Carcinoma mucoepidermoide é um tumor salivar comum

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

A doença pode ser uni ou bilateral e afeta principalmente o sexo feminino

Apesar do nome bastante complicado, o carcinoma mucoepidermoide é uma anomalia extremamente recorrente no meio odontológico.

O carcinoma mucoepidermoide, também conhecido como tumor mucoepidermoide, normalmente se manifesta na segunda década de vida dos pacientes.

Carcinoma mucoepidermoide é o tumor maligno mais comum das glândulas salivares. Ele representa a malignidade de glândula salivar mais comum na infância. Mesmo assim, o tumor pode atingir tanto as glândulas salivares maiores como as menores.

Características clínicas do carcinoma mucoepidermoide

Com já dissemos, o câncer de glândula salivar se manifesta principalmente na segunda década de vida dos pacientes.

Mas é importante falar que a doença apresenta ampla variação de idade, podendo se desenvolver em diversas faixas etárias. Além disso, a patologia possui uma leve predileção pelo sexo feminino, ou seja, é mais comum em mulheres.

Normalmente, a doença acomete pacientes que já tenham passado previamente por algum tratamento radioterápico na região da cabeça. Fatores genéticos e tabagismo também estão diretamente relacionados a lesão cancerígena.

Principais sintomas do carcinoma

Os principais sintomas desse tumor são:

  • Dor e edema: esses sintomas geralmente ocorrem em função da obstrução dos ductos pelo tumor;
  • Xerostomia: ocorre quando o paciente apresenta boca seca. Pode ser um sinal ou sintoma da doença;
  • Alterações no sabor: A secreção purulenta produzida na glândula afetada pode dar um sabor desagradável aos alimentos, estando geralmente associada com sialoadenites.

Também é válido dizer que o tumor pode ser uni ou bilateral. Assim, quando há uma única glândula acometida, há maior probabilidade de se tratar de sialolitíase ou de tumor.

Grau do carcinoma mucoepidermoide

A anormalidade pode ser dividida em alto e baixo grau. O carcinoma mucoepidermoide de baixo grau apresenta um histórico clínico semelhante ao do adenoma pleomórfico (um tumor comum as glândulas parótidas), podendo ter o nódulo sólido, misto ou cístico.

Quase 10% destes tumores são considerados de alto grau, de crescimento rápido, gerando nódulos maiores, geralmente sólidos, mal delimitados, com invasão dos tecidos adjacentes e com presença de dor.

Em 40% dos casos, também há linfonodomegalias cervicais metastáticas. Várias células podem ser observadas em sua histologia: mucosas, colunares, epidermoides, claras e intermediárias.

Tratamentos para carcinoma mucoepidermoide

O tratamento para carcinoma mucoepidermoide de glândulas salivares pode variar bastante dependendo de algumas variáveis:

  • Tamanho do tumor;
  • Condições gerais da saúde do paciente;
  • Grau e malignitude da doença.

Uma vez que a doença é considerada de baixo grau, o tratamento recomendado é a realização de uma remoção por procedimento cirúrgico.

Assim, também é necessária a recessão das estruturas adjacentes, ainda que isso possa causar alguns malefícios estéticos ao tecido e também problemas funcionais, como desconforto na fala e na mastigação.

Entretanto, tumores considerados de médio ou alto grau, além do procedimento cirúrgico, devem passar por procedimentos de radioterapia pós-operatória.

Após a operação, é recomendado que o paciente utilize a placa de Hawley, também conhecida como contenção.

A utilização desse objeto é necessária para o tratamento pois ajuda o indivíduo nas consequências da cirurgia e da resecção, as quais já foram citadas anteriormente.

Se o tratamento não for realizado de forma correta, existem casos em que o carcinoma mucoepidermoide volta a aparecer.

Silmara Alves Rozo Ducatti

Silmara Alves Rozo Ducatti

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) e especialista em Ortodontia pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul (SIOMS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.