Doxiciclina: saiba quando usar em tratamentos odontológicos

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira aqui como a doxiciclina é aplicada na área da odontologia

Doenças e alterações no nosso organismo podem exigir a ingestão de medicamentos. Existem diversas opções no mercado, e entre tantas, está a doxiciclina.

O tratamento com a doxiciclina remédio será indicado a partir da avaliação do quadro clínico do paciente. Portanto, é importante a consulta com um profissional da área da saúde.

Doxiciclina é um antibiótico do grupo das tetraciclinas e age contra bactérias. É apresentada em forma de comprimidos comprimidos solúveis  de 100 mg, e o tempo médio para início de sua ação no corpo é de aproximadamente 4 a 5 dias depois da primeira dose.

Neste artigo iremos tirar todas as suas dúvidas e curiosidades sobre o uso da doxiciclina. Vamos começar?

Indicações e contraindicações da Doxiciclina

O medicamento é indicado para as seguintes situações:

  • Algumas infecções causadas por microrganismos Gram-negativos;
  • Algumas infecções causadas por microrganismos Gram-positivos;
  • Febre das Montanhas Rochosas;
  • Febre tifoide;
  • Febre do carrapato causada por Rickettsia;
  • Tracoma causado por Chlamydia trachomatis;
  • Granuloma inguinal causado por Calymmatobacterium granulomatis;
  • Doença de Lyme causado por Borrelia burgdorferi; e
  • Infecções retais em adultos causadas por Chlamydia trachomatis.

No entanto, os profissionais contraindicam o medicamento nos seguintes quadros clínicos:

  • Hipersensibilidade aos componentes do medicamento;
  • Gravidez e lactação; e
  • Pacientes com menos de 8 anos.

Médicos e dentistas podem receitar o medicamento, mas o importante é sempre ter um acompanhamento de um profissional da saúde.

Quais são as reações adversas da Doxiciclina?

As reações ao medicamento podem se manifestar de forma diferente em cada paciente. No entanto, elas estão relacionadas com a dose e com a duração do tratamento.

Alguns dos efeitos colaterais da doxiciclina apresentados na bula são:

  • Reação anafilática;
  • Dores de cabeça;
  • Náusea e vômito;
  • Erupção cutânea;
  • Fotossensibilidade;
  • Azia;
  • Diminuição do apetite; e
  • Rubor.

Doxiclina e a Odontologia

Como vimos, os profissionais da odontologia podem receitar o remédio a partir do diagnóstico e quadro clínico do paciente. A doxiclina pode ser uma alternativa em alguns tratamentos odontológicos.

Desse modo, pacientes com os seguintes quadros clínicos podem usar o medicamento como forma de reabilitação:

  • Periodontite: forma de doença periodontal que compromete todos os os tecidos de suporte ao redor do dente. Ossos e ligamentos periodontais são os mais afetados. Pode causar a queda e perda de dentes por conta da fragilidade óssea desenvolvida, e as consequências vão desde a destruição da estrutura bucal até a agressividade na estética dental; e
  • Infecção bacteriana.
  • Quando a penicilina é contraindicada, a doxiciclina é alternativa de tratamento para doenças como sífilis, causada por Treponema pallidum e a Infecção de Vincent (gengivite ulcerativa aguda com necrose) causado por Leptotrichia buccalis.

É importante que ressaltar que o uso deste medicamente deve ser prescrito pelo cirurgião-dentista para conseguir adquiri-lo na farmácia. Além disso, o profissional deve indicar a dose e duração do tratamento com doxiciclina.

Por isso, marque uma consulta e fique atento às recomendações que o seu profissional de confiança indica. Assim, você consegue realizar o tratamento com a doxiciclina de forma adequada e livre de consequências mais graves.

Valdir de Oliveira

Valdir de Oliveira

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA). Pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Com especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilo Facial e Harmonização Orofacial. Voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais - ADRA Brasil.

Compartilhe sua opinião

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!