Causas da dor no maxilar e seus principais tratamentos

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Os sintomas da dor no maxilar podem variar de acordo com a causa

Abrimos e fechamos a boca para realizar inúmeras ações importantíssimas ao nosso dia a dia, como comer, beber e falar. Mas, quando esse movimento rotineiro e simples se torna um incômodo ou ocasiona dor no maxilar, é sinal que algo está errado.

Caso essa dor no maxilar piore, tarefas insubstituíveis podem se tornar verdadeiras torturas na nossa rotina. Por isso, é necessário procurar a ajuda de um profissional para resolver esse problema da melhor maneira possível.

A dor no maxilar normalmente é fruto de uma anormalidade na ATM e costuma ser descrita como latejante e bastante desconfortável. Pode ser súbita ou começar suavemente, e se tornar cada vez mais intensa. Entretanto, os sintomas variam, dependendo da sua causa exata.

Vamos conhecer algumas das causas mais comuns para esse desconforto.

Principais causas para dores no maxilar

Bruxismo

É o nome dado a ação de apertar ou ranger os dentes sem que a pessoa esteja mastigando. Além de causar inúmeros problemas nos dentes, é um dos principais responsáveis pelo desencadeamento das dores no maxilar.

A ação de ranger os dentes ocorre por questões de estresse ou durante o sono, onde o indivíduo não tem consciência do que está fazendo.

Para prevenir essa movimentação involuntária, é recomendado aprender técnicas de relaxamento que auxiliam no controle da tensão muscular na mandíbula.

O que também pode ajudar é a utilização de um protetor bucal noturno ou placa de bruxismo. Afinal, ele pode reduzir drasticamente os efeitos nocivos de travamento ou rangido dos dentes.

Osteomielite

Trata-se de uma infecção que afeta principalmente os ossos. Ela tende a atingir a articulação temporomandibular, causando dor no maxilar perto do ouvido, febre e inchaço facial.

Esse quadro é passível de tratamento. Ele pode ocorrer pelo uso de alguns antibióticos ou, em casos mais alarmantes, um procedimento cirúrgico para remover as áreas de ossos afetadas pela infecção.

Disfunções temporomandibulares ou DTM

Fora a dor no maxilar e no pescoço, esse transtorno também faz com que a mandíbula emita um estalo quando a pessoa abre a boca ou mastiga.

Nos casos mais graves, a DTM pode até causar a travamento permanente da mandíbula na posição aberta ou fechada.

Não há uma cura específica para a DTM, mas existem diferentes tratamentos que podem reduzir dramaticamente os sintomas da anomalia.

Causas da dor maxilar relacionadas a condição dentária

Outras causas de dor no maxilar incluem doença periodontal, cárie ou abscessos.

Embora, muitos desses quadros não afetem diretamente a estrutura, a dor pode se irradiar para o maxilar. Para combater tal problema, o aconselhável é realizar a higiene bucal corretamente.

Abcesso dentário

O abscesso dentário é o resultado da infecção da polpa ou do nervo do dente. Geralmente ele ocorre quando uma cárie dentária ficou sem tratamento por um longo período.

Quando as bactérias da infecção começam a se disseminar pelo canal do dente, elas também podem atingir os tecidos ósseos abaixo, causando dor intensa, que podem se irradiar.

Exames dentários regulares e tratamento imediato de quaisquer cárie é a melhor maneira de se evitar esse problema.

Outras causas para a dor no maxilar

Além dessas razões mais tradicionais, a dor no maxilar ainda pode ser ocasionada pela neuralgia do trigêmeo, fibromialgia, sinusite, mastoidite, otite, entre outras patologias.

É necessário procurar por um profissional, como um cirurgião buco-maxilar ou um cirurgião crânio-maxilo-facial para entender melhor o motivo da dor no maxilar e buscar o tratamento ideal para o problema.

Juliana Peres

Juliana Peres

Graduada em Odontologia pela Universidade Cidade de São Paulo. Pós-graduada em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial pelo programa de residência profissional do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos. Conhecimento na área de cirurgia oral menor e maior. Residente em cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial no Complexo Hospitalar Padre Bento durante 3 anos e responsável pelo atendimento de pacientes na área de clínico geral, cirurgias orais e harmonização orofacial em diferentes clínicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.