconazol:

O fluconazol é um medicamento antifúngico. Pode ser administrado via oral, tópica ou intravenosa. Apesar de não ser um remédio controlado, seu uso só deve ser feito sob prescrição médica ou odontológica.

Quando o fluconazol é indicado?

Esse antifúngico é utilizado em diversos tratamentos e, em alguns casos, até como prevenção. Desse modo, seu amplo uso é dado principalmente pelo custo baixo, fácil acesso e alto nível de eficácia.

As infecções fúngicas tratadas com esse medicamento são:

  • Candidíase vaginal;
  • Candidíase oral;
  • Dermatomicoses: infecções fúngicas que atacam unhas, pele e cabelo (popularmente conhecidas como micoses);
  • Qualquer infecção por fungos do gênero Candida.

Fluconazol: efeitos colaterais e contra-indicações

Os efeitos colaterais do fluconazol não são recorrentes, mas caso você sinta qualquer uma das reações é preciso avisar seu médico ou cirurgião-dentista.

Os efeitos mais comuns são:

  • Diarreia;
  • Náuseas;
  • Dor de cabeça;
  • Desconforto gástrico (mal estar, gases, falta de apetite);
  • Erupções cutâneas (sintoma mais raro).

Caso o paciente apresente esse ou outras reações que podem estar ligadas ao uso do medicamento, o tratamento deve ser alterado.

Afinal, existem outros medicamentos disponíveis no mercado para tratar as doenças anteriormente citadas.

O uso do medicamento não é aconselhável em casos de:

  • Gravidez;
  • Pacientes lactantes;
  • Pacientes com problemas cardíacos, nos rins ou no fígado;
  • Pacientes com HIV;
  • Pacientes com sensibilidade ou alergia a algum dos componentes do medicamento.

Nomes comerciais do Fluconazol

O fluconazol tem diversos nomes comerciais. No entanto, os compostos e efeitos são os mesmos! Confira os outros nomes desse medicamento no Brasil:

  • Candizol;
  • Flucanol;
  • Flucazol;
  • Fluconal;
  • Fluconazol;
  • Fluconax;
  • Fluconeo;
  • Flucozen;
  • Flunazol;
  • Flutec;
  • Glyfucan;
  • Helmicin;
  • Monipax;
  • Pronazol;
  • Riconazol;
  • Triazol;
  • Unizol;
  • Zelix;
  • Zolanix;
  • Zolmic;
  • Zolstatin;
  • Zoltec;
  • Zoltren;
  • Flucanil.

Candidíase Oral e Fluconazol

A candidíase oral, popularmente conhecida como sapinho, é uma infecção causada pelo acúmulo do fungo candida, principalmente pelo candida albicans.

Os lugares mais recorrentes do desenvolvimento da candidíase são a região interna da boca e mucosa da língua.

As causas mais comuns são: baixa imunidade, uso recorrente de corticosteroide, má higienização da dentadura, uso de antibióticos, uso de imunossupressores e má higiene oral.

Quando o cirurgião-dentista identifica a doença, pode iniciar o tratamento com o uso do antifúngico por via oral. Desse modo, o fluconazol pode ser receitado pelo seu dentista e você deve tomar as doses conforme indicado!

Como evitar o uso do antifúngico?

A melhor forma de evitar o uso do medicamento é se prevenindo contra as doenças fúngicas.

Por isso, invista em:

  • Manter uma boa higiene oral;
  • Tomar banho regularmente;
  • Secar corretamente o corpo;
  • Fazer check-ups anuais.

O fluconazol é um medicamento muito útil, mas não deixa de ser uma intervenção. Por isso, apenas use o medicamento sob prescrição médica e tome todos os cuidados necessários para evitar o retorno da doença!

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.