Exames complementares na odontologia auxiliam no diagnóstico

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Radiografias e exames de sangue são alguns dos principais exames complementares em odontologia

Todo mundo que já passou por um atendimento médico, teve que fazer um dos diversos exames complementares. Isso porque eles são muito importantes para a medicina em geral.

A odontologia também faz uso desses recursos. Por isso, é comum ver os profissionais da área utilizando exames complementares para realizar seus atendimentos.

Exames complementares podem ser laboratoriais ou de imagem. Eles auxiliam o profissional a efetividade de um diagnóstico. Por essa razão, também estão presentes na área da odontologia.

Em geral, um dentista solicita os exames complementares na odontologia após a realização da anamnese odontológica e de um exame físico.

A anamnese odontológica consiste, basicamente, em uma entrevista completa com o paciente. Desse modo, o profissional terá acesso a informações como o histórico e os tratamentos pelos quais o paciente passou.

Já o exame físico consiste na análise visual por meio da qual o dentista avalia a cavidade oral do paciente, podendo encontrar sinais de problemas odontológicos.

Quais são os exames complementares mais comuns na odontologia?

Exame de sangue também tem utilidade na odontologia

Entre os principais exames de imagem, podemos citar:

Radiografias

Esse exame complementar é, de longe, o mais popular em consultórios odontológicos. Isso porque esse exame permite que o profissional tenha uma visão completa da boca, inclusive as áreas não visíveis a olho nu.

Por isso, é utilizada na avaliação de lesões bucais que afetam o tecido ósseo, principalmente maxila e mandíbula.

Além disso, entre algumas outras doenças ou problemas bucais que podem ser identificados por uma radiografia, estão:

  • Cárie dentária escondida entre os dentes ou abaixo de restaurações;
  • Cistos dentígeros;
  • Infecções nos canais das raízes;
  • Tratamento de canal;
  • Câncer de boca;
  • Perda óssea na cavidade oral;
  • Desenvolvimento de fissuras nos dentes;
  • Lesões na boca.

Tomografia computadorizada

Tomografia computadorizada é um exame que reconstrói imagens em um plano tridimensional por meio da emissão de vários feixes de raio x dentro de um tupo. Ela exibe ossos, órgãos e tecidos.

Na odontologia, esse exame pode ser necessário para a identificação e análise de patologia, dentes retidos e traumas.

Além disso, também facilita a avaliação dos seios paranasais, da articulação temporomandibular e de implantes dentários.

Sialografia

Esse exame possibilita que o dentista tenha visão das glândulas salivar do paciente. Assim, são confirmadas patologias como a sialoadenite. Já entre os principais exames laboratoriais, temos como exemplo:

Exame sanguíneo

O exame de sangue também pode ser solicitado em atendimentos odontológicos! Isso porque é grande o número de doenças hematológicas que apresenta manifestações orais.

Desse modo, a realização desse exame visa a confirmação ou não de determinadas patologias na corrente sanguínea do paciente.

Exame de urina

Já o exame de urina é responsável por possibilitar a identificação de doenças sistêmicas no organismo da pessoa.

Essas doenças sistêmicas, por sua vez, também podem contar com manifestações orais e serem as causadoras da reclamação do paciente junto ao dentista.

Em um exame de urina, são analisados elementos como: densidade, pH, hematúria, volume, glicosúria, cor, aspecto, acetonúria, piúria e bile.

Assim, os exames complementares ajudam o dentista a ter um panorama completo da saúde do paciente, podendo confirmar a existência de uma patologia e facilitando a indicação do tratamento mais adequado.

Rodrigo Venticinque

Rodrigo Venticinque

Graduado pela Universidade de Santo Amaro (UNISA) e especialista em Prótese e Reabilitação Oral Integrativa, Biofísica Quântica, Biorressonância Aplicada e Ortomolecular. Pós-graduado em Estética Dental e Reabilitação Oral, com certificação em Remoção Segura da Amálgama e Odontologia Biológica pela Academia Internacional de Medicina Oral e Toxicologia. Professor da pós-graduação em Biofísica e Ortobiomolecular da QuantumBio. Também atua nas áreas de Ozonioterapia, Odontologia Sistêmica, Sedação Consciente com Óxido Nitroso e Hipnose. Diretor da clínica Venticinque Odontologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.