O que é eritroleucoplasia e como tratar essa doença? Confira!

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Saiba mais sobre a eritroleucoplasia, uma lesão que pode ser encontrada na boca ou na garganta

Ao analisar a situação da saúde bucal do paciente durante uma consulta de rotina, é possível que o dentista encontre eventuais machucados. Sendo assim, uma das possibilidades é a eritroleucoplasia.

No entanto, é necessário que um paciente diagnosticado com eritroleucoplasia tome muito cuidado para que não se transforme em uma condição maligna à saúde.

Eritroleucoplasia é um tipo de lesão caracterizada por ser uma mancha com áreas vermelhas e brancas que pode acometer a boca ou a garganta do paciente.

Por meio deste artigo nós explicaremos os pontos que giram em torno dessa condição, bem como quais as possíveis causas e como tratar.

O Que é Eritroleucoplasia?

Para começar, o ponto que iremos esclarecer é o que é eritroleucoplasia.

E apesar de termos mencionado que esta lesão é caracterizada pelas manchas vermelhas e brancas, existe a possibilidade de que essa ferida seja pré-cancerígena.

Sendo assim, o dentista é o profissional qualificado para visualizar estes locais brancos ou vermelhos que podem ser antecessores ao câncer de boca ou então na língua, dependendo de onde estiver localizada a lesão.

No entanto, é possível classificar essa ferida da seguinte forma:

  • Leve;
  • Moderada;
  • Severa.

É de grande importância conhecer o grau desse problema para entender então a possibilidade que ele possui de se tornar câncer ou então de desaparecer com um tratamento.

De tal forma, é possível entender que, caso seja leve, existe baixa probabilidade de se tornar uma displasia enquanto caso seja severa existe uma maior chance.

Por isso, é altamente recomendado que seja feito um acompanhamento com um profissional qualificado para chegar ao diagnóstico o mais rápido possível e tratar da melhor maneira.

Qual a Diferença Entre Eritroplasia e Leucoplasia?

Quando se fala sobre este tema gera uma confusão entre alguns termos que giram em torno dessa lesão.

Sendo assim, iremos elencar qual a diferença entre eles de maneira explicando o que é cada um na lista abaixo. Confira:

  • Eritroplasia: uma lesão que pode ser um pouco arredondada, e vermelha, podendo sangrar facilmente;
  • Leucoplasia: uma mancha de coloração branca ou cinza;
  • Leucoeritroplasia: nome dado à lesões potencialmente malignas, provavelmente com a mesma causa do carcinoma espinocelular e altamente raras.

Portanto, é possível entender por meio da etimologia que a eritroleucoplasia é a junção de todos estes termos em um só.

O Que Pode Causar Este Problema?

A causa para este problema ainda é incerta.No entanto, estudos mostram que as causas mais frequentes são:

  • Fumar;
  • Mascar tabaco;
  • Quando o paciente utiliza dentaduras com um ajuste ruim que irritam a língua ou a parte interna das bochechas.

Entretanto, é necessário pontuar que nem sempre existe uma causa óbvia para o surgimento dessas lesões e que apesar de rara, normalmente esta é uma condição grave.

Por outro lado, não são todos os casos em que esta lesão se transforma em um câncer, uma vez que a maioria dos tipos dessa displasia na cavidade oral não se desenvolve através de lesões que já existiam na boca.

Mesmo assim é necessário realizar um tratamento adequado, pois caso não seja feito um tratamento correto, podem ocorrer alterações na ferida que acabam por evoluir, se tornando em câncer.

Ele é Grave?

Normalmente esses tipos de lesões orais por si só são graves, mesmo quando não se tornam feridas malignas uma vez que ocorre uma forte alteração celular na qual as células perdem a capacidade de ceratinização.

Em outras palavras, começa a ocorrer uma menor diferenciação celular no local onde a lesão está instalada no paciente.

Além disso, é possível encontrar lesões múltiplas e a possibilidade de que o quadro se transforme em um câncer de boca ou de língua.

No entanto, é necessário ter muita atenção quanto à esta condição, uma vez que geralmente ela é assintomática.

Existe Tratamento?

A estomatologia é a área da odontologia que previne, diagnostica e trata doenças que envolvem a boca.

No entanto, assim como não existe uma causa concreta para o aparecimento dessas lesões, não existe ainda um tratamento específico para esses casos.

Todavia, geralmente as lesões somem quando a causa do problema é tratado. O que faz com que seja necessário entender qual é a razão para poder então combater o problema.

Contudo, dependendo do grau de intensidade da ferida e da condição apresentada pelo paciente, pode ser feita uma intervenção cirúrgica para remoção do machucado.

Porém, é válido pontuar que nenhuma atitude deve ser tomada sem antes ter a opinião e o diagnóstico vindo de um profissional qualificado.

Agora que você sabe mais sobre a eritroleucoplasia, nossa recomendação é que um dentista seja procurado caso surjam eventuais manchas na boca ou na língua para que ele possa analisar a causa deste problema e tratar.

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!