Cefaleia em salvas e sua relação com a odontologia

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira os sintomas e como a odontologia se relaciona com esse distúrbio

Você já sentiu dores muito fortes de um lado da cabeça? Se a resposta para essa pergunta for sim, fique atento! Você pode estar desenvolvendo cefaleia em salvas.

Esse nome pode ser estranho, mas saiba que é muito importante buscar profissionais, inclusive os da odontologia. Mas, vamos entender o que é a cefaleia em salvas.

A cefaleia em salvas é uma doença crônica e rara. Ela causa dores de cabeças muito fortes apenas de um lado. As crises, conhecidas como períodos de salvas, são frequentes e podem durar de semanas a meses.

Sintomas da cefaleia em salvas

A cefaleia também é conhecida como CES. Alguns dos sintomas mais frequentes manifestados pelos pacientes são:

  • Dores intensas na cabeça, mais fortes que a enxaqueca;
  • Olhos marejados;
  • Pupilas pequenas;
  • Olhos inchados;
  • A pálpebra superior tem uma leve queda;
  • Vermelhidão nos olhos;
  • Dor  no maxilar;
  • Secreção nasal;
  • Agitação; e
  • Suor;

A dor de cabeça suicida, outro nome para a cefaleia, se manifesta em apenas um dos lados da cabeça. Por isso, todos os outros sintomas também são unilaterais. Algumas das características da dor são:

  • Crises que podem durar de 15 a 20 dias;
  • Episódios podem acontecer de 2 a 3 vezes por dia;
  • As dores podem se manifestar em qualquer hora do dia, mas normalmente há um horário em comum;
  • As crises impedem que a pessoa fique parada. Por isso, ela fica agitada; e
  • No entanto, as crises impedem a rotina normal.

Quais são as causas da cefaleia?

Não há uma causa certa para a manifestação da dor de cabeça intensa. No entanto, os profissionais acreditam que o cansaço e o estresse estão relacionados com a cefaleia.

Além disso, a causa também pode estar relacionada ao mal funcionamento do hipotálamo.

Como é feito o diagnóstico da cefaleia em salvas?

O diagnóstico certeiro é feito a partir das avaliações dos sintomas apresentados pelo paciente.

Além disso, o profissional pode pedir por uma ressonância magnética. Se não há nenhuma alteração cerebral, a suspeita do paciente ter cefaleia aumenta.

O diagnóstico é feito, principalmente por um neurologista. Mas, os odontologistas são essenciais nesse processo. O porque disso iremos descobrir ao longo desse artigo.

Tratamentos para a dor de cabeça suicida

Ainda não há uma cura para a cefaleia. No entanto, o paciente pode tomar medidas que minimizem as dores. Algumas delas são:

  • Durante o momento de dor, use uma máscara de oxigênio à 100%.;
  • Tomar remédios prescritos pelo seu profissional de confiança;
  • Colocar uma bolsa de água gelada na cabeça;
  • Acupuntura; e
  • Em uma abordagem mais arriscada, o profissional pode sugerir uma cirurgia no cérebro.

Durante o período de crise evite:

Cefaleia em Salvas e Odontologia

Como vimos, o paciente manifesta como sintomas a dor no maxilar e a dor atrás da cabeça. E, essa dor pode estar relacionada a outra doença crônica: a DTM.

A DTM é uma alteração na ATM, que é a articulação responsável por toda a movimentação do maxilar inferior. Como essa alteração interfere na mastigação, é essencial o acompanhamento profissional de um cirurgião-dentista.

Para entender mais sobre essa alteração, leia o nosso artigo de DTM.

Por isso, é preciso uma interdisciplinaridade para diagnosticar tanto a cefaleia em salvas como a DTM. Fique atento e faça visitas regulares aos seus profissionais de confiança.

Yara Barreto

Yara Barreto

Formada em Odontologia pela Universidade de São Paulo (2008). Aluna de iniciação científica Pibic/Unicid da Universidade de São Paulo. Em 2009, concluiu estágio clínico em Ortodontia no Instituto Vellini, e em 2010, curso de planejamento Ortodôntico na Universidade Metodista. Concluiu em 2014 sua especialização em ortodontia e atua com ortodontia digital. Dentista na Odontoclinic e responsável técnica da OdontoImage.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.