Dipirona é útil para aliviar e tratar dores nos dentes

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Analgésico é muito utilizado em processos de pós-operatório

Ninguém gosta de lidar com dores nos dentes. Desse modo, alguns medicamentos podem ser prescritos para ajudar no tratamento odontológico. A dipirona é um exemplo.

Contudo, você sabe quais são os casos nos quais a dipirona pode ser utilizada na odontologia?

Dipirona é um medicamento analgésico. Na odontologia, ela é utilizada para aliviar dores nos dentes, principalmente as que decorrem de processos pós-operatórios.

O que causa uma dor no dente?

Entre as possíveis causas de dores nos dentes, podemos citar:

  • Cáries dentárias;
  • Desgaste do esmalte dentário;
  • Escovação inadequada;
  • Retração da gengiva;
  • Traumas;
  • Pulpite;
  • Nascimento do dente do siso;
  • Uso de aparelhos ortodônticos.

Além disso, após a realização de um procedimento cirúrgico no consultório odontológico, o paciente pode sentir dores agudas na cavidade oral.

Em geral, essa dor é tratada com a prescrição e utilização de dipirona na odontologia.

Isso porque esse analgésico é um dos mais eficazes quando falamos de medicamentos na odontologia que visam diminuir ou aliviar dores nos elementos da arcada dentária.

Posteriormente, o uso medicamento pode ser associado ao uso de anti-inflamatórios. Os procedimentos cirúrgicos que mais comumente provocam dores moderadas ou intensas em seu pós-operatório são:

  • Extração do dente do siso;
  • Remoção de dentes;
  • Colocação de implantes odontológicos;
  • Outras cirurgias de pequeno porte.

Uma boa dica que pode acompanhar o uso desse analgésico é a realização de compressas de gelo na região afetada, por cerca de dez minutos.

Como utilizar a dipirona?

A quantidade de analgésico vai depender da forma em que o medicamento se encontra. A dipirona pode estar em:

  • Comprimido simples, com a dose recomendada de 1000 mg, 4 vezes por dia;
  • Comprimido efervescente, com a dose recomendada de 1 comprimido dissolvido em água, 4 vezes por dia;
  • Solução oral de 500mg/mL, com a dose recomendada de 40 gotas, 4 vezes por dia;
  • Solução oral de 50mg/mL, com a dose recomendada de 20mL, 4 vezes por dia;
  • Supositórios inseridos na via retal, com a dose recomendada de 1 supositório, 4 vezes por dia;
  • Solução injetável, administrada com supervisão médica, com a dose recomendada de no máximo 10 mL por dia.

Desse modo, o efeito do medicamento deve durar, em média, por 4 hora. Além disso, o alívio e diminuição da dor podem demorar entre 30 e 60 minutos para surgirem.

Existem efeitos colaterais da dipirona?

Posteriormente ao seu uso, a novalgina pode provocar algumas reações ou efeitos colaterais no organismo do paciente.

Entre eles estão casos de alergia, coceira, inchaço, falta de ar, ardência, vermelhidão e alterações no batimento cardíaco.

Existem contraindicações da dipirona?

A ingestão do medicamento não é recomendada em casos de:

  • Bebês com menos de 3 meses;
  • Bebês com menos de 5 quilos;
  • Mulheres grávidas;
  • Mulheres que realizem a amamentação de seus filhos;
  • Pessoas alérgicas ao remédio;
  • Pessoas que contem com doenças na medula óssea;
  • Pessoas que contem com porfiria hepática aguda intermitente.
  • Pessoas com histórico de urticária, angioedema ou síndrome de asma.

Além disso, é de extrema importância que o paciente consulte seu cirurgião-dentista e obtenha prescrição antes de ingerir a dipirona. Isso porque o profissional poderá analisar o quadro e, posteriormente, indicar a dosagem exata, evitando efeitos colaterais.

Valdir de Oliveira

Valdir de Oliveira

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA). Pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Com especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilo Facial e Harmonização Orofacial. Voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais - ADRA Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.