Esfoliação dentária é fase importante da troca de dentes

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira aqui o que significa a esfoliação dentária na área da odontologia

O período do nascimento dos dentinhos de leite é sempre uma emoção, não é mesmo? Marca uma fase importante na vida da criança. Assim, é sempre bom ficar atento a todas as etapas como a da esfoliação dentária.

Todo o período de erupção e depois troca de dentes requer acompanhamento do odontopediatra, dentista responsável por cuidar da saúde bucal dos pequenos. Mas, afinal, o que é a esfoliação dentária?

A esfoliação dentária é o equivalente a queda dos dentes de leite. Assim, os dentes permanentes começam a tomar as posições dos dentes de leite.

Neste artigo iremos tirar todas as suas dúvidas e curiosidades sobre a esfoliação dentária. Vamos começar?

Conhecendo mais sobre a esfoliação dentária

Agora que você já sabe a resposta para a pergunta “o que é esfoliação dentária?“, está na hora de entender mais sobre esse processo.

Mas, antes, você precisa entender que erupção, reabsorção e esfoliação dentária estão completamente ligadas. Mas, como? A resposta é simples!

Antes dos dentes caírem (esfoliação), eles precisam nascer, que é exatamente o período de erupção. Mas os dentes apenas caem a partir da reabsorção. Isso porque o processo de reabsorção promove a reabsorção da raiz.

Quando a raiz dentária é absorvida, o dente de leite para de estar inserido no osso. Mais tarde, o dente irá se desprender de vez e cair.

Como acontece a queda dos dentes?

O crescimento e queda dos dentes deve acontecer naturalmente. Manter a calma e estar sempre em dia com as visitas ao dentista para ver se o processo está ocorrendo de forma correta é essencial.

Para uma abordagem mais extrema do amadurecimento do dente de leite, o dentista pode usar o raio X panorâmico, que indica se a dentição está acontecendo como o esperado para a idade da criança.

O processo de crescimento acontece da seguinte maneira: os quatro incisivos superiores são os primeiros dos dentes de leite a nasceram.

Os dois incisivos superiores e inferiores crescem, normalmente, entre o 6º e 16º mês. Eles são seguidos pelos dois caninos, logo no mês seguinte, e crescem até 22 meses.

Os molares nascem entre os 13º e 33º mês. São oito molares, quatro no canto superior e quatro no canto inferior.

A partir dos 6 anos de idade, os dentes de leite começar a cair, ou seja, acontece a esfoliação. Em alguns casos, as crianças podem apresentar dentes caídos aos 5 anos de idade.

É importante lembrar que o processo varia de criança para criança. Normalmente, entre os 6 e 8 anos, os incisivos são os primeiros a caírem. E entre os 10 aos 12 anos, os caninos e molares também caem espontaneamente.

Os dentes de leite caem de forma rápida, fácil e natural. Logo depois da queda, os permanentes já começar a crescer, justamente porque são eles que empurram os de leite.

Apesar de muitas crianças empurrarem os dentes de leite com a língua para caírem, é recomendável esperar que o dente caia completamente sozinho.

Cuidados necessários com os dentes de leite

Mesmo que o dente de leite caia em um processo natural, é necessário que haja cuidados especiais com a saúde bucal da criança para que não haja nenhuma infecção. Entre os cuidados necessários estão:

  • Escovar os dentes com escovas de cerdas macias;
  • Passa o fio dental no meio dos dentinhos; e
  • Manter uma alimentação balanceada.

Além disso, marque consultas regulares ao odontopediatra de confiança. Assim, o profissional garante a saúde bucal do seu filho durante a fase de esfoliação dentária.

Rodrigo Venticinque
Rodrigo Venticinque
Rodrigo Venticinque é graduado pela Universidade de Santo Amaro (UNISA) e especialista em Prótese e Reabilitação Oral Integrativa, Biofísica Quântica, Biorressonância Aplicada e Ortomolecular. Possui pós-graduação em Estética Dental e Reabilitação Oral, com certificação em Remoção Segura da Amálgama e Odontologia Biológica pela Academia Internacional de Medicina Oral e Toxicologia. Também é professor de pós-graduação em Biofísica e Ortobiomolecular da QuantumBio e atua nas áreas de Ozonioterapia, Odontologia Sistêmica, Sedação Consciente com Óxido Nitroso e Hipnose. Além disso, Rodrigo possui registro no Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CRO-SP) nº 52860 e é diretor da Clínica Venticinque Odontologia Biológica e Integrativa, que fica na Rua dos Chanés, 505 - Moema, São Paulo - SP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio
Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.
Agende uma consulta
Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

Simpatio 2021 © - Todos os Direitos Reservados

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.

Os conteúdos da Simpatio são escritos por jornalistas e possuem a supervisão e a aprovação de dentistas e de profissionais de saúde parceiros.