Excesso de peso interfere de forma negativa na saúde bucal?

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Prejudicial em diversos aspectos, pode afetar as boas condições da saúde da nossa boca

Muitas pessoas, independente de fatores como gênero ou idade, sofrem com o excesso de peso. Porém, você sabia que ele têm influência na saúde bucal.

Na grande maioria dos casos, o excesso de peso está relacionado com uma má alimentação. Dessa forma, esses alimentos podem também ser prejudiciais aos dentes.

O excesso de peso é caracterizado teoricamente por um valor fora do que indica boas condições de saúde ao medir o Índice de Massa Corporal (IMC). Essa medição é feita calculando o peso dividido pela altura.

Caso ultrapasse o valor indicado, considera-se então um sobrepeso.

Como se Caracteriza o Excesso de Peso?

Como já estávamos explicando anteriormente, o sobrepeso é caracterizado, principalmente, por um peso maior do que o ideal para sua altura.

Porém, alguns fatores podem interferir no conceito de sobrepeso. Por exemplo, o fato de que uma pessoa ter um peso elevado, mas ter maior quantidade de massa magra que gordura em seu corpo.

Dessa forma, não é possível afirmar que em todos os casos o excesso indica necessariamente más condições de saúde. Embora isso ocorra na maior parte das situações.

Ainda assim, muitos problemas surgem a partir da obesidade, como por exemplo:

  • Problemas cardiovasculares
  • Pressão arterial elevada
  • Diabetes tipo 2
  • Cálculos biliares
  • Problemas respiratórios
  • Alguns tipos de câncer
  • Aumento de gordura no fígado
  • Refluxo gastroesofágico
  • Problemas de fertilidade
  • Incontinência urinária
  • Problemas de visão como catarata
  • Problemas neurológicos
  • Enfraquecimento de músculos e ossos
  • Baixa auto-estima
  • Depressão
  • Ansiedade
  • Apneia do sono

Principais Causas do Excesso de Peso

Não podemos dizer que somente os hábitos e rotina alimentar são os vilões que causam a obesidade. Problemas de saúde e até mesmo os hereditários também influenciam significativamente.

Assim, as causas mais comuns para essa situação são:

  • Hábitos alimentares pouco saudáveis
  • Compulsão alimentar
  • Predisposição genética
  • Sedentarismo
  • Problemas psicológicos
  • Uso de alguns medicamentos
  • Problemas hormonais como hipotireoidismo
  • Síndrome dos Ovários Policísticos
  • Menopausa
  • Insônia
  • Gastrite
  • Estresse
  • Ansiedade
  • Metabolismo lento

A falta de uma rotina e da prática de exercícios físicos também pode contribuir para que um peso em excesso se acumule nas pessoas. Principalmente, quando associada à uma dieta calórica.

Ainda assim, essas causas podem por si só causar esse problema. Porém, em alguns casos, é a junção de todas elas que cria tal complicação.

Tratamento

Primeiramente, é importante entender que é sim possível prevenir que esse excesso ocorra, e não é muito complexo. Mudanças para uma alimentação saudável e atividades físicas regulares são a chave para bons resultados.

Entretanto, há os casos em que a genética é o vilão do peso, o que é, portanto, algo individual.

O tratamento para tal situação irá depender de sua causa. Nos casos mais graves, em que o paciente já não consegue mais emagrecer de nenhuma outra forma, a cirurgia bariátrica costuma ser uma alternativa.

Além disso, acompanhamentos com outros profissionais da saúde, como psicólogos ou até mesmo psiquiatras também é importante. A obesidade muitas vezes é causada por uma compulsão alimentar.

Em alguns casos, existe ainda a opções de tratar esse problema com o uso de medicamentos. Quando realmente bem indicado e acompanhado por um profissional capacitado, pode trazer ótimos resultados.

Diagnosticando o Excesso de Peso

O Índice de Massa Corporal é o principal indicador que irá informar com números e dados se a pessoa está ou não sofrendo com um peso excessivo.

Existem ainda graus de obesidade, cada um indica o quão grave a situação pode ou não estar. A tabela que consta todos esses valores é:

  • Abaixo do peso: IMC abaixo de 18,5
  • Peso normal: IMC entre 18,5 e 24,9
  • Sobrepeso: IMC entre 25 e 29,9
  • Obesidade Grau I: IMC entre 30 e 34,9
  • Obesidade Grau II: IMC entre 35 e 39,9
  • Obesidade Grau III: IMC acima de 40

Por mais que esse seja o método mais utilizado para realizar essa análise e cálculos, existem outras opções de determinar esse grau.

Calcular a porcentagem de gordura no corpo do paciente e também medir sua circunferência abdominal indicarão valores precisos.

O Excesso de Peso Afeta a Saúde Bucal?

Tirando todos os problemas que o excesso de peso pode trazer para o corpo, como já citamos, muitas das doenças que se manifestam podem afetar a saúde da boca.

Um bom exemplo para isso é a diabetes. Caso a pessoa apresente esse quadro clínico, pode ser também um grande problema para o sorriso.

Isso se deve ao fato de que a doença facilita inflamações, principalmente na gengiva. Além disso, causa também um acúmulo de tártaro, podendo levar a um caso de doença periodontal.

Ainda assim, alguns outros problemas costumam aparecer com bastante frequência em pacientes que sofrem com o sobrepeso. Então, alguns exemplos são:

  1. Sangramento gengival;
  2. Acúmulo de tártaro;
  3. Aparecimento de cáries

Essas alterações acontecem e se tornam mais recorrentes devido à alterações hormonais que ocorrem no corpo do paciente. Além é claro, das doenças geradas a partir da obesidade e da dieta não saudável.

Cirurgião-Dentista e o Excesso de Peso

Após termos citados diferentes razões pelas quais a obesidade é um problema também para a saúde bucal, é importante entendermos então qual o papel do dentista nesse contexto.

Manter um acompanhamento intenso e sempre comparecer as consultas de rotina é um primeiro passo essencial.

Dessa forma, quando um paciente com o quadro chega até o consultório odontológico, o profissional pode:

  • Prevenir possíveis problemas;
  • Tratar lesões que já tenham se instalado;
  • Orientar seu paciente com relação aos tipos de problemas bucais que podem vir a se manifestar.

Assim como todos os outros, é importante que as pessoas com sobrepeso cuidam muito bem e realizem uma higiene dental correta.

Realizar a escovação de forma efetiva após todas as refeições, manter o hábito diário de passar fio dental e nunca dormir sem escovar os dentes, são passos importantes.

Assim como qualquer outra complicação, o excesso de peso precisa de atenção e sempre de um acompanhamento médico. Não deixa de realizar suas consultas para garantir que sua saúde está a melhor possível.

Valdir de Oliveira
Valdir de Oliveira
Valdir de Oliveira é cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA) e pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Possui especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Também é professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilofacial e Harmonização Orofacial e voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA Brasil). Com o registro no Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CRO-SP) nº 52860, Valdir integra a equipe odontológica do Instituto Bernal e Oliveira, que está localizado na Avenida dos Imarés, 572A - Indianópolis, São Paulo - SP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio
Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.
Agende uma consulta
Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

Simpatio 2021 © - Todos os Direitos Reservados

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.

Os conteúdos da Simpatio são escritos por jornalistas e possuem a supervisão e a aprovação de dentistas e de profissionais de saúde parceiros.