Densidade de mastócitos influencia alterações bucais

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira aqui a relação da densidade de mastócitos com a área da odontologia

Certas alterações da nossa cavidade bucal estão correlacionadas com a densidade de mastócitos nos nossos tecidos. Mas o que é essa densidade? Por quê ela é importante? E como se relaciona com a Odontologia.

Primeiro, precisamos ressaltar que é apenas com o diagnóstico certeiro que o profissional pode analisar se a densidade de mastócitos causou a progressão da alteração. E, só depois começar a planejar o melhor tratamento.

Densidade de mastócitos equivale ao número de células por área. Quando as células se proliferam de maneira excessiva nos tecidos, algumas doenças crônicas podem se desenvolver.

Relação da Densidade de Mastócitos com a Odontologia

Como já vimos, a densidade de mastócitos está correlacionada com algumas doenças que afetam a cavidade bucal.

Mas como isso acontece? Bom, os mastócitos estimulam a formação de uma rede vascular dessas doenças. Por isso, quanto maior a quantidade de mastócitos nos tecidos, maior é a chance do desenvolvimento das alterações.

Para entender com precisão como funciona a proliferação das doenças, os profissionais estudam a microdensidade vascular da área afetada.

Então, fizemos uma lista com as principais patologias que afetam a boca e estão relacionadas com os mastócitos. Confira!

Queilite Actínica

A queilite actínica é uma lesão no lábio inferior. Ela é uma ferida pré-maligna. Por isso, é ideal se cuidar e visitar um profissional.

Também conhecida como ceratose actínica do lábio, ela afeta pessoas com idade avançada, pele clara e que se expõem muito à luz solar. Os sintomas da queilite actínica são:

  • Vermelhidão;
  • Manchas brancas;
  • Feridas abertas;
  • Ressecamento;
  • Perda do limite do lábio inferior;
  • Escamação; e
  • Lábio com aspecto áspero.

Carcinoma Oral

Os carcinomas orais são tumores malignos que afetam a cavidade bucal. Assim, alguns dos principais são:

  • Carcinoma mucoepiderme;
  • Carcinoma oral de células escamosas;
  • Carcinoma basocelular;
  • Carcinoma epitelial-mioepitelial;
  • Carcinoma de células acinares;
  • Adenocarcinoma polimorfo de baixo grau; e
  • Carcinoma adenoide cístico.

Desse modo, os tumores malignos atingem as glândulas salivares, lábios, palato, língua, gengiva e garganta.

Os sintomas variam de paciente para paciente e também variam dependendo do tipo de carcinoma oral é desenvolvido no seu organismo.

Como é o Tratamento Dessas Doenças?

A queilite é uma lesão pré-maligna. Assim, ela pode se desenvolver e trazer riscos mais agressivos para a sua saúde, como o câncer no lábio. Por isso, quanto mais cedo você fizer um tratamento, melhor.

Uma das opções é fazer a remoção da ferida. Outra opção é o uso de medicamentos tópicos.

No caso dos carcinomas, normalmente o profissional sugere como tratamento a retirada cirúrgica do tumor. Além disso, posteriormente à retirada do tumor, ocorrem tratamentos como a radioterapia ou a quimioterapia.

Importante: é preciso se manter atento ao risco de metástase da lesão. Afinal, o processo de metástase consiste na transferência, via corrente sanguínea, de uma lesão para outras regiões do corpo.

Caso você esteja fazendo o tratamento, não deixe de perguntar para o profissionais sobre as possíveis complicações cirúrgicas.

E pergunte também sobre a densidade de mastócitos no seu organismo para entender mais sobre a correlação com as doenças.

Valdir de Oliveira

Valdir de Oliveira

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA). Pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Com especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilo Facial e Harmonização Orofacial. Voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais - ADRA Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.